Versão brasileira…

21 11 2009

Para muita gente que acompanhou os filmes dublados na televisão brasileira nas últimas décadas, se acostumou com uma frase, bem no início da exibição: “versão brasileira, Herbert Richers”.

Pois bem, o dono do maior e mais famoso estúdio de dublagem no Brasil, a Herbert Richers S. A., faleceu na madrugada de sexta-feira, dia 20, aos 86 anos no Rio de Janeiro. Vítima de uma insuficiência renal aguda, Herbert já vinha apresentando problemas de saúde desde o início do ano.

Graças aos investimentos realizados na produção e distribuição de filmes pelo Brasil, Herbert Richers, no Rio de Janeiro – mas de Araraquara no interior de São Paulo – construiu um império cinematográfico: sua empresa hoje tem dez estúdios de dublagem e outros dois de filmagem, todos na capital carioca.

A Herbert Richer S. A. com mais de 10 mil m² é responsável hoje 70% da dublagem brasileira – são mais de 150 horas de obras dubladas por mês: são filmes, séries e desenhos animados. Uma empresa que muito representa para o Cinema no Brasil.

Afinal, “versão brasileira, Herbert Richers”.

COLABORAÇÃO: jornal Folha de São Paulo e Wikipédia.
Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2017

Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: