Feliz aniversário Anna Torv!

6 06 2013

De uma coisa eu tenho a mais absoluta certeza: Fringe não seria o espetáculo que foi se não fosse a presença exuberante, o carisma, o talento e o profissionalismo de Anna Torv em cada cena e em cada episódio.

Anna Torv conseguia com pequenos gestos nos emocionar com suas cenas. Sem nenhum esforço, Anna transmitia à sua personagem e à nós, espectadores, toda a emoção, tristeza e simpatia que a história exigia. Era até difícil definir se a agente Olivia Dunham foi feita para Anna Torv ou se foi a Anna Torv quem fez Olivia Dunham ser perfeita.

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Então, nas vésperas de comemorar os seus 35 anos de vida (15 de junho), nada mais justo que a homenagem realizada por diversos fãs espalhados pelo mundo inteiro dando as felicitações à nossa querida australiana de Melbourne num belíssimo vídeo copilado pelo pessoal da página We Want Anna Torv on TV Very Soon After Fringe no Facebook.

Happy Birthday Anna Torv!

P.S.: Não sei vocês, mas eu ainda tenho 3 episódios e uma 5ª temporada inteira de Fringe inédito pela frente! ;D

Anúncios




The Walking Dead retorna com tudo nos EUA

12 02 2013

A noite do último domingo, nos EUA, foi de The Walking Dead. De novo! Mais uma vez!

Retornando da sua pausa de pouco mais de dois meses, o 9º episódio da terceira temporada de The Walking Dead retomou o drama de zumbis da rede AMC. E que retorno! Foram 12 milhões e 300 mil espectadores assistindo ao novo episódio. Um feito ainda mais inacreditável se levarmos em conta que a série tinha como concorrente o show de entrega dos Grammy‘s, o prêmio mais importante da música mundial. Um ibope sem precedentes na história da TV fechada americana!

walkers voltaram

Eles voltaram!

Para termos uma noção do apelo ao público que os zumbis da AMC tem, tanto Once Upon a Time (ABC) quanto Family Guy (FOX) perderam muito de suas audiências tradicionais durante o confronto com a premiação musical.

Falando em música, a última semana de apresentação do American Idol (o reality show de grande repercussão nos EUA) alcançou em suas exibições de quarta e quinta-feiras, 14,3 e 13,3 milhões de espectadores respectivamente, mas ficaram abaixo em 1,5 ponto (na quarta) e 2 pontos (na quinta) na participação em audiência da faixa etária mais valorizada pelos anunciantes (os adultos entre 18 e 49 anos) em relação a The Walking Dead que conseguiu 6,1 pontos nesse mesmo grupo.

Acrescentando a audiência das pessoas que gravam para assistir o episódio mais tarde, os walkers chegam a extraordinários 16 milhões de espectadores! Não é a toa, quebrando recordes atrás de recordes, que The Walking Dead já tem garantida a produção de sua 4ª temporada.

 





Momento emblemático!

30 09 2012

Essa é uma das imagens mais emblemáticas e marcantes da minha vida.

– Primeiro, pela grande perda sofrida pela morte dela;

– Segundo, como fã assumido, pela capacidade dele de nos surpreender;

– Terceiro, pelo reencontro dos dois nesse momento tão doloroso!

 HEBE CAMARGO  ✰ 08/03/1929      —     ✞29/09/2012

 

 





Fringe retorna para sua quinta e última temporada

27 04 2012

A emissora FOX anunciou na noite dessa quinta-feira, dia 26, que Fringe foi renovada para sua quinta temporada, onde serão exibidos os treze últimos episódios no fall season 2012/13, pronunciou  Kevin Reilly, presidente de Entretenimento da FOX Broadcasting Company.

Fringe é um marco nas séries criativas de ficção e uma das produções mais imaginativas da TV. Trazê-la para um arco final de 13 episódios nos permite criar um clima conclusivo que os fãs leais e apaixonados por essa série merecem.”, afirma Reilly. “O excelente trabalho realizado pelos produtores, roteiristas e o incrível talento demonstrado por equipe e elenco nessas últimas quatro temporadas são, literalmente, de outro mundo. Embora o anúncio desse fim seja amargo, não há dúvidas de que será uma excepcional temporada”.

J. J. Abrams, co-criador e produtor executivo da atração adicionou: “Estamos imensamente agradecidos a FOX – e aos nossos fãs – que tornaram o impossível possível: Fringe continuará com sua quinta temporada e nos permitirá concluir adequadamente a trama. Todos nós da Bad Robots estaremos eternamente em dívida com nossos espectadores e com o incrível apoio da FOX que permitirá que as aventuras da Fringe Division não só continuem, mas também se resolvam satisfatoriamente pelo caminho correto.”

“Essa renovação significa um mundo (todos eles) para nós porque amamos compartilhar essas histórias com nossos fãs entusiasmados.”, completou o showrunner e produtor-executivo Jeff Pinkner e J. H. Wyman. “Elenco e equipe aplaudem nossos fãs e a FOX por nós permitir, juntos, imaginar todas essas impossibilidades até aqui. A quinta temporada será um trilho magnífico para todos nós!”.





Live posting #1: Friday Night Lights S03E10

29 02 2012

Esse episódio de Friday Night Lights foi o mais fantástico já apresentado pela série até aqui. Vale ressaltar que só agora estou terminando a terceira temporada e a produção, já cancelada, teve 5 anos ao todo.

Mas no décimo episódio, FNL mostrou o que poucas sérias conseguem: um episódio com um roteiro espetacular. Muitas produções já tentaram atingir esse grau de excelência de produção, mas raras conseguiram alcançá-la e só chegaram perto em suas season finales (episódio de encerramento de uma temporada) ou series finales (último episódio de uma produção). Aqui, Friday Night Lights estava a quatro episódios de encerrar o terceiro ano.

Era inimaginável que seus produtores fossem entregar um trabalho desses a essa altura do campeonato. Mas felizmente aconteceu, e o melhor: o trabalho envolveu, em maior ou menor escala, todos os personagens da atração. E se isso já não é o bastante, (para quem não sabe, ao retratar um time escolar de futebol americano, naturalmente alguns alunos se formam e deixam o colégio e consequentemente a série), FNL vinha perdendo alguns de seus personagens principais vistos ao longo dos dois primeiros anos. Assim, era certo o receio de que as substituições e o aparecimento de novos personagens não emplacassem. Receio que não ganhou forma até a esse ponto da atração e que provavelmente não ocorrerá mais para frente (fãs que já assistiram toda a série podem falar com mais propriedade sobre isso).

Para que vocês possam sentir um pouquinho desse gostinho, vou realizar algo inédito aqui no Universo E!: vou fazer o live posting (o termo é meu =D) desse episódio e depois vemos o resultado!

FRIDAY NIGHT LIGHTS

TEMPORADA: 3 – EPISÓDIO 10: The Giving Tree

O episódio começa com Tyra se lamentando com Julie pelo tempo desperdiçado com o namorico com um certo cowboy, o que lhe custou algumas notas ruins no colégio e que provavelmente a prejudicará num futuro acesso à faculdade.

Em seguida, os Panthers, os atletas do time escolar de futebol americano, enfurnados num carro, planejam a sua nova farra até serem convidados para uma festa na casa de uma garota: Madison. É aqui que J. D. McCoy (um dos novos personagens que falei anteriormente) troca algumas palavras com ela.

Por sua vez, Buddy Garrity realiza uma reunião com um ‘sócio’ dentro de uma boate. Os dois investiram algum dinheiro num shopping a beira da estrada de Dillon, Texas, cidade que serve de locação para série. O negócio vai mal, Buddy perde dinheiro e entra em um ataque de fúria dentro do estabelecimento.

Como tudo na série cabe ao casal – Eric, treinador do time de futebol americano, e sua esposa Tamy – Taylor ajudar a resolver a questão. Enquanto ela fica responsávelem avisar Lylaque seu pai se envolveu numa confusão e encontra-se preso, ele tenta colocar um pouco de juízo na cabeça do velho Buddy. Por esse infortúnio, Eric tem que buscar sua filha na casa do namorado, o quarterback número 1 (ou não) de seu time e acaba os encontrando na cama.

Tyra tenta recuperar o tempo escolar perdido pedindo auxílio ao gênio da escola, o Landry. O que significa pedir ajuda ao seu ex-namorado, justo aquele que ela abandonou para fugir com o cowboy.

Na casa dos Taylor temos uma das melhores cenas do episódio. Muito comum que as cenas mais emocionantes da série fiquem a cargo do casal Taylor, papéis de Kyle Chandler (Edição de Amanhã, Super 8) e Connie Britton (American Horror Story). Isso é o fruto do trabalho extremamente convincente realizado pelos dois, que têm uma química incrível em cena e são, para mim, o melhor casal de ficção de qualquer produção, série ou filme. A cena se trata do Eric revelando a sua esposa o que ocorrera a tarde, ao encontrar a filha na cama com o namorado. Quando digo que o desempenho dos dois é convincente, basta reparar no nervosismo de Eric sentado a beira da cama e o espanto com que Tami se levanta ao ouvir o marido revelar: “Encontrei Matt e Julie juntos na cama hoje de tarde”. A discussão seguinte sobre falar ou não com a filha naquele momento também é de arrepiar. No dia seguinte, Tami ainda revela certa dificuldade de conversar com a filha sobre o assunto.

Friday Night Lights

Na casa dos McCoy, Madison faz uma visita para o garoto J. D. Esse possível e futuro relacionamento é um pequeno empecilho para o pai de J. D. que quer que seu filho esteja focado única e exclusivamente no futebol e na escola. Tanto a ponto de dar um leve puxão de orelha no filho e fazer com J. D. termine com algo que nem começou, o namoro com a menina.

Com a fiança paga, Buddy volta para casa com sua filha e os dois discutem sobre a briga na noite passada. Lyla ouve seu pai sobre o investimento arriscado que fizera e sobre os 70 mil dólares que perdeu com a transação. Para tornar tudo ainda pior, Buddy revela que utilizou no negócio o dinheiro que vinha sendo guardado para a faculdade da filha. Simplesmente pirei com cena a ponto de soltar um ruidoso (perdoem-me a expressão): “MAS QUE FILHO DA PUTA!”. É de esperar que Lyla saia da casa do pai.

Depois temos a primeira cena focada no tema principal da série: o futebol americano. O treinador Eric alertando sobre a necessidade da vitória nos próximos dois jogos para a equipe possa se classificar para o campeonato estadual. No pequeno grupo de estudo, Tyra e Landry discutem pela falta de empenho dela e aí que ele faz referência ao livro infantil The Giving Tree que dá nome ao episódio, referência a como ela se aproveita da amizade dos dois em benefício próprio desde sempre.

De novo, Eric tenta colocar um pouco de racionalidade na cabeça de Buddy: “Posso te falar uma coisa? Dinheiro vai e vem, certo? Esses nossos filhos, isso só acontece uma vez.” Por falar em filhos, chegou a hora de Julie ter uma conversa com sua mãe. E de novo a série nos emociona como nenhuma outra, com tanta sinceridade nessa conversa entre mãe e filha. E ver Tamy com lágrimas nos olhos e ao ser indagada o porquê: “Porque queria que esperasse. Mas só para proteger você…” é de cortar o coração de qualquer um!

Para se livrar da acusação de egoísta, Tyra arranja um pequeno show no bar para a banda de garagem de Landry. Para dizer que ela nunca fez nada por ele.

Ao buscar Julie para sair, Matt tem a primeira conversa com o sogro depois do flagrante. Confesso que não é nada fácil enfrentar o técnico Taylor no seu território, na sua casa. Mas o diálogo foi direto e curto: “As mulheres devem ser respeitadas” e “Ela é minha filha!”. E por falar de conversas sérias, Buddy foi discutir e buscar a filha na casa do namorado, o também jogador de futebol americano, Tim Riggins. E depois disso, ver Riggins impedindo Buddy de se aproximar da filha, só vendo a série mesmo, desde o início, para entender o quanto de amadurecimento esse pequeno ato teve em se tratando de Tim Riggins.

Claro que o episódio não poderia terminar sem retratar um pouco mais o tema principal da trama: agora temos uma partida de futebol americano. Os constantes roubos realizados pela arbitragem, a desfavor dos Panthers, levam o técnico Taylor a loucura e enfurecido, ele é expulso de campo, tendo que acompanhar o emocionante final do jogo numa televisão fora do estádio.

Para finalizar e já deixando um gancho para os próximos episódios: J. D. McCoy desobedece ao pai dando uma escapulida no fim da noite (e parece ter o apoio da mãe para tanto); Landry tocando com sua banda pela primeira vez ao vivo, reacendendo a paixão de Tyra e Lyla ignorando sumariamente as ligações do pai…

CONTINUA





Não é fácil ser fã de Fringe

24 02 2012

Atualmente gostar de Fringe não é apenas ser fã de uma das melhores séries de ficção científica já produzida pela TV americana como também sofrer com as notícias que rondam a série.

Durante sua exibição somos atormentados semanalmente com as informações sobre a baixa audiência registrada nas noites de sextas-feiras, mesmo que o número de telespectadores que gravem a atração para assisti-la posteriormente seja satisfatório. Esse cenário se agrava porque a grade de sexta é reservada a produções de baixo prestígio, fadadas ao cancelamento, ainda mais quando não se consegue um bom número de ibope ao vivo, registro crucial nesse ramo devido a propaganda que pode ser cortada quando se grava o programa.

Por esse cenário, desde a estréia de um novo ano de Fringe em meados de setembro até essa época, no início de cada ano, todo fã que se preza mobiliza-se no movimento #SaveFringe, para que produtores e mandatários da Fox (canal que a exibe) e Warner Bros (estúdio que a produz) pensem positivamente na hora de decidir sobre sua renovação.

E é através da Warner que nós, fringenianos, temos nosso maior apoio. O estúdio em declaração recente de Peter Roth, presidente do braço televisivo do estúdio, disse que o cancelamento precoce da série não está no plano deles. Para tanto, até uma mudança de emissora poderia aliviar essa tensão, uma vez que Kevin Reilly, presidente da Fox, já alertou que sua emissora não está no ramo para perder dinheiro.

Assim, é com muita alegria que posto aqui um rumor que passou a rondar na internet sobre a produção de uma quinta temporada. Segundo Davi Garcia do site Ligado em Série em seu perfil no Twitter @dudenews, Fringe pode ser renovada por mais ano, tendo então apenas 15 episódios para que os roteiristas possam finalizar essa excepcional série.

Não é fácil ser fã de Fringe! Se você também é fanático pela divisão Fringe com Olívia Dunham, Peter e Walter Bishop e o coronel Philip Broyles, espalhe e divulgue as hashtags #SaveFringe, #ObserversAreHere nas redes sociais, principalmente nas sextas-feiras, dia de exibição do seriado. E ajude Fringe a ter uma rápida e merecida renovação.





Pânico na TV! de mudança

16 02 2012

Uma chamada na capa do portal UOL me pegou de surpresa na noite dessa quinta-feira, dia 16 de fevereiro: “Band leva Pânico na TV!“. Isso mesmo! A Rede Bandeirantes tirou o Pânico na TV! da Rede TV!.

Desde que o programa humorístico se fixou como a maior audiência do canal há alguns anos, sempre ocorreram boatos afirmando a insatisfação do elenco com salários, com o cenário, com o baixo investimento, etc, etc… Mas no final a renovação era acertada e tudo continuava normal com o programa fenômeno de audiência nas noites de domingo.

Mas dessa vez foi diferente. A surpresa foi ainda maior pois ninguém havia noticiado ou dado o furo de reportagem a respeito da sondagem da Band, a casa do CQC, pelo Pânico, programa derivado do humorístico da rádio Jovem Pan.

Com essa mudança, provavelmente, concretizada de fato, vem uma expectativa em torno da mudança: segundo a colunista Keila Jimenez da Folha, aguarda-se agora uma definição sobre o elenco, já que a Rede TV! mantem contratos diferentes para cada integrante do elenco e isso pode gerar uma divisão do grupo, com alguns indo para nova casa, junto com a marca Pânico e outros, permanecendo na extinta Manchete, em outro programa nos mesmos moldes e no mesmo horário.

Vamos aguardar os desenrolar dos fatos agora. Se a Band falhar em levar a equipe integral do Pânico na TV para a sua grade de programação, o racha dos integrantes pode diminuir o interesse do público nesse provável novo Pânico e decretar o fim do grupo, pelo menos em sua carreira televisiva.

UPDATE 17/02/2012: Não há mais temor a vista. A própria declaração de Emílio Surita, líder do Pânico na TV, à coluna F5 do grupo Folha, põe um ponto final na mudança de emissora do humorístico: “100% do elenco do Pânico fechou com a Band!”.

Essa mudança, só para encerrar de vez a questão, é resultado da má administração (leia-se atraso de salários) por parte dos executivos da Rede TV!, ao perder assim, facilmente, o seu programa de maior faturamento ao longo de 8 anos.

UPDATE 12/03/2012: Com participação especial no primeiro programa do CQC em 2012, toda a trupe do Pânico na TV anunciou a estreia da atração no domingo, 1º de abril, pela nova emissora.





The Walking Dead – altos e baixos

3 11 2010

Nenhuma série dessa temporada 2010/2011 gerou mais burburinhos no mundo on-line da internet do que a nova estreia do canal americano AMCThe Walking Dead.

‘Os Mortos-Vivos’, na tradução para o português, está dando o que falar e acredito que as expectativas em torno da sua estreia lá em território americano (no Dia das Bruxas), superaram inclusive a espera pela a badalada estreia de The Event em setembro passado.

No último domingo, dia 31, não deu outra. The Walking Dead bateu um recorde de audiência para um canal fechado dos EUA: 5,3 milhões de pessoas acompanharam o episódio do piloto. Para comparar a expressividade desses números, a première da 5ª temporada de Dexter teve quase 2 milhões em público para o canal pago Showtime.

Já aqui no Brasil, a ansiedade era enorme, porque o Canal Fox programou a exibição após, nada mais nada menos, que dois dias da exibição original, no sugestivo feriado de Finados!

The Walking Dead Série

Mas a alegria durou pouco! Os 68 minutos que foram ao ar nos EUA no dia 31 de outubro se transformaram numa ‘colcha de retalhos’ de menos de 50 minutos no dia 02 de novembro, gerando revolta entre os seriadomaníacos. Não se pode chamar aquilo de episódio.

O que era para ser uma reafirmação do respeito dos canais pagos em relação ao público brasileiro, diminuindo as janelas de exibição em relação ao que vai ao nos EUA, mantendo a qualidade de exibição (diga-se a legendagem – o que não se aplica a programação dublada do canal) acabou-se tornando em mais uma decisão patética por parte da Fox.

Uma pena!





CQC na era 3.0

18 10 2010

A edição do CQC – Custe o que Custar dessa segunda (dia 18) vai ganhar mais 20 minutos. Mas essa duração extra não será exibida pela Rede Bandeirantes como ocorre todas as segundas as 22:15.

O CQC 3.0 será transmitido logo após a exibição na TV, mas exclusivamente pela internet. Rafinha Bastos, Marcelo Tas e Marco Luque mostrarão os bastidores do programa e ainda responderão perguntas em vídeo feitas pelos internautas.

Para acessar essa extensão do programa basta ir ao site www.eband.com.br e encontrar o site oficial do programa. Aqui você também pode cadastrar o seu ‘vídeo-pergunta’ e os mais votados serão respondidos pelo trio de apresentadores.

Não perca: 22h15 tem CQC na tela da Band. E em seguida tem CQC 3.0 na telinha do seu computador!





Fãs encaram super semana de séries

19 09 2010

Com uma breve observação sobre o calendário dos retornos e das estreias desse fall season – a principal temporada da televisão norte-americana – já desconfiava da importâcia dessa semana, que inicia-se nesse domingo (dia 19), para os maníacos de séries.

A desconfiança virou fato. o jornal Folha de São Paulo informa na edição desse domingo: “Semana tem estreia de 60 séries nos EUA”.

Dentre essas 60 produções listamos a seguir os principais destaques dos dias da semana:

SEGUNDA-FEIRA –  Além da refilmagem do sucesso televiso Hawaií Five-O, temos a estreia mais aguardada da temporada: The Event pelo canal NBC. A série já foi vendida para diversos países, antes mesmo da estreia. No Brasil será exibida pelo Universal Channel a partir de 18/08.

Nesse dia haverá diversos retornos de produções consagradas: How I Met your Mother, Chuck, Two and Half Men e House por exemplo.

 

TERÇA-FEIRA – O dia está reservado para a grande sensação do momento: os losers de Glee voltam para embalar sua 2ª temporada depois de muitos prêmios recebidos pela temporada de estreia. Campeã de audiência nos EUA volta também a série policial NCIS, trazendo contigo a estreia de sua spin-off (série derivada) NCIS: Los Angeles.

 

QUARTA-FEIRA – No meio da semana temos mais uma produção televisiva assianada por J. J. Abrams. Depois das encerradas Felicity e Lost, e da empolgante Fringe, Abrams estreia pela NBC: Undercovers, protagonizada por um casal de ex-agentes da CIA, que são reconvocados pela agência.

 

QUINTA-FEIRA – Quinta-feira! Considero esse o dia D da televisão dos gringos. Esse dia específico da semana será palco de uma verdadeira batalha pela audiência dos seriado-maníacos. Temos a estreia da aguardadíssima 3ª temporada de Fringe, com o duelo entre o mundo real e o universo alternativo e o retorno de Bones, a dobradinha das noites de quinta do canal Fox; com a série médica Grey’s Anatomy e sua legião de fãs pela ABC; as consagradas comédias da NBCThe Office e 30 Rock e a CBS trazendo os campeões de público CSI – Crime Scene Investigation e The Big Bang Theory com a estreia de S#*! My Dad Says, uma produção baseada em um perfil real do Twitter.

SEXTA-FEIRA – Mas não perca o fôlego! A sexta-feira termina a semana com Smallville e sua 10ª e última temporada e Supernatural pelo canal nanico CW.








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ex-Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. Atual Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: