1ª Semana Tupiniquim Cineflix | programação

24 09 2014

Começa nessa quinta (25/09) e vai até a próxima quarta-feira (01/10) a 1ª Semana Tupiniquim do Cineflix. Uma programação especial composta por 8 filmes nacionais que representam a excelente safra da produção cinematográfica brasileira em 2014, sendo destaque no mundo todo.

semanatupininquim

Serão de 4 a 5 sessões diárias com o preço único a R$ 7,00 e uma ótima oportunidade de ver aquele filme você deixou sair de cartaz sem assistir ou ter uma nova oportunidade de revê-lo na tela grande. Também está incluído na programação o nosso indicado a concorrer a uma das vagas de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2015, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.

A rede Cineflix tem atualmente 10 complexos em operação em 4 estados: Distrito Federal, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

1017627_594234360616164_1362370307_n

Para facilitar ainda mais a sua vida, disponibilizamos abaixo a programação completa dessa semana festiva para a região metropolitana de Campinas: nas cidades de Campinas e Valinhos.

Aproveite e prestigie o que o Cinema do Brasil tem de melhor:

CAMPINAS – CINEFLIX (SHOPPING GALLERIA)

QUINTA 25/09

  • 14h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 14h10 Praia do Futuro
  • 16h30 A Oeste do Fim do Mundo
  • 19h00 O Homem das Multidões
  • 21h30 De Menor

SEXTA 26/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Praia do Futuro
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Riocorrente

SÁBADO 27/09

  • 14h00 O Homem das Multidões
  • 16h30 De Menor
  • 19h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 19h10 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 21h30 A Oeste do Fim do Mundo

DOMINGO 28/09

  • 14h00 Riocorrente
  • 16h30 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 19h00 Praia do Futuro
  • 21h30 Dominguinhos

SEGUNDA 29/09

  • 14h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 16h30 O Homem das Multidões
  • 19h00 De Menor
  • 21h30 O Lobo Atrás da Porta
  • 21h40 Riocorrente

TERÇA 30/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Riocorrente
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Praia do Futuro

QUARTA 01/10

  • 14h00 De Menor
  • 16h30 Dominguinhos
  • 19h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 21h30 O Homem das Multidões

VALINHOS – CINEFLIX (SHOPPING VALINHOS)

QUINTA 25/09

  • 14h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 14h00 Dominguinhos
  • 16h30 A Oeste do Fim do Mundo
  • 19h00 O Homem das Multidões
  • 21h30 De Menor

SEXTA 26/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Praia do Futuro
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Riocorrente

SÁBADO 27/09

  • 14h00 O Homem das Multidões
  • 16h30 De Menor
  • 19h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 19h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 21h30 A Oeste do Fim do Mundo

DOMINGO 28/09

  • 14h00 Riocorrente
  • 16h30 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 19h00 Praia do Futuro
  • 21h30 Dominguinhos

SEGUNDA 29/09

  • 14h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 16h30 O Homem das Multidões
  • 19h00 De Menor
  • 21h30 O Lobo Atrás da Porta
  • 21h30 Dominguinhos

TERÇA 30/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Riocorrente
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Praia do Futuro

QUARTA 01/10

  • 14h00 De Menor
  • 16h30 Dominguinhos
  • 19h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 21h30 O Homem das Multidões




E o indicado do Brasil ao Oscar 2015 é…

14 09 2014

Essa pergunta será respondida nessa próxima quinta-feira, dia 18/09. A ministra da Cultura, Marta Suplicy, em São Paulo, será a responsável pelo anúncio oficial do possível representante brasileiro na categoria de melhor filme estrangeiro no Oscar em 2015. No páreo estão 18 produções nacionais entre filmes e animações.

A comissão responsável pela escolha do nosso indicado é composta:

  • Pelo ministro do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, George Torquato Firmeza;
  • Por Jeferson De, diretor, produtor e roteirista;
  • Por Luis Erlanger, jornalista;
  • Pelo presidente do conselho da Televisão América Latina (TAL), Orlando de Salles Senna e
  • Pela coordenadora-geral de Desenvolvimento Sustentável do Audiovisual do Ministério da Cultura, Sylvia Regina Bahiense Naves.

O Universo E! possui textos para três dos dezoitos filmes que compõe a lista: Dominguinhos (durante o Festival É Tudo Verdade), Praia do Futuro e o nosso franco favorito O Menino e o Mundo. E para você? Qual seria o nosso concorrente no Oscar 2015?

Os indicados:

 

A Grande Vitória

A Grande Vitória

A Oeste do Fim do Mundo

A Oeste do Fim do Mundo

Amazônia

Amazônia

Dominguinhos

Dominguinhos

Entre Nós

Entre Nós

O Exercício do Caos

O Exercício do Caos

Getúlio

Getúlio

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Jogo de Xadrez

Jogo de Xadrez

Minhocas

Minhocas

Não Pare na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho

Não Pare na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho

O Homem das Multidões

O Homem das Multidões

O Lobo Atrás da Porta

O Lobo Atrás da Porta

O Menino e o Mundo

O Menino e o Mundo

O Menino no Espelho

O Menino no Espelho

Praia do Futuro

Praia do Futuro

Serra Pelada

Serra Pelada

Tatuagem

Tatuagem

 





VI Paulínia Film Festival | O Samba

25 07 2014
Troféu Menina de Ouro do Paulínia Film Festival

Troféu Menina de Ouro do Paulínia Film Festival

[SUIÇA, 2014] – O olhar estrangeiro sobre um dos mais autênticos ritmos musicais brasileiros. Para construi-lo o diretor francês Georges Gachot (Nana Caymmi em Rio Sonata e Maria Bethânia: Música é Perfume) utiliza duas vertentes do samba: o carnavalesco, apoiando-se nos preparativos para o carnaval da agremiação Unidos de Vila Isabel. Paralelamente, um dos entusiastas da escola de samba de primeira grandeza: Martinho da Vila (Isabel).

O barracão da Unidos de Vila Isabel reúne pessoas de todas as idades e gerações inteiras de várias famílias reunidas em torno de um único objetivo: realizar o desfile mais perfeito possível na Marquês de Sapucaí, a passarela do samba carioca. O que exige um trabalho árduo durante um ano inteiro: a preparação de fantasia, que na ocasião das filmagens do documentário vinham direto da Angola (uma espécie de reafirmação das origens africanas do ritmo), as estruturas complexas dos carros alegóricos e os inúmeros ensaios envolvendo toda a comunidade numa frequência quase que semanal.

Em contraponto ao samba característico do carnaval, sua euforia e suas batidas fortes, há aquele outro mais contido, de ritmo mais lento e fruto do cotidiano brasileiro em todas as suas frustrações e conquistas. Martinho da Vila é um legítimo representante desse gênero. O próprio cantor se declara um compositor das horas difíceis.

Ilustre componente da escola de samba representante da comunidade de Vila Isabel, Martinho também é vascaíno (outra paixão brasileira que ganha certo destaque em O Samba), amante da natureza – aquela em que “tudo cresce devagar” e um brasileiro genuíno, já que em suas mãos ao longo da projeção pode surgir um pandeiro ou uma caipirinha. Para o cantor, a maior alegria que o samba lhe proporciona é a diversidade de reações que suas canções provocam no público. Uma mesma música em uma mesma apresentação pode fazer alguém sorrir, outro chorar e um terceiro sambar. Ao mesmo tempo.

Outros artistas, como Mart’Nália, ajudam com seus depoimentos a contar um pouco da história do samba. Leci Brandão relembra o quanto sambistas já foram perseguidos no passado por serem considerados malandros. Ney Matogrosso quando surge em tela demonstra o quanto o samba permite múltiplas interpretações sem perder  a sua autenticidade.

George Gachot em O Samba enaltece o gênero musical que lhe serve de título e constrói um documentário que ganha muito mais força ao depositar no carisma de Martinho da Vila a condução de sua narração que guarda ainda grandes preciosidades: a performance do compositor em versões acústicas de ‘Canta Canta, Minha Gente‘ e ‘Mulheres‘. Uma produção voltada para algo tão enraizado em nossa cultura ao ponto de ser corriqueiro a presença de pessoas fantasiadas andando pelo metrô carioca no período do carnaval.

NOTA: 5/5

6th PAULINIA FILM FESTIVAL: Acompanhe também a cobertura especial do evento em nosso Tumblr http://bit.ly/UnivTumblr





Breves & Curtas #9: Festival É Tudo Verdade | Campinas

28 04 2014

A mais nova edição do Breves & Curtas traz a nossa cobertura especial do Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade em sua itinerância por Campinas. A passagem do festival pela cidade do interior paulista e nessa semana por Brasília (de 30/04 a 04/05) e por Belo Horizonte em julho, traz os vencedores e os principais destaques produções das edições integrais do É Tudo Verdade que ocorreram em São Paulo e no Rio de Janeiro no início do mês.

Os nossos textos durante os três dias em que estivemos na capital paulista pode ser visto nos links a seguir: dia 01, dia 02 e dia 03.

Vamos conferir agora o que vimos em Campinas:

etv2014

 

HOMEM COMUM (Brasil, 2013)  Vencedor do prêmio CPFL Energia / É Tudo Verdade: Janela para o Contemporâneo (melhor documentário brasileiro de longa/média-metragem

Utiliza das semelhanças de dois filmes – o dinamarquês Ordet (1955) e o americano Life, the Dream (2012) – para moldar o retrato de vida de um caminhoneiro e sua família durante quase 20 anos. Uma mescla interessante entre o que é real e o que é ficção.

NOTA: 4/5

SOBRE A VIOLÊNCIA (Suécia, EUA, Dinamarca e Finlândia, 2014) – Uma análise da violência a partir do colonialismo e, principalmente, quando esta surge com a descolonização. Aqui, países como Zimbábue, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau são as grandes vítimas da opressão religiosa, militar, social e econômica dos países europeus, uma intervenção dizimadora de culturas.

Em troca de suas riquezas naturais, o povo explorado recebia miséria, pobreza, fome e desolação. Incisivo em suas denúncias, Sobre a Violência levanta outras questões interessantes: o prevalecimento de valores cristãos (tal como a supremacia do branco perante o negro) e do porquê as nações africanas não tiveram o seu devido ressarcimento tal qual as nações europeias após a expansão e extinção do nazismo no Velho Continente. Não se trata de uma questão financeira, mas sim de oferecimento de condições propícias ao próprio desenvolvimento da África: a lógica de menos comida e mais ferramentas.

O documentário de Göran Hugo Olsson ainda é corajoso em sua conclusão ao defender uma nova organização social mais humana, distanciando-se o máximo possível daquela propagada pelos europeus. Algo muito mais complexo do que a simples substituição do capitalismo pelo socialismo.

NOTA: 5/5

UM HOMEM DESAPARECE (Japão, 1967) – Um conturbado, complicado, burocrático e confuso documentário sobre uma única questão: por que, num país pequeno como o Japão, tantas pessoas desaparecem? A produção de Shohei Imamura persegue os passos de um homem que abandonando sua família e sua noiva.

A investigação tenta reconstruir os passos do desaparecido com as limitações tecnológicas da época sem nenhum registro eletrônico – seja de imagens de câmera ou de informações bancárias confiáveis.

Tudo é baseado 100% em entrevistas de testemunhas que por ventura tenham visto tal pessoa muito tempo depois dos fatos ocorridos. Um tempo o suficiente para que a memória apague qualquer detalhe mais preciso.

Embora entremos em contato com um lado desconhecido da sociedade japonesa (como a traição e a prostituição), a base da narrativa enfraquece completamente Um Homem Desaparece. Tanto pela mudança constante de foco da “investigação”, quanto pela perda de um longo tempo com discussões irritantes e banais entre acusado e acusador.

NOTA: 1/5

JASMINE (França, 2013) – Vencedor do prêmio de melhor documentário internacional de longa/média-metragem

Não foi só na política que França e Irã se relacionaram diretamente, uma vez que Paris foi refúgio do aiatolá Ruhollah Khomeini durante as Revolução Iraniana de 1979. Na mesma época e envolvendo os mesmos países está a história de amor entre o francês Alain e a iraniana Jasmine.

Para documentar esse conturbado relacionamento, que evoluiu e definhou tal como o estado político do Irã, entram em cena a leitura de cartas trocadas entre os dois, a animação em stop-motion (e seus bonecos de argila) e imagens de arquivo para registrar outra história de amor impossível. Mais uma entre tantas outras, mas contada de forma inesperada.

NOTA: 3/5

20 CENTAVOS (Brasil, 2014) – Com a transformação de celulares e smartphones em pequenas centrais de mídia, os protestos de junho de 2013 puderam ser vistos e compartilhados pelas redes sociais, onde coube a cada manifestante registrar em seu aparelho os gritos, os excessos da polícia, o vandalismo irracional de delinquentes encapuzados de uma manifestação plural e de múltiplos objetivos e interesses.

O documentário de 53 minutos de Tiago Tambelli nada mais é do que um apanhado geral dessas imagens (com uma qualidade melhor do que a de um celular), com poucos efeitos gráficos e envolto por trilha sonora. Apesar do ineditismo, de ser o primeiro produto audiovisual finalizado a menos de um ano dos protestos, a produção não acrescenta nada de novo aos olhos mais atentos que acompanharam a cobertura da mídia tradicional. Cobertura que utilizou fartamente dos aparelhos portáteis dos manifestantes.

NOTA: 2/5





Verás que um filho teu não foge a luta…

17 06 2013

E o Universo E! repercute, com todo o orgulho possível e imaginável, esse levante do povo brasileiro pelas ruas das principais cidades brasileiras. Contra o quê se protesta? Começou pelo aumento de 0,20 centavos na passagem dos ônibus. Mas o que ocorre realmente é a insatisfação extrema de nós, brasileiros, com a realidade de nosso país e inconformados com que nossa ilustríssima classe política conduz os rumos do Brasil com completo desdém e desinteresse. Eles estão mais preocupados com seus interesses pessoais do que a qualidade de nossa educação, saúde, segurança, transporte… serviços que atualmente não fazem jus a quantidade vultuosa de impostos que pagamos diariamente!

brasil1

@pedrotrl2 h – No momento arrepiado em ver toda aquela gente nas ruas dando suas caras a tapa pelo resto do Brasil!

Pelo Twitter, vários usuários demonstrando o orgulho de hoje, ser brasileiro…

@0urBooBear – #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta´´ nem teme quem te adora a própria morte, terra adorada, entre outras mil és tu brasil ó pátria amada..

@dreamrkt1D – Arrepiei!Somos OS filhos da revolução,somos o futuro da nação!CONTINUEM FIRMES NISSO!

@staybyddl –“Porque a rua é a maior arquibancada do Brasil” 

brasil2

brasil3

Quem também levanta a voz nesse movimento pelo Brasil inteiro é um velho conhecido do Universo E! e d’A Rede pelo Twitter: o Júlio de Sorocaba:

@Julio_Salvo – Não são apenas 20 centavos, é pela SAUDE, TRANSPORTE, EDUCAÇÃO!!! #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta

Acompanhar as manifestações pela internet também propicia apreciar imagens lindas e impressionantes como essa do Rio de Janeiro – são as incríveis imagens da revolução:

brasil3

21:49 Pela cobertura em tempo real nas redes de televisão, as manifestações em Brasília com a invasão ao Congresso Nacional e em São Paulo, com a aproximação dos manifestantes ao Palácio dos Bandeirantes, tem acompanhamento de longe das polícias militares de cada cidade!

@DoidoDaMaconha – Brasil alterou seu status de: “Deitado eternamente em berço esplendido” para ‘ #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta

@marianachioda – arrepiada, emocionada, parabéns brasileiros por acordarem e tomarem uma atitude digna desse país! #verásqueumfilhoteunãofogealuta

@Tuanegleiciele – O país a gente parou, o congresso a gente invadiu, desculpa o transtorno, estamos mudando o Brasil. #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta

Da mesma, as manifestações ultrapassaram as fronteiras e chegaram apoio e eco de várias cidades no mundo inteiro. Todos juntos pelo Brasil:

brasil4

brasil8

21:57 – Manifestantes em São Paulo abandonam a manifestação democrática e tentam derrubara o portão do Palácio dos Bandeirantes, a sede do governo estadual paulista. O que vinha sendo um movimento pacífico acarreta, natural e infelizmente, uma reação da polícia.

22:16 – O portão de entrada do Palácio dos Bandeirantes passa a receber um número ainda maior de manifestantes!

@FranceJess – #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta Não é só por causa de 20 centavos,mais pelos bilhões e bilhões que roubaram de nós !!!!!! #Revolução2013

 @anaaraujo_sz – Mais tarifas sem retorno não! educação, transporte e saúde! É básico. É LEI. É DIREITO nosso! #verasqueumfilhoteunaofogealuta

@keferamysunset – Um dia me falaram: corra atras dos seus objetivos. E meu objetivo é melhorar o meu pais, o meu Brasil #verasqueumfilhoteunaofogealuta

@LylyMacedo – Hoje enquanto tiver manifestação to dentro. #VerasQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta sou Brasileira e não desisto. #ForaPoliticosCorruptos cansamos

brasil8

@ThePrinceIsHigh – #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta Orgulhoso por saber que o povo finalmente percebeu o poder que que tem em mãos. Que seja apenas o começo!

@biiahrules – “Que coincidência não tem polícia não tem violência!” Gritam os manifestantes em São Paulo na Berini #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta

E não foi só de imagens surpreendentes que essa manifestação é feita. De vídeos também! Como esse quando o povo na Avenida Paulista entoava o hino nacional brasileiro:

@KatyCatRNavy – Os manifestantes não podem fazer baderna e começar com agressões e vandalismos, vão perder a razão!!! #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeALuta

971645_388350501277224_1668021880_n





A extensa agenda dos Vingadores

16 08 2012

A continuação de Os Vingadores – The Avengers, que ostenta até aqui o título de maior bilheteria brasileira em 2012, já tem data marcada para a sua estreia. Enquanto o primeiro filme chega nas lojas brasileiras em DVD e blu-ray no próximo dia 29, a MTV noticiou, o Omelete publicou e a Variety confirmou: Os Vingadores 2 chega aos cinemas em 1º de maio de 2015.

A Disney e a Marvel Studios mantem Joss Whedon na dobradinha diretor/roteirista, enquanto preparam-se para uma intensa maratona de estreias dos super-herois solos até 2015. A saber:

  • Homem de Ferro 3 – 3 de maio de 2013;
  • Thor 2 – 8 de novembro de 2013 e
  • Capitão América 2 – 4 de abril de 2014.

Ansiosos?

 





Oscar 2011 pela internet brasileira

28 02 2011

O Universo E! traz agora a repercussão da maior festa do cinema pelos portais brasileiros de internet:

UOL – O Discurso do Rei e A Origem são os grandes vencedores da noite

TERRA – O Discurso do Rei é o grande coroado da noite com melhor filme

IG – O Discurso do Rei é o vencedor do Oscar

R7 – Oscar: O Discurso do Rei é o grande vencedor da noite

G1 – O Discurso do Rei vence filme, ator, diretor e roteiro no Oscar

ESTADÃO – Natalie ganha melhor atriz

UNIVERSO E! Fraca cerimônia premia o fraco O Discurso do Rei





XI Projeta Brasil Cinemark

7 11 2010

Nessa segunda, dia 08, a rede de cinemas Cinemark reservas todas as suas salas no país para acomodar os melhores filmes nacionais nesse último ano no Projeta Brasil Cinemark em sua 11ª edição.

E ao contrário das edições anteriores, em 2010 deve faltar espaço para abrigar tantas boas produções brasileiras lançadas nos últimos 12 meses. Os brasileiros campeões de bilheteria – Chico Xavier, Nosso Lar e Tropa de Elite 2 – estarão em cartaz a preços promocionais, R$ 2. Se os vazios das edições anteriores eram preenchidos pelos duvidosos longas de Xuxa e Didi, esse ano para o bem do nosso cinema, isso vai acontecer, mas em menor escala.

Com  amadurecimento da produção de filmes no Brasil, que atraem cada vez mais espectadores aos cinemas e que até recentemente eram a maioria em cartaz nos cinemas brasileiros, nada mais justo reservar um dia para a produção nacional na maior rede de cinemas (428 salas) do Brasil.

Veja a seguir, os filmes a serem exibidos no Cinemark Iguatemi Campinas, dia 8:

  • 400 contra 1 – Uma História do Crime Organizado (6 sessões);
  • As Melhores Coisas do Mundo (5 sessões);
  • Chico Xavier (5 sessões);
  • Lula, o Filho do Brasil (5 sessões);
  • Nosso Lar (6 sessões);
  • O Bem Amado (6 sessões);
  • Quincas Berro D’Água (4 sessões);
  • Tropa de Elite 2 (5 sessões);
  • Xuxa em O Mistério da Feiúrinha (2 sessões).




Um novo cinema brasileiro

16 05 2010

O cinema brasileiro vem se rejuvenescendo, a procura de novos caminhos, novas temáticas. O que nós, espectadores, somos extremamente gratos. Afinal, já não se aguenta mais filmes com o padrão Globo de televisão. Embora a Globo Filmes seja ainda um grande apoiador da produção cinematográfica brasileira, seja produzindo-a ou distribuindo-a pelo território nacional, nosso cinema não pode mais ser um capítulo estendido de uma telenovela.

Desde o mês passado, por exemplo, temos visto essa nova fase do cinema nacional. Começou com o ótimo As Melhores Coisas do Mundo, de Laís Bodanzky, quando nossas produções se distanciam da miséria, da pobreza, da violência ou da comédia digna de um sábado a noite que dominava nosso cinema.

O longa de Laís abre um novo caminho a ser percorrido por nossos cineastas, já que a temática juvenil (ou histórias protagonizadas por jovens e desconhecidos talentos) já embasa produções que terão suas estreias muito em breve nos cinemas. Se em ‘As Melhores…’ temos um quadro da juventude típica da metrópole, conectada e baladeira, poderemos conferir adolescente em um outro cenário, menos corriqueiro, mas ainda assim fascinante, pertencente às cidades do interior brasileiro, a ser visto em Antes que o Mundo Acabe que traz a história de jovens do interior do Rio Grande do Sul como podemos ver no trailer a seguir.

Além desses dois filmes, temos a adaptação literária de Jorge Amado, Capitães da Areia, que também traz mais produto nacional diversificado, que junto, traz, positivamente, mais renovação para o casting brasileiro.

O longa nos distancia do contemporâneo e, nos anos 50, constata mais uma das várias regionalizações brasileiras – agora a do Nordeste, mas precisamente Salvador. E mais uma vez, jovens atores encarregados de dar vida a um arco narrativo.

É o cinema nacional descobrindo novos filões, novos caminhos, novas formas de entreter. Afinal, a Sétima Arte abrange um leque infinito de variedades, e os filmes do Brasil não pode ficar marcado por apenas uma das dobras desse leque.








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: