The Walking Dead S01E01

7 11 2010

ARTIGO REPLETO DE SPOILERS! SE AINDA NÃO ASSISTIU O EPISÓDIO ACIMA RELACIONADO, DESACONSELHO SUA LEITURA!

The Walking Dead estreou na televisão americana em 31 de outubro, dia das Bruxas, para preencher uma lacuna no coração dos fãs de séries pós-apocalípticas que ficaram órfãos depois dos cancelamentos precoces de Jericho e da inglesa Survivors.

E para os amantes desse gênero foi uma satisfação imensa conferir o episódio piloto da nova atração do canal AMC. Uma única palavra que poderia muito bem resumir esse episódio é: angústia.

Essa sensação de sufocamento do espectador começa já na sequência inicial, quando o policial Rick Grimes se depara com uma garota zumbi. Depois da abertura, a angústia só tende a aumentar.

Um dos pontos máximos que a trama atingiu nesse primeiro episódio foi conferirmos a passagem do tempo em que Rick esteve internado no hospital – depois da lembrança da visita de um colega de profissão, vemos de um modo sutil, através das pétalas mortas das flores que alguma coisa estava errada e há muito tempo que Rick não recebia visitas no seu quarto.

Na busca de entender o que aconteceu, a série busca com excelência aflingir o espectador: seja com mensagens tipo “NÃO ABRA! MORTOS DENTRO!” ou um mar de corpos aos arredores do hospital ou a evidência de uma catástrofe descomunal devido a presença de helicópteros e tanques de guerra nas ruas, aumentando gradualmente o nível de tensão da narrativa.

Efeitos especiais também são um show a parte: seja no rosto de um zumbi infantil, de um morto-vivo pela metade ou de um grupo repleto deles.

Em busca de suposto abrigo construídoem Atlanta, Rick parte para a cidade na espeança de reencontrar sua família, pois evidências deixadas na casa da família sugerem que sua mulher e filho estão vivos. Na cidade, Rick torna-se literalmente uma isca para os mortos-vivos e para sobreviver a ferocidade desses seres, o policial procura abrigo em um tanque de guerra. Enquanto isso, acampanhados junto com um grupo de sobreviventes aos arredores de Atlanta estão a mulher e o filho do policial.

Com a exibição do segundo episódio nesse domingo (dia 07), The Walking Dead tem a possibilidade de se firmar de vez na lista de qualquer fanático por série. O que pouco provável que isso não venha ocorrer.

Anúncios




The Walking Dead – altos e baixos

3 11 2010

Nenhuma série dessa temporada 2010/2011 gerou mais burburinhos no mundo on-line da internet do que a nova estreia do canal americano AMCThe Walking Dead.

‘Os Mortos-Vivos’, na tradução para o português, está dando o que falar e acredito que as expectativas em torno da sua estreia lá em território americano (no Dia das Bruxas), superaram inclusive a espera pela a badalada estreia de The Event em setembro passado.

No último domingo, dia 31, não deu outra. The Walking Dead bateu um recorde de audiência para um canal fechado dos EUA: 5,3 milhões de pessoas acompanharam o episódio do piloto. Para comparar a expressividade desses números, a première da 5ª temporada de Dexter teve quase 2 milhões em público para o canal pago Showtime.

Já aqui no Brasil, a ansiedade era enorme, porque o Canal Fox programou a exibição após, nada mais nada menos, que dois dias da exibição original, no sugestivo feriado de Finados!

The Walking Dead Série

Mas a alegria durou pouco! Os 68 minutos que foram ao ar nos EUA no dia 31 de outubro se transformaram numa ‘colcha de retalhos’ de menos de 50 minutos no dia 02 de novembro, gerando revolta entre os seriadomaníacos. Não se pode chamar aquilo de episódio.

O que era para ser uma reafirmação do respeito dos canais pagos em relação ao público brasileiro, diminuindo as janelas de exibição em relação ao que vai ao nos EUA, mantendo a qualidade de exibição (diga-se a legendagem – o que não se aplica a programação dublada do canal) acabou-se tornando em mais uma decisão patética por parte da Fox.

Uma pena!





Temporada de Blockbusters!

11 06 2009

Estamos chegando na época do ano mais importante em estréias de cinema. A época dos grandes blockbusters devido as férias escolares de verão nos EUA e Europa. E é nesses meses (junho, julho, agosto), que as distribuidoras programam seus mais poderosos (economicamente) filmes.

E 2009 vai seguir a risca essa velha máxima do cinema: já começamos com a estréia de “O Exterminador do Futuro: A Salvação”.

Final de junho teremos também a participação de um filme brasileiro que vale a pena conferir: em 26 de junho, com Selton Mello estréia “Jean Charles”, que chega as telonas no mesmo dia do aguardado “Transformers – A Vingança dos Derrotados”.

Já o mês oficial das férias, julho, vem recheado de grandes e boas atrações cinematográficas. Logo no primeiro dia do mês temos a animação “A Era do Gelo 3”.

Não teremos fôlego porque dois dias depois tem o drama “Inimigos Públicos” com Johnny Depp (Sweeney Todd), Christian Bale (Batman – O Caveleiro das Trevas, O Exterminador do Futuro – A Salvação) , Marion Cotillard (Piaf – Um Hino ao Amor) e Emilie de Ravin (A Viagem Maldita). Gêneros para todos os gostos porque também temos a comédia “17 Outra Vez” neste dia 03 de julho com Zac Efron (High School Musical 3: Ano de Formatura).

Num dia só dele, temos a estréia única da quarta-feira, 15 de julho, “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” nos transportando pela sexta vez a Escola de Magia de Hogwartz.

Sexta, dia 24: uma pitadinha de horror nessa salada de filmes com “Halloween – O Início”. Já no dia 31, fechando o mês, temos o interessante “À Deriva” com produção de Fernando Meirelles e o elenco: Taís Araújo, Débora Bloch, Cauã Reymond entre outros.

Só porque as férias acabaram que bons filmes tem que acabar né? Esticando a nossa lupa para agosto temos: dia 7, o longa de ação “G. I. Joe: A Origem da Cobra” cujo trailer arrebentou na premiação MTV Movie Awards e o drama baseado na obra de Paulo Coelho “Veronika Decide Morrer” com Sarah Michelle Gellar (O Grito).

E essa matéria termina em 14 de agosto com a comédia “Ano Um” com Jack Black (Rebobine Por Favor) e Michael Cera (Juno) e o terror de Sam Raimi, responsável pela trilogia Homem-Aranha, “Arraste-me para o Inferno”, bem aceito pela crítica norte-americana.

Taí: uma lista de 13 filmes que você não deve perder pelos próximos dois meses que compõem essa temporada de férias 2009.








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ex-Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. Atual Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: