Vem aí o MTV Movie Awards 2012

27 05 2012

Com a chegada da metade do ano tem se a impressão que os grandes prêmios voltados para os filmes de 2011 terminaram. Mas está enganado quem pensa assim. No próximo domingo, dia 03 de junho, é o MTV Movie Awards 2012 quem encerra de uma vez por todas mais essa temporada da Sétima Arte.

No lugar do Globo e do ‘homenzinho’ dourado entra a Pipoca Dourada, um troféu muito bem escolhido para retratar a cerimônia, um reinado para os filmes blockbusters, os chamados filmes pipocas. Longas como O Artista ou aqueles de Lars von Trier ou de Woody Allen passam bem longe da festa.

Por outro lado, o MTV Movie Awards serve muito bem como vitrine para a temporada dos grandes filmes do verão americano. Com certeza não faltarão spots comerciais sobre os grandes lançamentos dos próximos meses: Homem-Aranha, o último Batman de Christopher Nolan, a segunda parte de Amanhecer que encerra a saga Crepúsculo certamente terão o seus merchandising no domingo que vem.

De qualquer forma podemos ver que de todos os males, os indicados aos prêmios nesse ano melhoraram significativamente em relação às cerimônias anteriores: ou a organização do eventos soube muito bem escolher os indicados desse ano, delimitados claro, pelo público alvo da festa; ou 2011 teve poucas porcarias sendo lançadas na telona.

Toda a festa estará sob o comando do ator britânico e comediante Russell Brand (O Pior Trabalho do Mundo e Meu Malvado Favorito), mas mais conhecido pela alcunha de ex-Katy Perry. Ele já prometeu um show mais impressionante que Os Vingadores! “Com sua incrível capacidade de abranger todo o espectro da comédia, do mais sofisticado ao mais rasteiro, o humor inteligente e imprevisível de Russell se conecta de maneira ímpar com nosso público”, afirmou o presidente da MTV Stephen Friedman a Reuters Brasil.

Como podemos ver nas indicações abaixo, o MTV Movie Awards 2012 tem Jogos Vorazes e Missão Madrinha de Casamento como os grandes destaques e recorda ainda filmes como Super 8, Drive e 50% que passaram despercebidos das outras grandes premiações. Vamos a lista dos indicados:

MELHOR FILME

  • A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Histórias Cruzadas
  • Jogos Vorazes
  • Missão Madrinha de Casamento

MELHOR ATRIZ

  • Emma Stone, Amor à Toda Prova
  • Emma Watson, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Jennifer Lawrence, Jogos Vorazes
  • Rooney Mara, Millenium – Os Homens que não Amavam as Mulheres
  • Kristen Wing, Missão Madrinha de Casamento

MELHOR ATOR

  • Joseph Gordon-Levitt, 50%
  • Ryan Gosling, Drive
  • Daniel Radcliffe, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Josh Hutcherson, Jogos Vorazes
  • Channing Tatum, Para Sempre

MELHOR ELENCO

  • Anjos da Lei
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Histórias Cruzadas
  • Jogos Vorazes
  • Missão Madrinha de Casamento

MELHOR REVELAÇÃO

  • Shailene Woodley, Os Descendentes
  • Liam Hemsworth, Jogos Vorazes
  • Rooney Mara, Millenium – Os Homens que não Amavam as Mulheres
  • Melissa McCarthy, Missão Madrinha de Casamento
  • Elle Fanning, Super 8

MELHOR PERFORMANCE PESADA

  • Anjos da Lei – Johan Hill e Rob Riggle
  • Drive – Ryan Gosling
  • Missão Impossível: Protocolo Fantasma – Tom Cruise
  • Missão Madrinha de Casamento – Kristen Wiig, Maya Rudolph, Rose Byrne, Melissa McCarthy, Wendy McClendon-Covey e Ellie Kemper

MELHOR TRANSFORMAÇÃO NA TELA

  • Johnny Depp, Anjos da Lei
  • Rooney Mara, Millenium – Os Homens que não Amavam as Mulheres
  • Elizabeth Banks, Jogos Vorazes
  • Collin Farrell, Quero Matar o meu Chefe
  • Michelle Williams, Sete Dias com Marilyn
MELHOR ATUAÇÃO CÔMICA
  • Johan Hill, Anjos da Lei
  • Zach Galifianakis, Se Beber Não Case – Parte 2
  • Kristen Wiig, Missão Madrinha de Casamento
  • Melissa McCarthy, Missão Madrinha de Casamento
  • Oliver Cooper, Projeto X – Uma Festa Fora de Controle
MELHOR MÚSICA
  • ‘Parthy Rock Anthem’, LMFAO (Anjos da Lei)
  • ‘A Real Hero’, College with Electric Youth (Drive)
  • ‘The Devil is in the Details’, Chemical Brothers (Hanna)
  • ‘Impossible’, Figurine (Like Crazy)
  • Pursuit of Happiness, Kid Cudi remix de Steve Aoki (Projeto X – Uma Festa Fora de Controle)
MELHOR BRIGA
  • Channing Tatum & Johan Hill vs Kid Gang, Anjos da Lei
  • Tom Hardy vs Joel Edgerton, Guerreiro
  • Daniel Radcliffe vs Ralph Fiennes, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Jennifer Lawrence & Josh Hutcherson vs Alexander Ludwig, Jogos Vorazes
  • Tom Cruise vs Michael Nyqvist, Missão Impossível: Protocolo Fantasma
MELHOR BEIJO
  • Robert Pattinson & Kristen Stewart, A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1
  • Ryan Gosling & Emma Stone, Amor à Toda Prova
  • Rupert Grint & Emma Watson, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2
  • Jennifer Lawrence & Josh Hutcherson, Jogos Vorazes
  • Channing Tatum & Rachel McAdams, Para Sempre
MELHOR PERSONAGEM IDIOTA
  • Bryce Dallas Howard, Histórias Cruzadas
  • Jon Hamm, Missão Madrinha de Casamento
  • Oliver Cooper, Projeto X – Uma Festa Fora de Controle
  • Colin Farrell, Quero Matar meu Chefe
  • Jennifer Aniston, Quero Matar meu Chefe
Anúncios




ANÁLISE: 50%

7 02 2012

A única coisa que me preocupava nesse filme era a presença de Seth Rogen (Superbad – É Hoje, Segurando as Pontas). Tenho um certo bloqueio pessoal contra esse cidadão que não apresenta uma carreira muito versátil. Praticamente é o mesmo papel em filmes diferentes. Em 50% esse cenário não se modifica, mas se beneficia pela história depender muito pouco dele.

Já Joseph Gordon-Levitt (A Origem, (500) Dias com Ela e no ainda inédito Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge) continua apresentando o mesmo talento de sempre. Sofredor apaixonado, integrante de uma equipe que rouba sonhos, um pastor evangélico, ou alguém com câncer (como aqui), ele consegue moldar sua interpretação a cada um de seus personagens, tornando-os verossímeis.

Quem vem se destacando aos meus olhos também é Anna Kendrick (A Saga Crepúsculo, Scott Pilgrim contra o Mundo, Amor sem Escalas). Mesmo não tendo muita beleza consegue desempenhar seus papéis muito bem e se destacar ao lado de quem quer que seja: Kristen Stewart, George Clooney…

Joseph Gordon-Levitt vive Adam em 50%. Trabalhando em uma rádio juntamente com seu colega Kyle (Seth Rogen) – ou Seth Rogen (interpretado por Seth Rogen) se você preferir – e leva uma vida tipicamente de um rapaz solteiro na sua idade. Morando junto com sua namorada Rachael (Bryce Dallas Howard, Além da Vida e Histórias Cruzadas) e longe de seus pais, tudo ocorre normalmente até que uma leve dor nas costas o obriga a visitar um consultório médico.

A partir desse momento que a normalidade da vida de Adam acaba por completo. Não só pelo fato dele ser diagnosticado por um câncer na espinha, mas pelas pessoas que o cercam e deveriam lhe dar atenção. A começar pela forma natural e despreocupada com que o médico lhe informa o diagnóstico.

Seu colega Kyle tenta da sua louca maneira auxiliar o colega. Embora não seja o comediante que se acha ser, o roteiro lhe ajuda muito bem nessa tarefa, por exemplo, ao se referir ao ‘cara’ de Dexter ou Patrick Swayze que conseguiram vencer o câncer (ou não!). Isso sem contar o fato de sempre querer obter vantagem ao demonstrar preocupação com o amigo nas mais variadas situações.

Já na família os problemas são menores devido a distância. Por não estar sempre presente, Adam se livra de uma mãe que se preocupa em excesso (do ponto de vista do jovem), restando-lhe algumas dezenas de ligações não atendidas ou pequenas discussões em algumas de suas visitas, somando-se ao fato de seu pai ser portador do mal de Alzheimer.

Para fechar o ciclo pessoal: Rachael, a pintora de quadros. Mesmo escolhendo ficar ao lado do namorado, ela não tem a mínima ideia de como se comportar e de como cuidar de Adam agora. Sua aversão aos hospitais a impede de acompanha-lo em suas sessões de quimioterapia limitando-se a deixa-lo na porta do hospital e esquecer-se de buscá-lo depois. O seu nível de atenção é tão grande a ponto de achar que um cão de corrida aposentado (e feio por sinal) seja o suficiente para curar o baixo-astral de Adam. Se bem que, comparado a essas pessoas, o cachorro é o mais sensato de todos. É natural que recebemos, em determinado momento, a notícia de que ela traía Adam.

Se as coisas estão ruins, não reclame, pois pode piorar ainda mais! Esperando algum consolo, algumas sábias palavras, a ajuda de uma terapeuta profissional também não deu muito certo. Novata, ainda fazendo o seu doutorado, uma caloura, Katherine (papel de Anna Kendrick) tem em Adam o terceiro paciente de sua ainda recente carreira. E o estado de nervo que ele se encontra, aliada a sua inexperiência, complicam bastante o bom desenrolar das consultas.

Essa é a complicada situação de Adam. Com câncer e completamente desamparado, não há outra escolha a não ser cuidar de si mesmo e controlar-se da melhor maneira possível. A única tranquilidade que ele encontra é com os companheiros de quimioterapia no hospital: o retrato do futuro de Adam. É de se esperar que ele perca o controle a qualquer momento. Por tudo isso é de se impressionar com a forma que Adam passou por todas essas dificuldades e conseguiu derrotar a difícil doença que é o câncer.

NOTA: 4/5





COBERTURA COMPLETA: Globo de Ouro 2011

16 01 2011
AS ATUALIZAÇÕES MAIS RECENTES SERÃO AS PRIMEIRAS. PORTANTO, A ORDEM DE LEITURA SERÁ DE BAIXO PARA CIMA

– Michael Douglas apresentando os indicados a melhor filme drama. E A RedEe Social ganha mais um Globo de Ouro.

– Chegou a vez de Sandra Bullock para apresentar os indicados para melhor ator drama. O vencedor é Colin Firth por O Discurso do Rei.

– Enquanto isso no Twitter… Globo de Ouro domina o trend topics mundial.

– Alice, Burlesque, Red passam batidos.  O Globo de Ouro dessa categoria para The Kids are All Right.

– A dupla dinâmica de Toy Story – Tom Hanks e TimAllen sobem ao palco para apresentarem os indicados a melhor filme comédia/musical.

– Vamos agora para as indicadas a melhor atriz defilme drama. E a ganhadora é: Natalie Portman por O Cisne Negro.

– Joseph Gordon-Levitt apresenta A Origem, que concorre a melhor filme drama. O favorito do Universo E!

– Mas o prêmio vai para Paul Giamatti por Minha Versão para o Amor.

– Halle Berry chega ao palco para apresentar os indicados a melhor ator de filme musical/comédia.  Com o Johnny Depp concorrendo por dois papéis ( O Turista e Alice).

– O Cisne Negro apresentado por Alicia Keys, concorrendo a melhor filme drama.

– Vamos para os indicados a melhor série musical/comédia: a grande vencedora é Glee, desbancando as favoritas Modern Family e The Big C.

– O caldo começa a engrossar.Os indicados para melhor direção: o grande vencedor é David Fincher por A Rede Social.

– Uma prévia de O Turista, concorrendo a melhor filme musical/comédia.

– Globo de Ouro homenageia Robert de Niro com trechos dos filmes que ele participou.

– A vez de Jeremy Irons apresentar as indicadas a melhoratriz de filme drama: vence The Fighter com Melissa Leo.

– Nada melhor para comemorar a renovação por três temporadas do que esse prêmio não?

– Os indicados a melhor ator de série musical/comédia.Apresentados por Kaley Cuoco, de The Big Bang Theory, que entrega o prêmio  para o seu colega Jim Parsons.

– O presidente dos EUA de The Event, Blair Underwood, anuncia a vencedora de melhor atriz de série musical/comédia. O prêmio sai para The Big C: Laura Linney, que não estava presente na cerimônia.

– Hellen Mirren nos apresenta um dos indicados amelhor filme drama: O Discurso do Rei.

– Robert Pattinson fica incumbido de apresentar os indicados a melhor filme estrangeiro.Dinamarca vence com In a Better World.

– Por mais que não gostem de Glee, tem que se admitir que os dois prêmios dessa noite foram merecidos.

– O Capitão América, Chris Evans, apresenta as indicadas a melhor atriz coadjuvante para séries, mini-série e filme para TV. E a honra vai para Jane Lynch de Glee. A série mantem a sua aura de sensação do momento, arrebatando prêmios ainda no seu segundo ano. E a febre Glee ainda não acabou.

– Steve Carrel e Tina Fey sobem ao palco e nos apresentam os indicados a melhor roteiro. E o Globo de Ouro vai para A Rede Social.

– Zach Efron apresenta mais um indicado para melhor filme musical/comédia:  The Kids All Right.

– Claire Danes sai vencedora por Temple Grandie.

– Depois deles, chegou a vez das indicadas para melhor atriz de filme para TV ou mini-série.

– Todos atentos para ouvir as palavras do mestre Al Pacino.

– Melhor ator de filme para TV ou mini-série. Nessas categorias somos peixes fora d’água. E o Globo de Ouro foi para Al Pacino em You don’t Know Jack.

– Nas palavras de Rick Gervais, vem aíum ícone de Hollywood: Sylvester Stalone para apresentar mais um indicado a melhor filme de drama: The Fighter.

– Robert Downey Jr, melhor ator do ano passado por Sherlock Holmes sobe ao palco para anunciar a melhor atriz de filme comédia/musical: Annete Benning por Minhas Mães e Meu Pai.

– “Vocês eram nascidos quando o primeiro Toy Story estreou?”. O produtor brinca com o cantor ao subir no palco.

– Justin Bieber sobe ao palco para apresentaros indicados a melhor animação. Meu Malvado Favorito, Como Treinar seu Dragão?, O Ilusionista, Enrolados e Toy Story 3. Vencedor:  a continuação do sucesso da Pixar – Toy Story 3.

– O Globo de Ouro de melhor trilha sonora agora. Globo de Ouro vai para A Rede Social. Injusto,  já que Hans Zimmer fez um trabalho excepcional em A Origem.

– Próximo anúncio, a de melhor canção original.E a vencedora é You haven’t seen the last of me de Burlesque.

– Rick Gervais diz que esse é o seu filme favorito.

– Andrew Garfield, que concorre por melhor atorcoadjuvante por A Rede Social, sobe ao palco para apresentar a produção da qual faz parte.

– E em seguida temos os indicados a melhor série drmática. Torcendo para The Walking Dead, mas o Globo de Ouro foi memsopara Boardwalk Empire. Mais um prêmio para a HBO.

– E na categoria de melhor ator de série dramática: Boardwalk Empire, Breaking Bad, Dexter, Mad Men e House estão no páreo. E Globo de Ouro foi para a badalada produção da HBO, Boardwalk Empire, para Steve Buscemi.

– A sumida Michele Pfeiffer vai ao palcopara nos apresentar a Alice no Paísdas Maravilhas.

– Melhor ator coadjuvante de série de TV, mini-Série ou filme para TV. E que surpresa: o prêmio vai para Glee, para Chris Colfer.- Bruce Willis no microfone agora e apresentaruma prévia de seu filme Red que concorre em melhorde comédia/musical.

– De volta dos comerciais, mais uma premiação. A de melhor filme para TV ou mini-série. A favorita The Paificé desbancada por Carlos.

– Começou! Com Rick Gervais fazendo referências a The Walking Dead, a última temporada de Lost.

– Scarlett Johansson sobe ao palco. Primeira premiação é de melhor ator coadjuvante. E o Globo de Ouro vai para o cabeludo Christian Bale por The Fighter (ainda não sei a tradução usada aqui no Brasil).

– A melhor atriz de série dramática: Katey Sagal por Sons of Anarchy.

– Os primeiros artistas já começam a desfilar pelo tapete vermelho de mais uma edição do Globo de Ouro.





Dica para lista de presentes

28 11 2010

Se é um cinéfilo de carteirinha, e por extensão, um bom colecionador de DVDs, prepare-se para abrilhantar sua coleção com os lançamentos de fim de ano das distribuidoras aqui no Brasil.

E com tantas boas opções, o investimento promete ser grande e abocanhar uma parte do seu 13º salário..

1ª SUGESTÃO – Este é um sonho de consumo antigo de cinéfilos brasileiros e fãs da trilogia de J. R. R. Tolkien, que finalmente se concretizou esse ano: a edição luxo de colecionador da trilogia O Senhor dos Anéis, de Peter Jackson. Um super box com nada mais, nada menos do que 12 DVDs, contendo além dos extras, todas as versões estendidas dos filmes: A Sociedade do Anel, As Duas Torres e O Retorno do Rei.

Mais informações clique aqui.

2ª SUGESTÃO – Uma edição super especial de um dos maiores fenômenos de bilheteria do cinema mundial. A edição de colecionador lançado esse mês pela FOX traz a versão estendida de quase três horas de Avatar.

O especial pode ser encontrado em duas versões: com três DVDs e um BD (blue disc ou blu-ray) ou com somente três BDs.

Uma capa de fundo preto contendo no centro uma mão avatar é a envoltura para a embalagem do DVD cuja capa não contem o título do filme. Apenas uma imagem do corpo extraterreno de Jake Sully. A contracapa contem a mensagem: “OEL NGATI KAMELE”, traduzindo: continue a viagem.

Uma Mensagem de Pandora’, ‘Acesso Direto a Cenas Novas/Adicionais’, ‘Cenas Excluídas Inéditas’ e ‘Capturando Avatar’ são os bônus incluídos nessa edição estendida de colecionador.

3ª SUGESTÃO – A próxima sugestão tem lançamento previsto para o dia 09 de dezembro. Trata-se de mais um sucesso assinado por Christopher Nolan que chegou aos cinemas em agosto desse ano: A Origem.

Até aqui o melhor filme do ano, A Origem traz no elenco nomes como Joseph Gordon-Levitt, Leonardo DiCaprio, Ellen Page e Ken Watanabe. E deve ser um item imprescindível no acervo de qualquer colecionador.

As duas últimas sugestões a seguir são os itens mais recentes da minha coleção:

4ª SUGESTÃO – Apesar de todo o temor do cancelamento (injusto, se ocorrer) que cerca a série Fringe, não dá para deixar de fora o box que traz a segunda temporada completa da produção de J. J. Abrams.

Com um primeiro episódio intrigante, a segunda temporada termina levando seus espectadores para um outro universo. E entre aquele e este episódio, o segundo ano de Fringe traz ainda mais episódios fantásticos.

5ª SUGESTÃO – E para finalizar, mais um box de série. Já lançado há algum tempo, foi efetivamente adquirido a segunda temporada da trama vampiresca Crepús…, ops, True Blood. Esqueça Stephenie Meyer!

Retorne a cidade de Bon Temps na companhia de Sookie Stackhouse e Bill Compton.





ANÁLISE: A Origem

8 08 2010

06/08/2010 Em cartaz A Origem trata-se daquilo que o ser humano tem de mais ‘sagrado’ e ‘especial’: a sua memória. Leonardo DiCaprio está sob a pele de Cobb, o mais capaz entre seus conterrâneos de roubar essa informação contida no subconsciente de determinada pessoa.

Para se obter uma certa informação guardada na memória, uma equipe composta com alguns membros exercendo funções bem definidas para executar tal delicada e arriscada ação, que consiste numa espécie de jogo onde todos os envolvidos tenham que adormecer e forçar a pessoa alvo a revelar a informação desejada, através do sonho onde todos passam a compartilhar e vivenciar. Nesse ambiente novo tudo é uma projeção da mente humana, que traz consigo também a influência que o corpo real sofre no ‘mundo real’: desequilíbrios, quedas, inundações que possa acometer o corpo adormecido.

Por outro lado, há aqueles prevenidos que treinam sua mente para proteger informações confidenciais de sua memória e para uma vez que essa seja invadida, suas projeções mentais possam intervir e evitar o provável roubo.

É em uma ação semelhante a essa que Cobb e seu parceiro Arthur (Joseph Gordon-Levitt) falha impedindo o ladrão de voltar para sua casa e para seus filhos, já que ele teme uma retaliação de seus empregadores após serem informados do serviço não realizado. Saito (Ken Watanabe), magnata alvo desse roubo, era um dos prevenidos contra uma invasão às suas memórias

E é justamente Saito quem propõe uma segunda via, um atalho para os problemas de Cobb. O magnata japonês o desafia a realizar uma tarefa impossível nessa área: implantar uma idéia na mente de Fischer Jr, herdeiro prestes a obter controle de um império empresarial. O pai do jovem e concorrente direto do magnata, senhor Fischer, encontra-se a beira da morte. Se realizar esse feito, Saito resolverá todas as pendências futuras de Cobb, enquanto o próprio japonês poderá aumentar sua influência no setor sem empecilho algum.

Aqui, o longa chega em seu dilema principal: para se roubar uma informação preservada no subconsciente humano, entra-se em apenas um nível da mente; mas para se inserir uma idéia, precisa-se chegar a três níveis do consciente para que a pessoa, uma vez sã, não rejeite essa idéia e passe a aceitá-la como uma concepção sua, original.

A partir daí, Cobb passa a reunir uma equipe à altura desse desafio a medida que sofre perseguição dos capangas de seus ex-empregadores. Juntam-se à cena, entre outros nomes o de Ellen Page, como Ariadne, a arquiteta responsável pela construção dos ambientes na projeção mental onde a ação será realizada e quem auxilia Cobb a enfrentar seus dilemas, pois a toda vez que o sub-consciente dele entra em ação, a mulher dele, Mal (Marion Cotillard), surge para prejudicar o trabalho. Algo não desejável quando se está prestes a concluir o trabalho na mente de Fischer Jr.

Na verdade, a presença de Mal no subconsciente de Cobb não era mais do que uma lembrança porque a mesma havia cometido o suicídio. Tal ato era a prova contundente de que inserir uma ideia na cabeça de alguém era realmente possível: Cobb convenceu sua esposa de que o mundo real, o mundo de fato em que eles viviam se tratava de um sonho utilizando essa técnica de inserção no pensamento.

Esse procedimento trágico que levou sua mulher a falecer teve que ser realizado por Cobb para que pudessem sair do limbo – local onde é praticamente impossível voltar da realidade, utilizando uma ideia simples: “ISSO NÃO É REAL”. Mal passa a desacreditar na realidade a partir daí e na tentativa de ‘acordar’ desse sonho, ela se suicida.

Christopher Nolan conta-nos uma história original, extremamente convincente e desenvolvida de uma forma espetacular e constante com o apoio dos efeitos especiais para colocar, literalmente, os seus (e por que não) nossos sonhos em um filme. Uma vez que imaginação não sofre as limitações para construir o seu próprio mundo.

Se toda trama por si só revela-se instigante e, muitas vezes, sufocante, a trilha sonora realça ainda mais essa sensação de angústia com batidas constantes que caem com uma luva sobre as cenas e nenhum momento soa cansativa ou aborrecida.

Agora dificilmente algum filme poderá retirar o título de melhor filme de 2010 de A Origem e das mãos de Christopher Nolan.





A Origem para salvar o cinema do verão americano

5 08 2010

Dia 06 de agosto de 2010. Sexta-feira. Amanhã. Dia da estreia de A Origem. Filme esse que virá (provavelmente) para salvar essas férias de julho, que não teve nenhuma grande atração cinematográfica. E na tentativa de salvá-la, a gente até estica em uma semana a duração das férias para que A Origem seja incluído nela.

Direção de Christopher Nolan, responsável pelos dois últimos filmes da franquia Batman (Begins e O Cavaleiro das Trevas) e que está atualmente desenvolvendo o próximo filme do homem-morcego. No elenco, o ator mais badalado do momento, Leonardo DiCaprio, que só vem fazendo bons filmes: Ilha do Medo, Os Inflitrados, Rede de Mentiras. E A Origem vem para fazer Leonardo aspirar novos ares e quebrar um pouco a rotina de filmagens sob a batuta de Martin Scorsese. Numa contagem rápida, já foram 4 filmes de parceria da dupla.

E o elenco do longa traz mais gente do meu agrado: Ellen Page (de Juno, uma das próximas atrações aqui no Universo E!), Ken Watanabe (Cartas de Iwo Jima, O Último Samurai), Marion Cotillard (Piaf – Um Hino ao Amor), Michael Caine (presente nos dois últimos de longa de Batman), Joseph Gordon-Levitt ( (500) Dias com Ela)…

Ou seja, muita coisa. Vamos aguardar amanhã para conferir essa grande estreia, escrever essa análise e podermos discutir sobre o longa aqui. Enquanto isso, fiquem com o trailer (ao qual recuso-me a assistir):





COBERTURA COMPLETA Globo de Ouro 2010

17 01 2010

Estão todos prontos? Tapete vermelho estendido? Holofotes em potência máxima?

Daqui há poucos segundos inicia-se um dos eventos americanos mais esperados do ano:  a 67ª edição do Globo de Ouro premiará as melhores produções e as melhores interpretações do cinema e da televisão dos EUA.

E todos os detalhes você confere em nossa cobertura especial do Globo de Ouro 2010.

ATENÇÃO: Os eventos mais recentes serão escritos de cima para baixo.

– MERECEDÍSSIMO!!!! Avatar sai como o grande vencedor da noite, faturando os prêmios de melhor direção e melhor diretor com James Cameron.

-  MELHOR FILME DE DRAMA: Avatar, Guerra ao Terror, Bastardos Inglórios, Precious, Amor sem Escalas. Categoria reservada para a apresentação de Julia Roberts. Favoritos: Avatar, Bastardos Inglórios e Guerra ao Terror. Precious, corre por fora, mais ainda tem chance. Na minha opinião, Amor sem Escalas sem chances.

– Restam-nos agora apenas uma categoria. A mais aguardada: melhor filme drama dramático.

– MELHOR ATOR DRAMÁTICO apresentado agora por Kate Winslet. O Globo de Ouro vai para Jeff Bridges (Crazy Hearth). Aplaudido longamente e por uma platéia toda em pé!

– MELHOR ATOR COMÉDIA/MUSICAL: Matt Damon, Robert Downey Jr, Joseph Gordon Levitt, Daniel Day Lewis e Michael Stuhlbarg. Aqui está uma das grandes supresas da noite. Jamais imaginei que Robert Downey Jr levaria esse prêmio por Sherlock Holmes.

– Mickey Rourke, já visto em O Lutador e em beve, em Homem de Ferro 2 apresenta MELHOR ATRIZ DRAMÁTICA para Sandra Bullock em The Blind Side.

– Agora é a vez do governador da Califórnia, Arnold você-sabe-quem (esse mesmo, o Exterminador do Futuro) fazer a prévia, o teaser, de Avatar.

– A apresentadora da vez é Wheese Whiterspoon. Categoria: MELHOR FILME COMÉDIA/MUSICAL:

  • (500) Dias com Ela
  • Se Beber não Case
  • Simplesmente Complicado
  • Julie e Julia
  • Nine – O Musical

O grande vencedor: Se Beber Não Case. Parabéns. Um filme que passou no cinema sem fazer muito barulho e agora recebe seu Globo de Ouro.

– Kiefer Sutherland de 24 Horas aparesenta a categoria de MELHOR SÉRIE (COMÉDIA/MUSICAL): As grandes favoritas do público se confrontam aqui. A vencedora é Glee. Que agradou incrivelmente o público americano. E logo em sua primeira temporada desbanca os queridinhos da categoria como The Office e 30 Rock.

– Mel Gibson presente no palco do Globo de Ouro. MELHOR DIREÇÃO – Grandes nomes concorrem. Mas o único a levar o Globo para casa é James Cameron por Avatar.

– Guerra ao Terror e o seu teaser são exibidos na cerimônia.

– “FILMES SÃO MARCAS DE UMA ÉPOCA. PRECISAMOS MANTE-LOS VIVOS”, Martin Scorsese.

– Agora é a vez de Leonardo DiCaprio e a cerimônia homenagear Martin Scorsese. Um ícone na produção de filmes da atualidade. Recortes de seus longas são exibidos no momento.

– MELHOR ATOR COADJUVANTE: categoria apresentada por Hale Berry. E o favoritismo para Bastardos Inglórios confirmado. Christopher Waltz garante o seu prêmio e os pontos para quem apostou nele em bolões.

– MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE OU PRODUÇÃO PARA TV (MINI-SÉRIE/FILME): Chloe Sevigny garante o seu Globo de Ouro para a produção Big Love da HBO.

– As crepusculetes vão a loucura. Taylor Lautner sobe no palco do teatro de Beverly Hills. (500) Dias com Ela ganha a sua prévia.

– O ator principal de Chuck sobe ao palco para apresentar a MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA: Big Love, Dexter, House, Mad Men ou True Blood? O Globo de Ouro está reservado para Mad Men. O favorito da maioria da platéia.

– MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • Baaria, Giuseppe Tomatore ( )
  • A Fita Branca, Michael Haneke ( )
  • The Maid, Sebastián Silva ( )
  • Abraços Partidos, Pedro Almodóvar ( )
  • A Prophet, Jacques Audiard ( )

E o Globo de Ouro vai para o longa alemão A Fita Branca.

– Bastardos Inglórios. O filme de Quentin Tarantino ganha também sua pequena propaganda na categoria MELHOR FILME DRAMA.

– Agora a vez de premiar MELHOR ATOR EM SÉRIE CÔMICA/MUSICAL: sem novidades. Alec Baldwin, por 30 Rock.

– Chegou a hora de conferirmos que filme leva o Globo de Ouro de MELHOR ROTEIRO: Gerard Bulter e Jeniifer Aniston anunciam o prêmio para Amor sem Escalas.

– Vamos para uma prévia da categoria principal MELHOR FILME COMÉDIA/MUSICAL: Simplesmente Complicado.

– Ele continua para apresentar agora o prêmio de MELHOR ATRIZ PARA PRODUÇÃO DE TV. A vez de Grey Gardens levar o segundo Globo de Ouro para casa com a atuação de Drew Barrymore.

– Sam Worthigton de Avatar, apresenta a categoria de MELHOR ATOR PARA PRODUÇÃO DE TV. Kevin Bacon sai como o grande vencedor por Taking Chance.

– Prévia de mais um indicado a MELHOR FILME DRAMÁTICO – Precious, que já ganhou um Globo de Ouro na categoria de melhor atriz coadjuvante.

– PAUSA PRA UM COMERCIAL: Universo E!Nigma. Quer concorrer a uma edição do best-seller de Dan Brown, ‘O Código da Vinci’? Não deixe de participar desse primeiro concurso cultural Universo E!Nigma.

Logo após a cobertura completa da 67ª edição de Globo de Ouro, você saberá como concorrer a esse super prêmio.

– Ela pode. Com discurso longo, e tendo a devida atenção de todos, Meryl Streep não é em nenhum momento interrompida.

– Sai uma estrela e entra outra. Tom Hanks dá lugar a Colin Farrel. MELHOR ATRIZ COMÉDIA/MUSICAL: Marion Cotillard (Nine – O Musical), Sandra Bullock (A Proposta), , Meryl Streep (Julie e Julia), Julia Roberts (Duplicidade) e Meryl Streep (Simplesmente Complicado) de novo. Concorrendo duas vezes, não deu jeito. Meryl Streep por Julie e Julia.

– Tom Hanks agora no palco do Globo de Ouro. Sua missão, apresentar mais um indicado a melhor filme comédia/musical: Julie e Julia.

– MELHOR PRODUÇÃO PARA TV (MINI-SÉRIE/FILME): Categoria pouco conhecida em terras brasileiras. Georgia O’Keeffe, Grey Gardens, Little Dorrit, Taking Chance e Into the Storm são os indicados. O vencedor é Grey Gardens.

– Primeira vez que vejo Michael Giacchino assim, ao vivo e a cores. O brilhante talento por trás da trilha sonora de Lost aparenta ser incrivelmente novo. Sempre o imaginei como um homem de mais idade.

– Up, O Desinformante, Avatar, A Single Man e Onde Vivem os Monstros concorrem na categoria MELHOR TRILHA SONORA. O ganhador é Michael Giacchino pela trilha sonora de Up- Altas Aventuras. Dois Globos de Ouro para essa animação da Dinsey/Pixar.

– Grandes estrelas do mundo da música. Cher e Christina Aguilera apresenta a categoria de MELHOR CANÇÃO ORIGINAL. Nine, Avatar, Crazy Heart, Brothers e Everybody’s Fine concorrem. Globo de Ouro para Crazy Heart com The Weary Kind.

– Uma pequena apreciação de Amor sem Escalas. Concorrendo em MELHOR FILME DRAMÁTICO.

– Trailer de Extraordinaries Treasures. Com a bela Keri Russel da antiga série Felicity, que estreia essa semana nos EUA.

– Mais um comercial. E que felicidade. Finalmente o grande trabalho realizado por Michael C. Hall reconhecido. Tantas vezes indicado, e mais vezes ainda saindo dos eventos de mão abanando. Injustamente! Que alívio. Um momento extremamente gratificante.

– Agora é a vez das mulheres. Prêmio de melhor atriz em série dramática. O Globo de Ouro dessa categoria vai para Julianna Margulies por The Good Wife.

– E A NOITE ESTÁ GANHA!!!!!! Depois de quatro temporadas, Michael C. Hall finalmente ganha este merecidíssimo prêmio e reconhecimento por sua brilhante interpretação.

– MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA: Onde o nosso querido Michael C. Hall concorre. Junto com Hugh Laurie de House.

– MELHOR FILME (COMÉDIA/MUSICAL): um pequeno trailer de Nine – O Musical. Como categoria principal, pequenos trailers dos indicados serão exibidos ao longo do show.

– E no comercial televisivo, o trailer de O Lobisomem, com lançamento nos EUA em 12 de fevereiro.

– Se o discurso é muito longo começa a soar uma musiquinha de fundo, lembrando ao ‘palestrante’ que seu tempo está se esgotando!

– MELHOR ANIMAÇÃO: Alguma dúvida sobre Up? Princesa e o Sapo, Coraline e O Fantástico Senhor Raposo também concorre! Up- Altas Aventuras saem como grande vencedor!!!

– Um agradecimento muito especial a “um grande ator, um grande homem”, nas palavras do vencedor, se referindo a Michael C. Hall, com um lenço preto na cabeça. Michael, como já disse antes, está na luta contra um câncer absolutamente curável.

– Sheldon de The Big Bang Theory apresenta agora a categoria de melhor ator coadjuvante em série ou produção de TV. Nessa categoria pesos pesados: Michael Emerson (Lost) e o favorito John Lithgow, Dexter. Premiado: um Globo de Ouro para a série Dexter. John vai o palco sob a música tema instrumental de Dexter.

– MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE TV (COMÉDIA/MUSICAL): Toni Collete, de United States of Tara.

– MELHOR ATRIZ: O Globo de Ouro dessa categoria vai para Mo-Nique de Precious, ainda inédito nos cinemas brasileiros.

– Uma pequena pausa agora. A festa vai começar, mas antes vamos preparar o lanche para acompanhar esta noite de muitos Globos de Ouro.

– Menos de dez minutos para o início da premiação. Os repórteres começam a se despedir, pois a festa começará lá dentro

– James Cameron chegando agora a premiação. O criador do fenômeno Avatar concorre a melhor direção. Uma pequena explicação sobre duas novas câmeras que sua equipe criou especialmente para essa produção.

– Sigourney Weaver. Brilhante pesquisadora em Avatar agora no tapete vermelho. Excelente atriz.

Amor sem Escalas, concorre entre outras categorias, na de melhor atriz coadjuvante com Anna Kendrick. Que já passou agora pouco pelo tapete vermelho.

– Vinte minutos agora para o início da premiação da 67ª edição do Globou de Ouro.

– Gabourei Sadibe por Precious, concorre como melhor atriz dramática. E enfrenta agora as repórteres da NBC. E uma delas revela que Gabe, assim mesmo, na intimidade, revela sua torcida: “Vai lá Gabi. Ganhe esse Globo de Ouro! Você merece!”.

– Não dá para notar pela transmissão, mas parece que chove por lá. Afinal que chega para dar entrevista, a seguinte afirmação se repete: “Você sobreviveu a chuva!”. Comentários sobre guarda-chuva também se repetem.

– Retrospectiva dos ganhadores em seu agradecimentos regados as muitas lágrimas. 

– Leona Lewis falando agora sobre a sua interpretação da linda ‘I See You’, música tema de Avatar. Concorrendo como melhor canção. No meio da conversa, James Horner, o compositor do filme de James Cameron.

– Agora, as três apresentadoras começam a jogar papo para o ar. O assunto em questão são os indicados a melhor ator nas categorias de cinema: Robet Downey Jr, Joseph Gordon Levitt, Morgan Freeman, Matt Damon…

– Tina Fey. Grande estrela de 30 Rock chegando para a premiação do Globo de Ouro 2010.

– Big Love estrelando novamente o tapete vermeho. Chlöe Sevigny concorrendo como melhor atriz coadjuvante em produção de TV é o alvo das entrevistadoras agora. Seu exótico vestido chama a atenção!

– Bill Paxton. Ator principal de Big Love da HBO é o entrevistado de agora no tapete vermelho.

– O grande destaque desse Globo de Ouro, a série musical Glee, também se faz presente no tapete vermelho com dois integrantes de seu elenco.

– Joseph Gordon Levitt, concorrendo por melhor ator em filme comédia/musical também chegou. Uma indicação em uma categoria principal para (500) Dias com Ela.

– E as estrelas já começam a chegar. Gleen Close, agora, cocnorrendo como melhor atriz por Damages em série dramática para o canal NBC. Do mais, só encheção de linguiça com comentários sobre vestidos e por aí vai.





Globo de Ouro 2010

16 01 2010

Está chegando a hora. A primeira grande premiação do cinema e da TV norte-americanos de 2010 ocorre na noite desse domingo, dia 17.

E com cobertura completa do Universo E! – quem sobe no palco, quem venceu, quem chorou, quem perdeu… No palco, centenas de estrelas. E na frente de nossa telinha, você, caro leitor, acompanhando minuto-a-minuto, a grande festa da 67ª edição do Globo de Ouro.

Amanhã, a partir das 21h30min, aqui no Universo E!

E para esquentar os holofotes, aqui vai a lista completa dos indicados ao Globo de Ouro 2010:

MELHOR FILME DE DRAMA

  • Avatar
  • Guerra ao Terror
  • Bastardos Inglórios
  • Precious
  • Amor sem Escalas

MELHOR FILME DE COMÉDIA OU MUSICAL

  • (500) Dias com Ela
  • Se Beber não Case
  • Simplesmente Complicado
  • Julie e Julia
  • Nine – O Musical

MELHOR DIRETOR

  • Jason Rietman (Amor sem Escalas)
  • James Cameron (Avatar)
  • Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios)
  • Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror)
  • Clint Eastwood (Invictus)

MELHOR ATRIZ DRAMÁTICA

  • Sandra Bullock (The Blind Side)
  • Gabire Sadibe (Precious)
  • Carey Mulligan (Educação)
  • Hellen Mirren (The Last Station)
  • Emily Blunt (The Young Victoria)

MELHOR ATOR DRAMÁTICO

  • Tobey Maguire (Entre Irmãos)
  • Colin Firth (A Single Man)
  • Jeff Bridges (Crazy Hearth)
  • George Clooney (Amor sem Escalas)
  • Morgan Freeman (Invictus)

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA OU MUSICAL

  • Marion Cotillard (Nine – O Musical)
  • Sandra Bullock (A Proposta)
  • Meryl Streep (Julie e Julia)
  • Julia Roberts (Duplicidade)
  • Meryl Streep (Simplesmente Complicado)

MELHOR ATOR EM COMÉDIA OU MUSICAL

  • Joseph Gordon Levitt ( (500) Dias com Ela)
  • Michael Stuhlbarg (A Serious Man)
  • Daniel Day Lewis (Nine – O Musical)
  • Robert Downey Jr (Sherlock Holmes)
  • Matt Damon (O Desinformante)

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Christopher Waltz (Bastardos Inglórios)
  • Matt damon (Invictus)
  • Woody Harrelson (The Messenger)
  • Stanley Tucci (Um Olhar do Paraíso)
  • Christopher Plummer (The Last Station)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Penelope Cruz (Nine – O Musical)
  • Julianne Moore (A Single Man)
  • Anna Kendrick (Amor sem Escalas)
  • Mo-Nique (Precious)
  • Vera Farmiga (Amor sem Escalas)

MELHOR ROTEIRO

  • Simplesmente Complicado, por Nancy Meyers
  • Distrito 9, por Neil Blomkamp e Terri Tatchell
  • Guerra ao Terror, por Mark Boal
  • Bastardos Inglórios, por Quentin Tarantino
  • Amor sem Escalas, por Jason Reitman e Sheldon Turner

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • Baaria, Giuseppe Tomatore ( )
  • A Fita Branca, Michael Haneke ( )
  • The Maid, Sebastián Silva ( )
  • Abraços Partidos, Pedro Almodóvar ( )
  • A Prophet, Jacques Audiard ( )

MELHOR ANIMAÇÃO

  • Up – Altas Aventuras
  • Coraline
  • O Fantástico Sr Raposo
  • A Princesa e o Sapo
  • Está Chovendo Hambúrguer

MELHOR CANÇÃO

  • I See You (Avatar)
  • The Weary Kind (The Crazy Heart)
  • Winter (Brothers)
  • I Want to Come Home (Everybody’s Fine)
  • Cinema Italiano (Nine – O Musical)

MELHOR TRILHA SONORA

  • Onde Vivem os Monstros, por Karen O. e Carter Burnwell
  • Up – Altas Aventuras, por Michael Giacchino
  • Avatar, por James Horner
  • A Single Man, por Abel Krozeniowski
  • O Dseinformante, por Marvin Hamlisch

MELHOR SÉRIE DE TV (DRAMA):

  • Big Love – Amor Imenso
  • Dexter
  • House
  • Mad Men
  • True Blood

MELHOR SÉRIE DE TV (COMÉDIA OU MUSICAL):

  • Entourage
  • Glee
  • The Office
  • Modern Family
  • 30 Rock

MELHOR PRODUÇÃO (MINISSÉRIE OU FILME) PARA TV:

  • Georgia O’Keeffe
  • Grey Gardens
  • Little Dorrit
  • Taking Chance
  • Into the Storm

MELHOR ATOR EM PRODUÇÃO PARA TV:

  • Kevin Bacon, por Taking Chance
  • Kenneth Branagh, por Wallander
  • Brendan Gleeson, por Into the Storm
  • Jeremy Irons, por Georgia O’Keeffe
  • Chiwetel Ejiofor, por Endgame

MELHOR ATRIZ EM PRODUÇÃO PARA TV:

  • Joan Allen, por Georgia O’Keeffe
  • Drew Barrymore, por Grey Gardens
  • Jessica Lange, por Grey Gardens
  • Anna Paquin, por The Courageous Heart of Irena Sendler
  • Sigourney Weaver, por Prayers for Bobby

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE TV (COMÉDIA OU MUSICAL):

  • Alec Baldwin, 30 Rock
  • Steve Carell, The Office
  • David Duchovny, Californication
  • Thomas Jane, Hung
  • Matthew Morrinson, Glee

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE TV (DRAMA):

  • Simon Baker, The Mentalist
  • Michael C. Hall, Dexter
  • Jon Hamm, Mad Men
  • Hugh Laurie, House
  • Bill Paxton, Big Love

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE TV (COMÉDIA OU MUSICAL):

  • Toni Collete, United States of Tara
  • Courteney Cox, Cougar Town
  • Edie Falco, Nurse Jackie
  • Tina Fey, 30 Rock
  • Lea Michele, Glee

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE TV (DRAMA):

  • Gleen Close, Damages
  • January Jones, Mad Men
  • Julianna Margulies, The Good Wife
  • Anna Paquin, True Blood
  • Kyra Sedgwick, The Closer

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE OU PRODUÇÃO PARA TV:

  • Michael Emerson, Lost
  • Neil Patrick Harris, How I Met Your Mother
  • William Hurt, Damages
  • John Lithgow, Dexter
  • Jeremy Piven, Entourage

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE PARA SÉRIE OU PRODUÇÃO PARA TV:

  • Rose Byrne, Damages
  • Jane Adams, Hung
  • Jane Lynch, Glee
  • Janet McTeer, Into the Storm
  • Chlöe Sevigny, Big Love







PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: