18º Festival Internacional de Documentários “É Tudo Verdade” | Campinas – 3º dia

26 04 2013

O terceiro dia do festival É Tudo Verdade no espaço CPFL Cultura em Campinas foi muito proveitoso. Teve o encerramento da ‘trilogia’ de documentários sobre a crise financeira de 2008. Depois de falar sobre a participação do banco federal americano e de como o estouro da bolha imobiliária mudou (para pior) a rotina de uma família milionária nos EUA, a visão de Comissário voltou-se para um dos primeiros países a sofrer terrivelmente com a crise: a Grécia.

Para entender tais dificuldades, o documentário acompanhou a dura rotina de trabalho de Olli Rehn, comissário para Assuntos Econômicos e Monetários da União Europeia, que teve que lidar com a quebra do país grego e tomar decisões severas para manter a zona de euro intacta.

O espaço CPFL Cultura abriga o festival É Tudo Verdade em Campinas!

O espaço CPFL Cultura abriga o festival É Tudo Verdade em Campinas!

Em seguida, embarcamos numa viagem a terras paulistanas numa verdadeira ode à cidade de São Paulo: Sinfonia Paulistana, Um Novo Olhar, que reconta a história dessa brilhante composição através do depoimento de seu autor, cantor e compositor, mas também arquiteto e escritor, Billy Blanco, cuja participação no documentário se deu três meses antes de seu falecimento.

Após a sessão, houve um interessante bate-papo com o diretor e produtor executivo Rogério Zagallo, que contou mais história de bastidores da produção e também mais detalhes sobre a excelente montagem e edição de imagens e recortes da cidade de São Paulo que acompanharam a sinfonia paulistana em sua totalidade, que é muito mais do que a vinheta “Vambora, vambora. Tá na hora, vambora, vambora!” do noticiário matinal da rádio Jovem Pan.

Anúncios




Pânico na TV! de mudança

16 02 2012

Uma chamada na capa do portal UOL me pegou de surpresa na noite dessa quinta-feira, dia 16 de fevereiro: “Band leva Pânico na TV!“. Isso mesmo! A Rede Bandeirantes tirou o Pânico na TV! da Rede TV!.

Desde que o programa humorístico se fixou como a maior audiência do canal há alguns anos, sempre ocorreram boatos afirmando a insatisfação do elenco com salários, com o cenário, com o baixo investimento, etc, etc… Mas no final a renovação era acertada e tudo continuava normal com o programa fenômeno de audiência nas noites de domingo.

Mas dessa vez foi diferente. A surpresa foi ainda maior pois ninguém havia noticiado ou dado o furo de reportagem a respeito da sondagem da Band, a casa do CQC, pelo Pânico, programa derivado do humorístico da rádio Jovem Pan.

Com essa mudança, provavelmente, concretizada de fato, vem uma expectativa em torno da mudança: segundo a colunista Keila Jimenez da Folha, aguarda-se agora uma definição sobre o elenco, já que a Rede TV! mantem contratos diferentes para cada integrante do elenco e isso pode gerar uma divisão do grupo, com alguns indo para nova casa, junto com a marca Pânico e outros, permanecendo na extinta Manchete, em outro programa nos mesmos moldes e no mesmo horário.

Vamos aguardar os desenrolar dos fatos agora. Se a Band falhar em levar a equipe integral do Pânico na TV para a sua grade de programação, o racha dos integrantes pode diminuir o interesse do público nesse provável novo Pânico e decretar o fim do grupo, pelo menos em sua carreira televisiva.

UPDATE 17/02/2012: Não há mais temor a vista. A própria declaração de Emílio Surita, líder do Pânico na TV, à coluna F5 do grupo Folha, põe um ponto final na mudança de emissora do humorístico: “100% do elenco do Pânico fechou com a Band!”.

Essa mudança, só para encerrar de vez a questão, é resultado da má administração (leia-se atraso de salários) por parte dos executivos da Rede TV!, ao perder assim, facilmente, o seu programa de maior faturamento ao longo de 8 anos.

UPDATE 12/03/2012: Com participação especial no primeiro programa do CQC em 2012, toda a trupe do Pânico na TV anunciou a estreia da atração no domingo, 1º de abril, pela nova emissora.





As fases da rádio FM

7 01 2012

Primeiro: acho o formato atual da rádio FM muito ultrapassado. A receita de uma programação que passa por: sortear um bolo para quem apostar na música vencedora de uma disputa com outras três canções + as mais votadas (ou as que pagam mais) + blocos de músicas sem intervalos ou sugeridas pelos ouvintes, já venceu faz tempo.

Uma das coisas que ainda se salvam nos tempos atuais são os programas humorísticos, mas um ou outro dos que se encontram no ar atualmente merece sua audiência no MP3, carro ou celular. A grande maioria desses programas de humor também estão na fase terminal junto com a FM que os veiculam. Para mim, vale muito mais minha playlist.mp3.

O que também salva o FM da extinção são as estações noticiosas dedicadas 24 horas por dia em  levar informações aos ouvintes, tirando assim a exclusividade que até há pouco tempo existia das emissoras AM.

Apesar disso, as rádios FM tem de quando em quando, uns períodos que sua programação encontra-se recheada de artistas e hits de sucesso (e o mais importante) que me agradam. Esses dias por exemplo, estou preferindo uma Jovem Pan da vida ou uma rádio local de pop/rock do grupo Bandeirantes ao invés do meu playlist de músicas antigas e trilhas sonoras de séries e filmes.

Não sei porque mas isso sempre ocorre. Há épocas em que desconheço completamente o Top 10 de alguma estação, e em outras, fico ansioso por ligar em uma rádio e curtir a sequência de hits naqueles blocos sem intervalos com: Adele, Rihanna, LMFAO, David Guetta (uma fábrica de boas músicas), Bruno Mars, Paramore, Katy Perry, Charlie Brown Jr, Shakira… A fase tá tão boa que tô até curtindo tema de fim de ano da Jovem Pan!!!

“a música bate aqui na Pan”

Bem, isso até o momento de morosidade das rádios FM voltar e eu passar a desconsiderar a existência delas!

P.S.: Bolei uma teoria aqui rapidinho. Esses artistas aí compilados foram o que ouvi na hora anterior à que escrevi esse post. Vocês notaram a ausência de Restart e cia? Será coincidência ou não a relação deles com as fases do rádio?

UPDATE 31/01: Alguém poderia me dizer por que RAIOS as rádios teimam em cortar as músicas ao tocá-las. Até hoje nunca ouvi a ‘someone like you’ da Adele integral na rádio. Que raiva! Tudo isso só para manter o patético padrão de 3 a 3 minutos e meio de música??? Aff…








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: