Oscar 2014: 12 Anos de Escravidão e Gravidade dividem a noite

3 03 2014

O que mais se esperava aconteceu. De um lado, a ficção científica garantiu todas as categorias técnicas e levou mais algumas de brinde. Nas categorias principais, o principal drama da temporada teve que dividir as estatuetas com os demais favoritos.

Das dez indicações, Gravidade levou sete Oscar’s para casa: as técnicas – melhor mixagem de som, melhor edição de som, melhor efeitos visuais, melhor montagem, melhor fotografia. Mas Alfonso Cuáron ainda conseguiu garantir a melhor direção e Steven Pryce levou o seu Oscar pela trilha sonora.

12 Anos de Escravidão com sua história emocionante poderia (como é de praxe) levar todos os demais prêmios principais, mas teve que se contentar com três: o principal deles, o de melhor filme, além de melhor roteiro adaptado e melhor atriz coadjuvante para Lupita Nyong’o.

Quem diminuiu a festa da turma liderada por Steve McQueen foi a dupla imbatível de Clube de Compras Dallas, Matthew McCounaghey e Jared Leto e os seus merecidíssimos Oscar’s de melhor ator e melhor ator coadjuvante, respectivamente. O vocalista da banda 30 Seconds to Mars, por sua vez, fez o melhor e mais emocionante discurso da noite. A estatueta de melhor maquiagem os fizeram empatar em número de prêmios com o filme sobre a escravidão indevida de um violinista livre. Ambos empataram na segunda colocação com três conquistas cada.

No mais, os favoritos se confirmaram:

  • Cate Blanchett garantiu o prêmio de melhor atriz para Blue Jasmine;
  • Ela, de Spike Jonze, venceu na categoria de melhor roteiro original;
  • A Grande Beleza deu a Itália o prêmio de melhor filme estrangeiro;
  • Frozen – Uma Aventura Congelante deu mais dois Oscar’s a Disney/Pixar por melhor animação e melhor canção original com ‘Let it Go’, desbancando U2 com ‘Ordinary Love’ e Pharrell Williams com ‘Happy’.

Quem surpreendeu mesmo foi O Grande Gatsby, que na surdina ganhou duas vezes com todos os méritos: melhor direção de arte e melhor figurino.

Com uma transmissão mais dinâmica e divertida, a 86ª edição de entrega do Oscar contou muito com o carisma da apresentadora Ellen DeGeneres, que jamais se intimidou com a responsabilidade de comandar um espetáculo para mais de um bilhão de pessoas ao redor do mundo. Não é de se estranhar que muitas intervenções dela na transmissão ocorria a partir da plateia e foi em um desses momentos que rendeu o ‘selfie’ coletivo abaixo:

Olha o passarinho!

Olha o passarinho!

Publicada no Twitter, a foto já rendeu (até esse momento): 2.029.984 retweetadas e 864.125 curtidas! Números épicos!

Ao contrário de edições passadas, a votação do Oscar 2014 não cometeu injustiças e valorizou os filmes que mereciam os prêmios conquistados. Não há forma melhor de encerrar uma temporada de grandes produções!

TOTAL DE PREMIAÇÕES POR FILME:

  • Gravidade: 7 prêmios
  • 12 Anos de Escravidão: 3 prêmios
  • Clube de Compras Dallas: 3 prêmios
  • Frozen – Uma Aventura Congelante: 2 prêmios
  • O Grande Gatsby: 2 prêmios
  • Blue Jasmine: 1 prêmio
  • Ela: 1 prêmio
  • A Grande Beleza: 1 prêmio
  • Mr. Hublot: 1 prêmio
  • Helium: 1 prêmio
  • The Lady in Number 6 – Music Saved my Life: 1 prêmio
  • A Um Passo do Estrelato: 1 prêmio
Anúncios




Círculo de Fogo encerrando a atual temporada de blockbusters

13 07 2013

Guillermo del Toro (de O Labirinto do Fauno e Hellboy) é o diretor responsável por finalizar a temporada 2013 de blockbusters no cinema, que compreende os meses de maio, junho e julho, período que marca a proximidade das férias de verão para os nossos amigos no hemisfério norte, do Canadá e EUA até a Europa.

Diversas animações foram reservadas para essa época:  já vieram as continuações Universidade Monstros pela Disney/Pixar, e Meu Malvado Favorito 2 pela Universal (que também desbancou O Cavaleiro Solitário com Johnny Depp da liderança das bilheterias americanas na sua estreia). Há ainda a estreia programada de Turbo da DreamWorks Animation para esse período. Na categoria de filmes de heróis, Homem de Ferro 3, O Homem de Aço e Wolverine – Imortal também desembarcam(ram) nesse período. Já a produção de del Toro compete juntamente com os pós-apocalípticos Depois da Terra (com Will Smith e sua prole) e Guerra Mundial Z (com Brad Pitt).

Apesar de estrear por aqui no início de agosto (dia 09 para ser mais específico), Círculo de Fogo faz parte do grupo formado pelos blockbusters já citados. E ao contrário destes, não há nenhuma grande estrela no elenco, que conta com muitos rostos oriundos de séries televisivas para mostrar a batalha entre monstros alienígenas e robôs gigantes.

E muito antes da estreia já há comentários rondando a web e as redes sociais sobre as semelhanças desse filme com o animê/mangá Evangelion, sem mencionar o fato de que robôs gigantes já foram utilizados na narrativa de Gigantes de Aço ano passado.

Enquanto Círculo de Fogo não estreia por aqui, confira o trailer logo abaixo e mate ansiedade conferindo os outros blockbusters em cartaz nos cinemas brasileiros. Opção é o que não falta!

 





Por US$ 4 Bi, Disney adquire a Lucasfilm

30 10 2012

Se o mercado cinematográfico estava há muito tempo parado, a Disney acabou de estremece-lo com o anúncio da compra da Lucasfilm, empresa fundada pelo criador da franquia de Star Wars, George Lucas.

O valor de pouco mais de US$ 4 bilhões se equipara ao valor da compra da Marvel pela empresa do Mickey em 2009, sem contar a aquisição dos estúdios de animação da Pixar em 2006.

Pode-se dizer que essa operação comercial trouxe consigo vários brindes rentáveis: a Disney terá a sua disposição, por exemplo, todas as tecnologias desenvolvidas pela Lucasfilm nos campos de som e imagem como o som THX, a Skywalker Sound, a Industrial Light & Magic, entre outras.

Da mesma forma a Disney incorporará ao seu imenso portfólio a imensurável franquia de Star Wars, que já ganhará de cara o seu sétimo filme, Star Wars: Episódio 7 previsto para já estrear em 2015. Com toda a força e experiência midiática da companhia criada por Walt Disney, Star Wars aumentará ainda mais o seu share no entretenimento mundial, já que seu conteúdo será adaptado aos parques temáticos da Disney nos EUA, França e Japão. Como o próprio George Lucas pode explicar: “Sempre acreditei que Star Wars poderia viver sem mim, e eu acho importante fazer essa transição enquanto estou vivo. Estou confiante que sob liderança de Kathleen Kennedy [atualmente vice, mas assumirá a presidência logo que a aquisição for efetivamente concluída], a Lucasfilm terá uma nova casa na Disney. Star Wars certamente viverá e prosperará por muito mais gerações. A experiência e alcance da Disney dará a Lucasfilm a oportunidade de vislumbrar novos caminhos na televisão, mídia interativa, parques temáticos, entretenimento ao vivo e produtos para o consumidor.”

Com informações do portal UOL e do site Cinema em Cena




Suspeito para falar de Super 8

23 08 2011

Sou uma pessoa muito suspeita para comentar e falar sobre Super 8. Longa que reúne em seus bastidores pessoas cujo trabalho admiro e muito: Steven Spielberg, J. J. Abrams, Michael Giacchino e Kyle Chandler.

Mesmo que o filme fosse uma grande porcaria – o que felizmente não é o caso – eu estaria ali, sentando na poltrona da sala de cinema com o sorriso de uma orelha a outra só por conferir a junção da criatividade desses caras.

Mesmo que Spielberg de em vez em quando erre a mão em suas produções, ele ainda tem muitos créditos pelo que já vez no cinema.

Jeffrey Jacob Abrams não tem nem o que comentar. Só boas produções nas costas como Lost, Cloverfield e, o ponto alto de sua carreira na minha opinião, Fringe. Ignorando claro alguns deslizes como Undercovers – que como não assisti (de propósito), evitei qualquer desapontamento. E Abrams ainda prepara mais uma produção televisiva: Alcatraz.

Michael Giacchino, a mente brilhante por trás das grandes trilhas sonoras das animações Disney/Pixar e, claro, a marcante trilha de Lost.

Por fim, Kyle Chandler, que conquistou minha admiração com um único e sólido trabalho: seu personagem Eric Taylor, o técnico de futebol americano dos garotos de Friday Night Lights. Seriado que já foi encerrado, mas ainda terei o prazer de conferir as suas três últimas temporadas.

Mas está na hora de voltarmos a falar de Super 8. E mais uma vez repito que não teria a menor chance de me decepcionar se algo desse errado com o longa.

Essa diminuta possibilidade não ocorre, prevalecendo o óbvio. Tanta gente talentosa envolvida nesse projeto resulta num grande exemplar de puro e inteligente entretenimento de tirar o fôlego dos grandes entusiastas da ficção científica. Confesso que nessa parte soe mais alto a minha voz de fã!

Claro que Super 8 não é nenhuma grande obra-prima do ano da Sétima Arte, mas passa muito longe das piores porcarias que só Hollywood, as vezes, cosnegue produzir. Spielberg e Abrams, juntos, dão uma aula de como fazer um blockbuster sem insultar a inteligência de seus espectadores. E realizam aqui uma história que resgata com classe a magia dos antigos filmes de/sobre ET’s dos idos da década de 80 e 90 que tanto fascinavam a minha infância. m cada detalhe do filme temos a genialidade dos dois: seja na criatividade e invencionices de Abrams, quanto o pano de fundo humano familiar marcante de Spielberg.

Sobretudo, Super 8 deveria ser obrigatório para muitos diretores e produtores que ousarão nos próximos anos a investir nesse filão de cinema, o blockbuster: contar uma história relevante, acessível a todos os públicos e que utilize o humor organicamente em toda a produção sem forçação de barra que predominou nos últimos lançamentos voltados para a grande audiência. Pois assim, aprenderão com os mestres, e quem sabe, se tornem fãs deles assim como eu.





RETROSPECTIVA 2010 – parte 1

4 01 2011
Fugindo do tradicional que é lançar essa tal retrospectiva ainda no ano que se pretende rever, aqui vamos nós…

Chegou o momento do Universo E! relembrar os fatos que marcaram o universo do entretenimento durante os 365 dias de 2010. As estréias que fizeram história nesse ano, as personalidades que alcançaram ou mantiveram o estrelato esse ano. As premiações, os falecimentos, as músicas, tudo o que moldou o ano de 2010.

Ao longo de toda narração, você será convidado a (re)visitar os posts que deram origem à passagem do texto.

 

SEJAM TODOS BEM-VINDOS A RETROSPECTIVA 2010 DO UNIVERSO E!

JANEIRO

O primeiro mês do ano começou com o fenômeno mundial de bilheteria do finalzinho de 2009. O longa de James Cameron, Avatar, nos apresentou ao mundo de Pandora e seus habitantes Na’vi.

Em 2010, depois de conferir a pré-estréia legendada, o filme dublado e em 3D, fui assistir pela QUINTA vez Avatar. Só que um pouco longe de casa e numa versão, digamos, gigante! Fui até São Paulo conferir a versão IMAX do longa no Espaço Unibanco de Cinemas no Shopping Bourbon no bairro da Pompéia.

O sucesso era tão estrondoso que no primeiro dia que fui, toda as sessões estavam esgotadas e me forçaram a adquirir um ingresso para um outro dia, ou seja, tive que retornar a São Paulo. O que não é difícil, pois Sampa é uma cidade magnífica.

Para não perder a viagem, no primeiro dia conferi o longa mediano Sempre ao Seu Lado, rodeado por um número considerável de japoneses.

MAIS AVATAR – Apenas três semanas em cartaz foram suficientes para Avatar alcançar a marca de 1 bilhão de dólares em bilheterias e entrar no seleto grupo de filmes de Hollywood que ultrapassaram essa barreira.

LANÇAMENTOS – Foi em janeiro que pudemos conferir, no cinema, os longas Sherlock Holmes e Onde Vivem os Monstros (e esse último exigiu uma certa paciência do espectador com o lançamento restrito a poucas cópias). Já em DVD, dia 27, chegou o documentário-show de Michael Jackson’s This is It!

SUSTO – Ao descobrir que Michael C. Hall, da série Dexter, enfrentava um câncer. Mas como Michael é forte como seu personagem, a doença não o impediu de presenciar e ganhar o seu merecido Globo de Ouro de melhor personagem de série dramática, na cerimônia realizada no dia 17 desse mês.

NASCIMENTO – Minha família ganha um novo membro com a chegada do meu sobrinho Gustavo!!!

FEVEREIRO

Fevereiro de 2010 foi um mês marcante para a televisão americana e para muitos aficionados em séries. No dia 02 desse mês teve início a saga da 6ª temporada de Lost, o último ano da produção de J. J. Abrams que arrastou uma legião de fãs pela internet afora, que compartilharam suas teorias e conspirações a respeito da ilha misteriosa. No mesmo dia 02 foram anunciados os indicados para o Oscar 2010, apresentado no dia 07 do mês seguinte.

Na televisão americana, a CBS anunciava a produção de uma série baseada em um perfil do Twitter: era o início das filmagens de S***t My Dad Says. Vencedora do Globo de Ouro de melhor série cômica/musical, Glee encantava o público com os episódios iniciais de sua primeira temporada que vinha com uma audiência ascendente.

Um dos favoritos ao Oscar desse ano, Guerra ao Terror chegava a selecionados cinemas brasileiros, mas ficava de fora da rede Cinemark. Motivo? Um mês antes, desacreditado pela distribuidora Imagem Filmes, o longa da diretora Kathryn Bigelow fora lançado diretamente em DVD no final de 2009. Uma decisão equivocada percebida apenas quando o drama foi conquistando a crítica e algumas premiações pré-Oscar. Na época, por exemplo, eu já havia comprado o DVD.

MARÇO

Preparando terreno para o lançamento de Toy Story 3, a Pixar relançava Toy Story 1 e 2 em 3D nos cinemas.

Em março foi realizado a 82ª edição da grande festa do cinema mundial. Na festa onde “Guerra ao Terror sai coroado do Oscar 2010”, a Argentina viu o Segredo dos seus Olhos vencer na categoria de filme estrangeiro; Kathryn Bigelow, foi a primeira diretora a faturar o prêmio de direção; Avatar conquistando apenas os prêmios técnicos de efeitos visuais; a supremacia da Pixar, produtora de Up – Altas Aventuras, na animação, a vitória merecida de Mo’Nique, melhor atriz coadjuvante, por Preciosa.

E não podemos deixar de destacar Sandra Bullock, que conseguiu a proeza de ser a melhor e a pior atriz num mesmo ano!

No Dia Internacional da Mulher, Hebe retornava ao seu programa de toda segunda pelo SBT, comemorando o seu aniversário de 81 anos e sua vitória após lutar contra um tumor no estômago.

No dia 16, o Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas, presenteou os cinéfilos com a apresentação da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, que trouxe as clássicas trilhas sonoras do cinema.

Já o CQC dava o que falar após ser censurado. Nesse mês o programa exibido as segundas pela Band, trazia um embróglio envolvendo a Prefeitura de Barueri e o misterioso sumiço de um televisor LCD de uma escola da cidade. O aparelho doado pela atração á Secretaria de Educação de Barueri foi parar na casa de um funcionário da prefeitura. Impedidos pela Justiça de exibir a matéria na estréia da 3ª temporada, o caso foi ar pelo CQC na semana seguinte, cuja edição alcançou a vice-liderança em alguns momentos com 10 pontos no Ibope.

ABRIL

O Universo E! completou o seu primeiro ano de existência, que passou despercebido por esse que vos bloga, por ter problemas na conexão. E daí para insônia, assistir o SBT de madrugada e fazer comparações entre as séries Oz e Dexter foi um pulo.

Foi reservado também para o mês de abril um dos casos mais vergonhosos envolvendo o cinema em 2010. O lançamento de uma versão medíocre de Avatar no dia 22 e viria a ficar ultrapassada em novembro com o lançamento de edição de colecionador do MESMO filme. Uma atitude vergonhosa da FOX.

O ano de 2010 foi o ano do cinema brasileiro. E isso já desdobrava-se em abril – primeiro veio o trailer do documentário Uma Noite em 67 e depois com análise do longa As Melhores Coisas do Mundo.

MAIO

Este mês ficará marcado na história da televisão norte-americana e no coração de vários fãs: em maio de 2010 foi ar o último episódio de Lost, que comoveu e instigou muitas pessoas ao longo de seus seis anos de existência.

O fenômeno atual da televisão versus o fenômeno atual da música pop. O elenco de Glee, através de suas homenagens aos artistas da indústria musical com suas versões, não garantia e nem pretendia em fazer o mesmo com o Justin Bieber. E isso realmente até agora não ocorreu.

Mais cinema brasileiro pela frente. Foi postado no Universo E! os trailers do já comentado Antes que o Mundo Acabe e do ainda inédito Capitães de Areia. Em maio fomos conferir também o longa baseado na vida do espírita Chico Xavier.

Foi levantada a questão sobre como as produtoras e distribuidoras de cinema estavam explorando o formado 3D em seus filmes. Atrás de alguns dólares a mais nas bilheterias, muitos filmes eram convertidos ‘às pressas’ para a terceira dimensão em vez de serem produzidos de fato na nova tecnologia. O post original que originou a discussão também indicava quais títulos eram falsamente vendidos em 3D.

JUNHO

No início de junho foi realizado a maior premiação da MTV voltada para o cinema mundial: o MTV Movie Awards, que sucesso em 2009 não pode ter a cobertura in loco do Universo E! no ano passado.





Guerra ao Terror sai coroado do Oscar 2010!

8 03 2010

Toda a badalação, todas as quebras de recorde, toda a tecnologia e toda a exuberância de Avatar não foram páreos para Guerra ao Terror.

Dirigido por Kathryn Bigelow, o drama de guerra arrebatou seis Oscar’s, sendo o grande vencedor da noite: melhor filme, melhor direção, melhor roteiro original, melhor edição, melhor efeitos sonoros e melhor edição de som.

Com três Oscars, Avatar saiu como o segundo grande vencedor da noite, com os prêmios técnicos visuais: melhor fotografia, melhor efeitos visuais e melhor direção de arte.

Coração Louco (melhor ator – Jeff Bridges e melhor canção original), Up – Altas Aventuras (melhor trilha sonora e melhor animação) e Preciosa – Uma História de Esperança (melhor atriz coadjuvante – Mo’Nique e melhor roteiro adaptado) saíram com dois Oscar’s cada.

Completaram a noite de premiação:

A JOVEM VICTORIA – melhor figurino

STAR TREK – melhor maquiagem

O LADO CEGO – melhor atriz, Sandra Bullock

BASTARDOS INGLÓRIOS – melhor ator coadjuvante, Christoph Waltz

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS – melhor filme estrangeiro, Argentina

THE COVE – melhor documentário

MUSIC BY PRUDENCE – melhor documentário em curta metragem

LOGORAMA – melhor animação em curta metragem

THE NEW TENANTS – melhor curta metragem





COBERTURA COMPLETA Oscar 2010 Ao Vivo

7 03 2010

Olá amigos! Todos preparados para esse, o maior evento do cinema mundial? Então fiquem a postos. Dentro de uma hora, iniciará a 82ª edição do Oscar.

Só aqui no Universo E! você acompanhará minuto-a-minuto, o que acontece dentro do Kodak Theatre em Los Angeles, EUA!

(OS EVENTOS MAIS RECENTES DA NARRAÇÃO SERÃO POSTADOS LOGO ABAIXO DESSA MENSAGEM)

– E para coroar a noite vencedora de Guerra ao Terror: o Oscar de melhor filme de 2009 vai para ele!

– Chegou a vez dos diretores saberem que vai levar o Oscar para o escritório: e o Oscar vai para a primeira mulher a ganhar um por melhor direção. Guerra ao Terror conquista o seu quinto Oscar na noite.

– E para apresentar a vencedora de MELHOR ATRIZ, o vencedor do Oscar de melhor atuação masculina do ano passado: Sean Penn. E o Oscar vai para… O Lado Cego, vai para… Sandra Bullock!

– E na apresentação das indicadas a MELHOR ATRIZ, Gabourey Sidibe é comparada a Meryl Streep. Oprah Winfrey: “Depois de seu trabalho inicial, Gaby está aqui na Academia, sentada no mesmo espaço que Meryl Streep!”.

– E a festa já está acabando. Só nos resta saber os vencedores de MELHOR DIREÇÃO, MELHOR ATRIZ E MELHOR FILME.

– Ao contrário de todos os vencedores, Jeff Bridges tem muito tempo disponível para fazer os seus agradecimentos. A musiquinha inoportuna dizendo “seu tempo acabou” nem sequer soou.

– Estamos chegando agora as categorias principais. Agora, MELHOR ATOR, concorrendo Jeff Bridges (Coração Louco); George Clooney (Amor sem Escalas); Colin Firth (A Single Man); Morgan Freeman (Invictus) e Jeremy Renner (Guerra ao Terror). A torcida aqui é para o último ator, Jeremy Renner e o seu desarmador de bombas. E o Oscar vai para Jeff Bridges.

– Agora é a vez do 3 dimiático Avatar ganhar a apresentação no Oscar.

– E em agradecimento, o diretor do filme lembra os nossos vizinhos chilenos.

– Uma importante premiação agora. Apresentados os indicados a melhor filme estrangeiro. Favoritos, o horrível A Fita Branca (Alemanha) e o bem falado O Segredo dos Seus olhos (Argentina). E o ganhador é o argentino O Segredo dos Seus Olhos. Meus parabéns aos nossos hermanos!

– E por falar nele, Guerra ao Terror é apresentado na cerimônia por Keanu Reeves.

– Os grandes favoritos da noite disputam o Oscar de MELHOR EDIÇÃO – que vai para Guerra ao Terror, que com este, já tem  4 Oscar na prateleira. Até aqui, Avatar vem em segundo com três estatuetas.

– The Cove ganha o Oscar destinado a MELHOR DOCUMENTÁRIO

– Recapitulando até agora todos os premiados do Oscar até a 01:00 da manhã dessa segunda, dia 08/03 no Oscar 2010:

MELHOR FOTOGRAFIA Avatar

MELHOR EDIÇÃO DE SOM Guerra ao Terror

MELHOR ATOR COADJUVANTE Christoph Waltz em Bastardos Inglórios

MELHOR FIGURINO The Young Victoria

MELHOR MAQUIAGEM Star Trek

MELHOR EDIÇÃO DE SOM Guerra ao Terror

MELHOR TRILHA SONORA Up – Altas Aventuras

MELHOR EFEITOS VISUAIS Avatar

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE Mo’Nique em Preciosa – Uma História de Esperança

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL The weary kind de Coração Louco

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO Preciosa – Uma História de Esperança

MELHOR ANIMAÇÃO – Up – Altas Aventuras

MELHOR CURTA DOCUMENTÁRIO Music of Prudence

MELHOR CURTA ANIMAÇÃO Logorama

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL Guerra ao Terror

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE Avatar

MELHOR CURTA METRAGEM The New Tenants

– Guerra ao Terror já sai na frente de Avatar, levando os dois Oscar destinada a parte sonora dos filmes: melhor som e melhor edição sonora!

– Queen Latifah no microfone. São apresentadas as indicadas a MELHOR ATRIZ COADJUVANTE.O Oscar vai para Mo’nique de Preciosa.

– MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: as apostas são todas para Amor sem Escalas. Será que haverá alguma novidade aqui? Há também Preciosa correndo por fora, assim como Distrito 9. E o Oscar vai para Preciosa – Uma História de Esperança.

– O longa dos irmãos Cohen ganham o spot na cerimônia. Imagens de Um Homem Sério na tela do palco.

– Perdemos algumas categorias por problemas técnicos, o que nos levou a perder alguns minutos da apresentação ao vivo e a homenagem a John Hughes.

– MELHOR MAQUIAGEM apresentado por um Ben Stiller Na’Vi – só três concorrendo – Il Divo, Star Trek e The Young Victoria. Quem leva esse Oscar… Star Trek

– Os convidados do próximo bloco: Tina Fey e Robert Downey Jr.

– É a vez de Distrito 9 ganhar uma explanação na cerimônia.

– Amanda Seyfried e Miley Cirus. “Vocês nem imaginam quem elas são.”, foram as palavras de Steve Martin. A categoria apresentada pelas jovens é a de MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: Duas canções de A Princesa e o Sapo com Paris 36, Nine e Crazy Heart completam os nomeados. A maioria das apostas vai para a canção The Weary Kind de Coração Louco… E as previsões estão CORRETAS. Outra premiação a tempos previsível.

– Cameron Diaz e Steve Carrel no palco. As animações agora discutem as suas possibilidades ao Oscar de melhor animação: personagens de A Princesa e o Sapo, Up – Altas Aventuras, Coraline, O Fantástico Senhor Raposo em uma animação feita especialmente para a cerimônia… E o vencedor da categoria é Up – Altas Aventuras. Nenhuma surpresa até agora nas duas primeiras categorias reveladas.

– PRIMEIRO COMERCIAL, PRIMEIRO TRAILER: de Ridley Scott, Robin Hood.

– O Lado Cego ganha o seu spot durante a cerimônia! Um breve texto resume a história, seguido de imagens do longa.

– Penelope Cruz é a primeira apresentadora convidada a entrar no palco. O 1º prêmio – ATOR COADJUVANTE – concorre Matt Damon, Woody Harrelson, Christopher Plummer, Stanley Tucci e Christoph Waltz. E o Oscar vai para… o favoritaço da crítica para Christoph Waltz de Bastardos Inglórios.

– E cutucando a onça com vara curta, eles partem para a ex-esposa do diretor: Kathryn Bigelow, diretora indicada por Guerra ao Terror.

– Ao se referirem ao diretor de Avatar, James Cameron, os dois apresentadores utilizam um óculos 3D para verificar se aquele na platéia é mesmo James Cameron.

– E A CERIMÔNIA COMEÇA!!! Alec Baldwin e Steve Martin começam, no palco, a fazer referências aos indicados ao Oscar e seu elenco, espalhado pela platéia do Kodak Theater





Sucesso Pixar retorna em 3D

3 03 2010

Grande sucesso da Pixar na écada de 90, Toy Story foi relançado na sexta-feira passada nos cinemas brasileiros em 3D com a previsão de permanência em exibição de apenas uma semana.

Então, faça como eu, e corra para o primeiro filme porque amanhã é o último dia de Toy Story em exibição.

Esse primeiro longa dos brinquedos animados cederá lugar na primeira sexta-feira de março para Toy Story 2, que da mesma que o anterior, permanecerá uma única semana em cartaz.

Todo esse markenting é para atrair um grande público para a maior estreia da dupla dinâmica Dinsey/Pixar desse ano: Toy Story 3. Com previsão de estreia para junho desse ano, o terceiro Toy Story também será lançado em 3D.

Dessa maneira, espera-se que quinze anos depois do primeiro, Toy Story através desses relançamentos, consiga atrair aqueles ainda ‘não-iniciados’ na divertida trama (o/).

Amanhã aqui, as impressões desse filme que quando lançado nos cinemas, eu não tinha nem ideia de como seria uma sala!





ANÁLISE: Up – Altas Aventuras

2 10 2009

Antes de mais nada, desde de Ratatouille que não ia ao cinema para ver uma animação da Disney, ou seja, desde 2007. E sim, cometi o pecado de não assistir Wall.E na telona.

Mas continua-se impossível não se maravilhar com mais uma produção Dinsey/Pixar, embora Up – Altas Aventuras esteja muito aquém da complexidade, da beleza e dos mínimos detalhes que caracterizaram as produções da dupla D/P que o antecederam.

Up se baseia num velhinho muito rabugento, porém simpático chamado Carl Fredricksen (dublado aqui muito bem por Chico Anysio) que passou grande parte da sua vida sonhando em participar de grandes aventuras, de grandes explorações. Admirando o maior ícone do gênero na sua época de menino, Carl conhece a sua futura esposa, Ellie, que partilha do mesmo espírito aventureiro e uma vez juntos almejam um sonho: conhecer o grande Paraíso das Cachoeiras. Mas por inúmeros contratempos, esse sonho jamais pode ser realizado e com a morte de sua esposa, essa ‘expedição’ fora definitivamente cancelada.

O início da animação cumbe de explicar ao espectador todos esses momentos da vida matrimonial de Fredricksen, de uma forma rápida porém bastante compreensível.

Aposentado e viúvo, Carl passa a prezar por uma vida tranqüila e sossegada. Até mesmo quando a sua velha e colorida casa esteja rodeada por grandes empreendimentos de edifícios e o barulho ao seu redor seja infernal.

E é todo esse movimento na vizinhança que muda drasticamente o cotidiano pacato de Carl. Acidentalmente, um trator acaba danificando a caixa de correio do velhinho, que tem um enorme zelo em tudo em sua casa que o faça lembrar de Ellie. Enfurecido, ele acerta o responsável pelo incidente com sua bengala e passar a ser considerado uma ameaça pública sendo convidado a se internar num asilo.

Sem escapatória, Fredricksen decide então partir para Amércia do Sul, onde fica o encantado ‘Paraíso das Cachoeiras’ de um modo inusitado: indo até lá levando a sua casa presa a inúmeros balões.

Uma vez alçado vôo, ele acaba sendo surpreendido por uma visita inusitada: o inquieto Russel, um garoto de 8 anos, que vinha o perturbando há algum tempo para ajudá-lo em algo e ganhar a insígnia de auxílio aos idosos para completar a sua coleção. Por mais tagarela que Russel fosse, Carl sabia ver um pouco de si naquela criança, embora os tempos fossem outros e a disposição para falar intermitentemente do garoto contrastasse com o modo sempre mudo de Fredricksen.

Assim, essa improvável dupla parte em direção ao ‘Paraíso das Cachoeiras’ encontrando lá aquele aventureiro que Carl tanto cultuava em sua infância e que está disposto a aprisionar uma exótica ave da região, mostrá-la ao mundo e livrar-se da humilhação pública que sofrera no auge da sua carreira ao ser acusado de mostrar um falso esqueleto do tal pássaro.

E começa aqui a grande confusão da animação: Russel, como grande explorador da natureza se nega a entregar a ave que encontrara logo após a sua ‘aterrisagem’ no lugar. E Carl, de admirador, passa a ser um inimigo para o grande aventureiro, tendo que enfrentá-lo para salvar a ave e Russel e encontrar o caminho de volta para casa.

Disney/Pixar novamente nos brinda com uma linda história, que, como sempre digo, está cada vez mais voltada para os adultos do que para as crianças, com as mensagens que permeiam as histórias de suas animações. Porém, Up – Altas Aventuras não conseguiu atingir o excelente patamar que Os Incríveis, Carros, Ratatouille ou Wall.E conquistaram. Up sem dúvida é um excelente passatempo, mas faltou aquele ‘algo a mais’, para que ocupasse um lugar em nossa memória e que trouxesse as ‘boas recordações’ que as outras animações, mesmo vistas há muito tempo, ainda possuem.

COTAÇÃO: 4/5.





Pixar planeja sequência de Carros

11 09 2009

John Lasseter, envolvido em grandes projetos da Disney/Pixar tanto como produtor-executivo (os inéditos ‘Toy Story 3’ e ‘A Princesa e o Sapo’, ‘Wall-E’) ou como diretor (‘Vida de Inseto’, ‘Carros’, ‘Toy Story 1 e 2’),  já planeja um novo lançamento:  ‘Carros 2’.

A nova aventura de Relâmpago McQueen foi inspirada nas viagens que Lasseter vez pela Europa, imaginando que maravilha seria ver o carrinho vermelho em aventuras em solos estrangeiros.

E é justamente o que isso irá ocorrer nessa segunda aventura: competindo na grande corrida mundial “Race of Champions” (Corridas dos Campeões), McQueen correrá pelas mais belas locações de Japão, Alemanha, Itália, França e Inglaterra. Um grande evento que envolverá a Formula 1, rallys e outros esportes a motor.

A expectativa de lançamento de ‘Carros 2’ é para o verão americano de 2011.

20/09 Universo E! no Emmy Awards 2009








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2018

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ex-Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. Atual Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: