As canções originais dos filmes da Terra-Média

15 02 2014

Foi em 21 de outubro de 2011, mais precisamente aqui, a primeira vez que observei o talento de Ed Sheeran. Cantor e compositor, o britânico completará 23 anos nessa segunda-feira, dia 17, e desde aquele fatídico clipe musical, em que era substituído pelo igualmente ruivo Rupert Grint, passei a acompanhar com o interesse qualquer movimentação de sua carreira.

Mas surpresa grande mesmo ocorreu ao final da pré-estreia de O Hobbit: A Desolação de Smaug em dezembro do ano passado, quando a voz desse simpático cantor surgiu após Bilbo se indagar o quê – ele e os anões – fizeram.

Por ter uma admiração muito grande pela trilha sonora dos filmes (principalmente a da trilogia de O Senhor dos Anéis), um excelente e belíssimo trabalho do compositor Howard Shore, que manteve a qualidade no primeiro O Hobbit, mas não atingiu a mesma genialidade em A Desolação de Smaug, que considero possuir a trilha menos marcante de todos. Mesmo assim, achei interessante listar nesse post os vídeos da cinco canções originais feitas especialmente para os filmes. Músicas, letras e melodias que sempre me recordam de uma sensação muito boa: a de visitar a Terra-média dentro de um cinema! Músicas que curto SEMPRE. Todas as cinco:

O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel: May It Be, Enya

O Senhor dos Anéis – As Duas Torres: Gollum’s Song, Emiliana Torrini

O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei: Into the West, Annie Lennox (vencedora do Oscar de melhor canção original em 2004)

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada: Song of the Lonely Mountain, Neil Finn

O Hobbit: A Desolação de Smaug: I See Fire, Ed Sheeran

Quem finalizará essa lista com O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez? Ansioso pela resposta!

Anúncios




A Terra-média real

6 01 2013

Com a estreia mundial em dezembro de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, de Peter Jackson, na Nova Zelândia, uma viagem ao país da Oceania tornou-se o desejo de muitos fãs ao redor do mundo. Afinal, quem não quer viver a experiência de pisar na Terra-média?

O Universo E! lista para você, caro leitor, os destinos mais procurados da Nova Zelândia devido aos sucessos da trilogia O Senhor dos Anéis e de O Hobbit.

Portal de entrada de Hobbiton em Matamata

Portal de entrada de Hobbiton em Matamata

HOBBITON – Perto de Matamata, uma cidadezinha pitoresca há duas horas e meia de Auckland (a maior cidade da Nova Zelândia e o portal de entrada para a Terra-média), os visitantes podem curtir uma visita monitorada à fazenda que serviu de set de filmagens para os filmes.

Escondida entre colinas espetacularmente verdes, a área preserva as locações do Dragão Verde, as mais de 30 tocas de hobbits, entre outras edificações, que serviram de pano de fundo para a construção do Condado, tanto na trilogia O Senhor dos Anéis, quanto em O Hobbit.

A região ainda oferece outras facilidades para os visitantes: cafeteria e um espaço apropriado para conferências também fazem parte da Terra-média neozelandesa.

A cidade de Queenstown ao entardecer!

A cidade de Queenstown ao entardecer!

QUEENSTOWN – Qualquer razão será boa o suficiente para visitar Queenstown, localizada na Ilha Sul da Nova Zelândia. Mas uma aventura sobre quatro rodas através da Terra-média é a melhor de todas.

Os turistas encontrarão aqui as mais lindas paisagens utilizadas na trilogia. Para ajudar, a Nomad Safaris oferece dois tours diferentes, feitas especialmente para os fãs.

O ponto alto do passeio são os guias. Como muitos foram figurantes na época das filmagens, eles tem uma alegria imensa em compartilhar tudo o que as estrelas do elenco faziam enquanto filmavam na região.

Escultura de Gollum dá as boas vindas para quem chega no aeroporto de Wellington

Escultura do Gollum dá as boas vindas para quem chega no aeroporto de Wellington

WELLINGTON – Todo mundo que chega a capital da Nova Zelândia, localizada no extremo sul da Ilha Norte do país, logo se apaixona pela diversão, comida e imersão ao mundo da moda que a cidade proporciona.

Conhecida por muitos como ‘Wellywood’ devido ao crescimento da indústria cinematográfica, impulsionada claro pela saga épica de J. R. R. Tolkien nos cinemas, os turistas podem desfrutar de um dia inteiro de passeio organizado pela Wellington Rover Tours, descobrindo os segredos dos filmes.

Falando em segredos, a Weta Workshop, empresa criada especialmente para a difícl tarefa de criar a Terra-média através dos efeitos especiais e que tornou-se referência mundial no assunto tendo ainda no portfólio filmes como Avatar e King Kong, instalou na cidade a Weta Cave, que revela os bastidores da empresa com vídeos com entrevistas de seu co-fundador Peter Jackson, entre outros funcionários, e um mini-museu com armas e adereços utilizados na trilogia do Um Anel.

CHRISTCHURCH CANTERBURRY – A região de Canterburry abrigou diversas locações da trilogia, assim como filmagens de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada ocorreram próximas da Cook Mountain, na mesma área. A Cook Mountain possui ainda o pico mais alto da Nova Zelândia: o Aoraki, que numa tradução livre significa ‘o furador de nuvens’, que possui 3.754 metros.





RETROSPECTIVA 2012 – parte 2

28 12 2012

JULHO – O segundo semestre de 2012 começou com uma crítica a distribuidora Columbia Pictures que, iniciando as vendas para a sessão de pré-estreia a meia-noite para  O Espetacular Homem-Aranha, resolve numa grande picaretagem, abrir pré-estreias regulares ao longo da semana de estreia. E sem nenhum aviso prévio acaba cancelando as sessões da meia-noite. Mas mesmo assim, o fraco longa do aracnídeo protagonizado por Andrew Garfield (A Rede Social e Não me Abandone Jamais) ganhou a sua análise.

Carly Rae Jepsen, dona de um dos grandes hits de 2012: Call me Maybe!

Carly Rae Jepsen, dona de um dos grandes hits de 2012: Call me Maybe!

Uma desculpa recorrente ao longo do último semestre foi o ‘vazio criativo’ na elaboração de novos posts para o Universo E!. Para manter o blog porcamente atualizado, um dos métodos mais utilizados por mim é partir para as músicas. Em julho os hits de Rihanna (Where Have You Been), Carl Rae Jepsen (Call me Maybe) e The Wanted (Chasing the Sun) foram os escolhidos para, popularmente dizendo, tapar o sol com a peneira, ou seja, colocar algum conteúdo novo por aqui quando a criatividade não ajuda.

Para finalizar este mês tivemos o triste incidente que manchou a estreia da conclusão de uma das mais bem-sucedidas franquias baseadas em super-heróis com o massacre da cidade de Aurora nos EUA, durante uma sessão de pré-estreia do filme Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, vitimando 12 vidas inocentes…

Cena de Um Evento Feliz, com o ator Pio Marmaï (esq), que também protagonizou o francês Alyah

Cena de Um Evento Feliz, com o ator Pio Marmaï (esq), que também protagonizou o francês Alyah

AGOSTO – Foi um mês de felicidade extrema com a realização do Festival Varilux de Cinema Francês 2012. Dos 17 filmes inéditos exibidos, o Universo E! comentou sobre 11 filmes: A Filha do Pai, A Vida vai Melhorar, Um Evento Feliz, Intocáveis, Paris-Manhattan, Aqui Embaixo, My Way – O Mito além da Música, E Agora, Aonde Vamos?, O Monge, Alyah e Políssia. Realizamos assim a maior cobertura até aqui de um festival de cinema, em quase um mês inteiro dedicado a este evento (dia 01, dia 02 e considerações finais), uma vez que foi finalizado com algumas análises sendo postadas em setembro.

SETEMBRO – O ano de 2012 pode ser marcado como um ano de extremos. Saímos de um mês de grandes alegrias para um setembro de grandes perdas tanto para o Cinema quanto para a cultura brasileira: perdemos o ator Michael Clark Duncan, dia 03  (À Espera de um Milagre) e a apresentadora de televisão Hebe Camargo, dia 29. E foi também no funeral da comunicadora que obtivemos uma das imagens mais tocantes, com o selinho dado por Silvio Santos no corpo de Hebe durante o velório.

Para não ficarmos apenas nos fatos tristes, o Google comemorou o 46º aniversário de Star Trek com um doodle muito bem produzido e tivemos o anúncio das vendas antecipadas para o filme de conclusão da saga Crepúsculo: Amanhecer – parte 2.

OUTUBRO – Mais uma evidência de como a criatividade andou em baixa por aqui com apenas duas atualizações, no primeiro e no último dias do mês: no primeiro dia foi mais uma edição de A Rede pelo Twitter alertando sobre um possível retorno da girl band Rouge. Ficou reservado para o último dia de outubro o anúncio da venda da Lucasfilm para a Walt Disney Company, um negócio feito por George Lucas, o fundador, e pegou a todos de surpresa. Foi engatilhado junto com a venda o início da produção de um sétimo filme baseado na saga de Star Wars.

NOVEMBRO – Mais um comentário sobre o interessante exercício de associar uma música à um livro, o que digo sempre, enriquece a sua experiência literária. O livro da vez foi A Menina que Roubava Livros. Música: Shadow of the Day, do grupo Linkin Park, mas na versão dos meninos do Boyce Avenue.

Em novembro tivemos a conturbada informação sobre as vendas de ingressos para a pré-estreia de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, que teve uma abertura inicialmente restrita a Cinemark em São Paulo e depois, gradualmente, sendo liberada em outras redes de cinema nas mais diversas cidades brasileiras. Outra excelente boa notícia foi a realização de maratona das versões estendidas dos filmes da trilogia O Senhor dos Anéis.

A rede Cinemark (apesar dos pesares) também trouxe O Hobbit em HFR e ainda promove o Projeta Brasil Cinemark nos meses de novembro!

A rede Cinemark (apesar dos pesares) também trouxe O Hobbit em HFR e ainda promove o Projeta Brasil Cinemark nos meses de novembro!

Análises dos filmes inéditos: o argentino Elefante Branco e o juvenil As Vantagens de ser Invisível. E o projeto Projeta Brasil Cinemark finalizou o mês, sendo vistos os longas Xingu e Gonzaga – De Pai pra Filho.

DEZEMBRO – Mês de festas. Mês de retrospectivas. Mês do fim do mundo. Mês de poucas atualizações. Mês reservado para falarmos sobre o problemático Moonrise Kingdom (em breve). Mês de retornamos a Terra-média com O Hobbit – Uma Jornada Inesperada, inclusive com um novo formato de imagem – o HFR (high frame rate). Mês de conferirmos As Aventuras de Pi, o novo longa de Ang Lee, que em breve também ganhará sua análise por aqui.

Dezembro é o mês de agradecermos a você, caro e querido leitor, pelas visitas e pelos comentários realizados ao longo desse ano e convidá-los a continuar conosco em 2013. Afinal sua presença é essencial ao Universo E!

O UNIVERSO E! deseja a todos vocês, um feliz e próspero 2013!!!

O UNIVERSO E! deseja a todos vocês, um feliz e próspero 2013!!!

É em dezembro também que desejamos a vocês, os mais sinceros votos de felicidade, prosperidade e de grandes realizações para 2013. E que o próximo ano seja repleto de bons filmes e boas séries! Até lá!






O Hobbit | Vendas antecipadas a partir de 15 de novembro

9 11 2012

ATENÇÃO: Se você quer mais informações sobre a venda antecipada de O Hobbit: A Desolação de Smaug, saiba que o post correto é esse -> http://wp.me/puugm-Au

POST COM UPDATE EM 15/11, 16/11 e 22/11/2012

A partir do próximo dia 15 de novembro, quinta-feira, você já pode ir garantindo sua passagem de retorno ao fantástico mundo da Terra-média.

Seja o primeiro a embarcar numa jornada inesperada com Bilbo Bolseiro e Gandalf, adquirindo antecipadamente seu ingresso para o primeiro filme de uma trilogia baseada no livro O Hobbit, que antecede os acontecimentos narrados em O Senhor dos Anéis, que volta contar com a direção de Peter Jackson e retorno de grande parte do elenco da excepcional saga do Um Anel!

O HOBBIT – UMA JORNADA INESPERADA

  • VENDAS ANTECIPADAS: 15 de novembro nas principais redes de cinema!
  • ESTREIA: 14 de dezembro!

EDIT 15/11/2012: De acordo com a apuração do Universo E!, ao contrário de nossa informação anterior, as vendas antecipadas para O Hobbit – Uma Jornada Inesperada foram realmente liberadas para hoje, dia 15, mas não nas principais redes como dito aí em cima.

A aquisição da entrada antecipada é válida apenas para os complexos da rede Cinemark em São Paulo e o Kinoplex Vila Olímpia também na capital paulista. Para tanto, o usuário deverá comprar através do site Ingresso.com usando o navegador Chrome. O horário disponível é para a pré-estreia no dia 13 de dezembro às 23h55 (print da tela abaixo).

Agradecemos a sua audiência e nos desculpamos pela informação equivocada. Assim que surgir mais detalhes esse post será atualizado imediatamente!

EDIT 16/11/2012: Vídeo de divulgação do Chrome a respeito da vendas de ingressos para a pré-estreia. Embora a narração se refira apenas a rede Cinemark, também há possibilidade compra para o Kinoplex Vila Olímpia.

EDIT 22/11/2012: Agora sim! Válida para principais redes exibidoras em determinadas cidades do Brasil. A partir dessa sexta, tem venda liberada para  a pré-estreia de O Hobbit – Uma Jornada Inesperada em sessões convencionais legendadas e dubladas, como também em 3D, também dublado e legendado.

Em uma pesquisa rápida em Campinas, a venda estará liberada no Kinoplex Dom Pedro com o longa nas quatro versões descritas acima. Como é humanamente impossível conferir uma a uma as cidades, vocês leitores tem disponível o comentário desse post para indicar onde as vendas para a pré-estreia estão disponíveis. Se quiserem, também podem deixar o seu local de interesse nos comentários que tentarei lhes manterem informados. Qualquer novidade sobre as pré-vendas nas salas IMAX de São Paulo também terão sua própria atualização nesse post.

O grande dia está chegando!!! E sabem o melhor? O Hobbit – Uma Jornada Inesperada terá 195 minutos de duração, ou 3h15min!!!





Adaptação – cinema 2.0

22 07 2011

Hollywood de tempos em tempos, lança modismos para manter o interesse do público em pagar ingressos caros e conferir os super lançamentos no cinema.

Tivemos a onda de produções baseadas em super heróis (bem feitas e com o mínimo de respeito pela obra original, para deixar bem claro). Onda iniciada pelo Homem-Aranha.

Simultaneamente à exploração desse filão veio o lançamento das continuações. O apelo do público dizia qual franquia explorar ou não. Raras vezes durante a década de 90 tivemos algum filme com ‘título tal’ 2 ou 3. Após o ano 2000 ficou comum encontrarmos caratzes nos cinemas cujos títulos de filmes eram sucedido por um algarismo: Piratas do Caribe, X-Men, Shrek, Resident Evil, Jogos Mortais, A Era do Gelo, Transformers, etc. E com sucesso de cada franquia tornou-se possível o investimento na nova arma de Hollywood contra a pirataria: as exibições em 3D.

Da mesma forma, aumentou a frequência de chegar aos cinemas histórias oriundas das páginas de livros. Tão comum que muitas vezes, os livros são (re)lançados conjuntamente com suas versões em películas.

Nas adaptações que vou me reter agora. Se já se tornou usual a escrita de um roteiro de cinema a partir de um livro, agora surge uma nova tendência criada pelos estúdios para os próximos lançamentos – a divisão da adaptação em duas partes.

Essa repartição elimina de um lado, aquilo que os fãs mais conservadores de uma determinada publicação mais reclamam: os cortes e as mudanças indesejadas na história original para uma melhor adequação às telonas. Mais tempo de filme, mais espaço para se manter fiel às páginas do livro.

Por outro lado, essa possibilidade a mais pode resultar em longas, se não mal feitos, vazios e desinteressantes para o espectador comum. Muito do que funciona perfeitamente nos livros, não mantem a mesma eficácia nas telas. Relíquias da Morte, último livro da saga Harry Potter e dividido em duas partes (esclareço logo que não foram ruins no seu todo) poderia condensar melhor sua história em um único filme, mais longo é claro, porém mantendo o excelente nível atingido em Enigma do Príncipe e não oscilando da forma que ocorreu entre a parte 1 e 2.

De minha parte, ficaria receoso se O Retorno do Rei, dividido em duas partes, alcançasse a qualidade que possui hoje. E por falar na trilogia de Peter Jackson, depois de O Senhor dos Anéis, o diretor voltará a Terra-média adaptando o prelúdio da guerra do Anel, O Hobbit, em duas partes.

Também na lista de lançamentos futuros em duas partes, figura o último volume da saga Crepúsculo: Amanhacer, cuja história será dividida em dois filmes.

Ainda é muito cedo para afirmar o sucesso dessa nova tendência e se ela funcionará ou não. Financeiramente, claro que é uma ótima aposta dos estúdios e os mais de US$ 480 milhões dos três primeiros dias de Harry Potter 7.2 estão aí para comprovar. Mas e em qualidade? Essa divisão 2.0 será revertida em produções relevantes para o cinema?

Bem, aí só as estreias futuras dirão.





Evangeline Lilly entra para o elenco de O Hobbit

11 07 2011

Depois de deixar a misteriosa ilha de Lost, Evangeline Lilly que deu a vida a Kate na finada série, poderá ser vista perambulando pela Terra-média. Ela interpretará uma elfa na adaptação de O Hobbit que encontra-se em processo de filmagem.

A informação saiu na página oficial do filme no Facebook. Como já foi noticiado aqui no Universo E!, O Hobbit será levado para os cinemas em duas partes a serem lançadas em dezembro de 2012 e 2013.

Pela internet já circulam algumas fotos da produção como a de Gandalf, o Cinzento e a de alguns dos vários anões que acompanharão o hobbit Bilbo na aventura.





RETROSPECTIVA 2010 – parte 2

6 01 2011

O Universo E! traz agora a segunda e última parte de sua RETROSPECTIVA 2010, relembrando os momentos mais marcantes do ano que passou para a indústria do entretenimento em suas várias formas: música, filmes, artes, animação…

JULHO

Julho, mês de férias. O mês onde os 31 dias podem ser traduzidos em uma única palavra: diversão. Mas as distribuidoras brasileiras conseguem provocar ainda mais risos nos fãs que adquirem os boxes de suas séries favoritas. Como no caso retratado pelo post de 02 de julho: a série Fringe, de J. J. Abrams, com o único título em inglês. Óbvio. Mas essa certeza não se aplica na versão brasileira do seriado. Fringe recebe, na arte de capa da embalagem o subtítulo A Grande Conspiração. Já na abertura dos episódios em versão legendada, o título e subtítulo desaparecem para serem substituídos por, simplesmente, Fronteiras. Agora não sei mais de qual série sou fã: Fringe? Fringe – A Grande Conspiração? Fronteiras?!!!

Em julho chegou ao fim mais uma edição da Copa do Mundo onde a Espanha sagrou-se campeã. Além do fracasso da seleção brasileira (que pegou carona no voo de volta com a Argentina), a Copa de 2010 ficou marcada pelo som. E não apenas o das vuvuzelas. Teve K’naan cantando ‘The Waving Flag’; Skank cantando a versão brasileira utilizada na propaganda da Coca-Cola e Shakira cantarolando ‘Waka Waka’.

Taí. A grande responsável pela falta de atualizações do blog durante os meses de junho e julho foi o Mundial da África do Sul, emendando com o início de merecidas férias.

AGOSTO

Este mês começou com um resumo superficial de minhas férias: leituras, revendo séries e muito descanso. Agosto também marca a época em que o friozinho na barriga começa nos fanáticos por séries porque o mês seguinte traz grandes retornos e estréias no fall season da televisão americana.

Na primeira sexta-feira desse mês estreou nos cinemas o longa A Origem. Uma estréia que quebrou uma tradição da Sétima Arte: de reservar sempre os seus melhores filmes para época de final de ano, onde uma produção está mais visível para a corrida do Oscar. E não há mais o que falar, A Origem é, continua sendo e provavelmente será o melhor filme apresentado em 2010, como disse antes: “Agora dificilmente algum filme poderá retirar o título de melhor filme de 2010 de A Origem e das mãos de Christopher Nolan”. Espere e veremos!

Uma pausa para reflexão? Também tivemos nesse post!

Os brasileiros especialistas em séries deram seus palpites sobre as melhores séries em exibição, em um aquecimento para o Emmy 2010. Especialista ou não, se você assiste à muitas séries, demos uma dica de como se organizar utilizando o site o Orangotag. As exibições em 3D novamente dando o que falar: dessa vez ocorreu com as cópias de O Último Mestre do Ar, que fez muita gente economizar uma graninha e desistir de conferi-lo nos cinemas.

E informamos também no finalzinho do mês, um vídeo com a prévia do ainda não-fenômeno The Walking Dead.

SETEMBRO

No mês em que o Universo E! mudou para o visual atual, também foi reservado por grandes informações que você viu primeiro aqui. Fomos conferir a refilmagem do Karate Kid (e não é que gostei?). Revelamos o fim de ano azul que Avatar (e Fox, e James Cameron) teria em 2010… começaram, com um mês de antecedência, as vendas para a estréia de Tropa de Elite 2… o Ministério da Cultura inicou uma votação em seu site sobre a escolha do representante brasileiro na categoria de filme estrangeiro do Oscar 2011… Jim Parsons, Sheldon de The Big Bang Theory revelou a sua homossexualidade… Justin Bieber invadindo telonas e telinhas: trilha de Karate Kid, participação na temporada atual de CSI, e mais cinebiografia…

Ufa! Muita coisa aconteceu em setembro. Mas não acabou por aqui: finalmente comentamos sobre Antes que o Mundo Acabe. Sessenta (!) séries (re)estrearam em uma única semana de setembro! E o Google Street View chegou ás ruas das principais cidades brasileiras.

OUTUBRO

Consolidou o cinema brasileiro pra o ano de 2010 com a chegada triunfal de Tropa de Elite 2 aos cinemas. Com a ajuda do Capitão Nascimento, o Brasil ocupou mais da metade das salas de cinema com suas produções

Mas em meio á uma onda verde e amarela, conseguimos ver Resident Evil 4: Recomeço e noticiar o lançamento da segunda temporada de Fringe.

Para os fãs da saga do Um Anel pela Terra-Média, outubro foi um mês especial: primeiro a eliminação das pendências envolvendo MGM e Warner Bros que impediam o início das filmagens de O Hobbit. E segundo, a chegada ao mercado brasileiro da edição de luxo da trilogia O Senhor dos Anéis em suas versões estendidas.

Enquanto informações eram liberadas para o lançamento da edição de colecionador de Avatar, o CQC chegava na era 3.0, com o programa ganhando mais meia hora em sua duração com transmissão ao vivo pela internet.

Mas de especial nesse mês mesmo teve a estréia, no dia 31, da série The Walking Dead!!!

NOVEMBRO

Chegando ao fim o ano de 2010. E novembro traz consigo notícias e nem tão boas assim…

Era levantada a hipótese real (e até a publicação desse post, essa informação não está descartada) do cancelamento do seriado Fringe após o seu terceiro ano. E logo seguida, a Fox americana informava a mudança de horário da produção das quintas para as temidas sextas-feiras. E mais, se o fenômeno de The Walking Dead ganhava fãs ao redor do mundo com tão pouco tempo de vida, o canal Fox brasileiro tratava de afasta-los com a exibição de episódios dublados e retalhados por aqui.

A rede Cinemark realizava a 11ª edição do seu projeto Projeta Brasil Cinemark. O YouTube também programava uma edição do YouTube Live no Brasil, reunindo os grandes nomes da música sertaneja.

Também em novembro revivemos (ou para alguns, conferiram pela primeira vez) as habilidades fantásticas do piloto Ayrton nas corridas de Fórmula 1 no documentário Senna. E no despedimos de uma das mais importantes figuras do humor em Hollywood: Leslie Nielsen.

DEZEMBRO

No último mês do ano as novidades voltaram a ficar escassas por aqui. Teve o trailer do quarto Piratas do Caribe.

E enquanto essa RETROSPECTIVA estava constrangedoramente atrasada, publicamos uma produzida pelo Google, para 2010 não passar em branco por aqui.

– * – * – * –

Agora sim! Missão dada é missão cumprida! Realizamos aqui a primeira retrospectiva do Universo E! Podemos agora, finalmente, fincar os pés no ano de 2011 e que ele venha repleto de atrações especiais por aqui. Até lá!








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: