1000 Episódios

5 10 2013

NOTA: O número entre parênteses após o título da produção refere-se ao número total de episódios para séries finalizadas/canceladas e o número de episódios exibidos até a data desta postagem para aquelas que ainda estão em exibição.

Ao som da trilha sonora de Jericho (e sua deliciosa vocação country), as 9 horas da manhã deste sábado, dia 05 de outubro de 2013, chego a uma marca importante para todo serie maníaco: alcançar a marcar de 1.000 episódios assistidos.

E muita coisa boa já passou por esse primeiro milhar: Lost, suas 7 temporadas com seus 122 episódios são um bom exemplo. Outras séries, no entanto, não tiveram a mesma sorte dessa e foram canceladas no meio do caminho sem um final: Alcatraz (13 episódios), Pushing Daisies (26) e The 4400 (44 episódios, embora esteja ainda na 2ª temporada da série). Rubicon (12) não conseguiu se estabelecer na minha playlist após o episódio piloto também não conseguiu emplacar e foi sumariamente cancelada logo na temporada de estreia. O mesmo destino que The Event (22) teve.

Lost, junto com Smallville, foram as séries de porta de entrada para o meu vício!

As séries britânicas também tiveram sua pequena (literalmente) participação nessa marca. Reconhecida por suas espaçosas e curtas temporadas: a excelente Survivors (12) e a empolgante releitura feita por Sherlock (6), ainda em exibição com suas microtemporadas de 3 episódios de uma hora e meia de duração e a única, entre todas as que assisto, que estou em dia! =P

Em relação aos reality-shows, dou preferência aos musicais, pois sempre me dão a chance de encontrar uma música perdida desse nosso mundão: tem American Idol (538), mesmo que tenha conferido apenas a sua 9ª temporada; The Voice Brasil (15), única produção brasileira que figura nessa lista e eu não seja um espectador assíduo e The Glee Project (21), que tinha o propósito de encontrar atores novatos para a tchran-ran-ran, Glee (90). O que me leva a confessar: sim, vergonhosamente, admito que a produção controversa de Ryan Murphy pertença a minha playlist. Fazer o quê? Bola pra frente…

Algumas produções vieram e desisti antes que terminassem, e não voltam tão cedo: Heroes (78) e Off the Map (13). Fracas é pouco para descrevê-las. Outras, não desisti, mas apenas dei uma pausa em suas ‘exibições’ por falta de tempo, mas pretendo retornar a assistir, seja num futuro próximo ou distante: Felicity (84), Cold Case (156), Smallville (217) e True Blood (70).

Em exibição e que valem a pena conferir por pura diversão, sem nenhum outro comprometimento ou elogios rasgados são: Hemlock Grove (13) da Netflix, Revolution (22) , The Big Bang Theory (139) e The Walking Dead (35). Claro que não podemos deixar passar em branco as séries clássicas, que todo fã de seriados TEM, DEVEM e NÃO PODEM deixar de assistir: que atualmente está com esse posto é The X-File (202).

Por último, reservei as minhas favoritas, as top’s das top’s, da qual sofro de amor incondicional e irrevogável: Fringe (100), Friday Night Lights (76) e Dexter (96). Todas as três já finalizadas, mas que ainda não acabei de assistir. Ainda tem a premiada Homeland (25) e as  cerejas do bolo: Treme (31) e The Big C (40).

Para comemorar, realizarei uma maratona pelas próximas dozes horas, vendo quinze episódios de 13 séries diferentes, que culminará no milésimo episódio que será o piloto de Under the Dome (13).

Mas claro que nada para por aqui. Ainda há na fila de espera muitas outras séries só aguardando a sua chance de entrar nessa lista: Californication, Band of Brothers, Hannibal, The Americans, Then & Us, Betrayal, Almost Human, Arrow, Teen Wolf, Bates Motel e a última sensação do momento Breaking Bad.

Que venham os próximos mil episódios!

Quer acompanhar essa doidera ao vivo? Acompanhe o Twitter deste que vos escreve: http://twitter.com/Konshal

 

Anúncios




COBERTURA COMPLETA: Globo de Ouro 2011

16 01 2011
AS ATUALIZAÇÕES MAIS RECENTES SERÃO AS PRIMEIRAS. PORTANTO, A ORDEM DE LEITURA SERÁ DE BAIXO PARA CIMA

– Michael Douglas apresentando os indicados a melhor filme drama. E A RedEe Social ganha mais um Globo de Ouro.

– Chegou a vez de Sandra Bullock para apresentar os indicados para melhor ator drama. O vencedor é Colin Firth por O Discurso do Rei.

– Enquanto isso no Twitter… Globo de Ouro domina o trend topics mundial.

– Alice, Burlesque, Red passam batidos.  O Globo de Ouro dessa categoria para The Kids are All Right.

– A dupla dinâmica de Toy Story – Tom Hanks e TimAllen sobem ao palco para apresentarem os indicados a melhor filme comédia/musical.

– Vamos agora para as indicadas a melhor atriz defilme drama. E a ganhadora é: Natalie Portman por O Cisne Negro.

– Joseph Gordon-Levitt apresenta A Origem, que concorre a melhor filme drama. O favorito do Universo E!

– Mas o prêmio vai para Paul Giamatti por Minha Versão para o Amor.

– Halle Berry chega ao palco para apresentar os indicados a melhor ator de filme musical/comédia.  Com o Johnny Depp concorrendo por dois papéis ( O Turista e Alice).

– O Cisne Negro apresentado por Alicia Keys, concorrendo a melhor filme drama.

– Vamos para os indicados a melhor série musical/comédia: a grande vencedora é Glee, desbancando as favoritas Modern Family e The Big C.

– O caldo começa a engrossar.Os indicados para melhor direção: o grande vencedor é David Fincher por A Rede Social.

– Uma prévia de O Turista, concorrendo a melhor filme musical/comédia.

– Globo de Ouro homenageia Robert de Niro com trechos dos filmes que ele participou.

– A vez de Jeremy Irons apresentar as indicadas a melhoratriz de filme drama: vence The Fighter com Melissa Leo.

– Nada melhor para comemorar a renovação por três temporadas do que esse prêmio não?

– Os indicados a melhor ator de série musical/comédia.Apresentados por Kaley Cuoco, de The Big Bang Theory, que entrega o prêmio  para o seu colega Jim Parsons.

– O presidente dos EUA de The Event, Blair Underwood, anuncia a vencedora de melhor atriz de série musical/comédia. O prêmio sai para The Big C: Laura Linney, que não estava presente na cerimônia.

– Hellen Mirren nos apresenta um dos indicados amelhor filme drama: O Discurso do Rei.

– Robert Pattinson fica incumbido de apresentar os indicados a melhor filme estrangeiro.Dinamarca vence com In a Better World.

– Por mais que não gostem de Glee, tem que se admitir que os dois prêmios dessa noite foram merecidos.

– O Capitão América, Chris Evans, apresenta as indicadas a melhor atriz coadjuvante para séries, mini-série e filme para TV. E a honra vai para Jane Lynch de Glee. A série mantem a sua aura de sensação do momento, arrebatando prêmios ainda no seu segundo ano. E a febre Glee ainda não acabou.

– Steve Carrel e Tina Fey sobem ao palco e nos apresentam os indicados a melhor roteiro. E o Globo de Ouro vai para A Rede Social.

– Zach Efron apresenta mais um indicado para melhor filme musical/comédia:  The Kids All Right.

– Claire Danes sai vencedora por Temple Grandie.

– Depois deles, chegou a vez das indicadas para melhor atriz de filme para TV ou mini-série.

– Todos atentos para ouvir as palavras do mestre Al Pacino.

– Melhor ator de filme para TV ou mini-série. Nessas categorias somos peixes fora d’água. E o Globo de Ouro foi para Al Pacino em You don’t Know Jack.

– Nas palavras de Rick Gervais, vem aíum ícone de Hollywood: Sylvester Stalone para apresentar mais um indicado a melhor filme de drama: The Fighter.

– Robert Downey Jr, melhor ator do ano passado por Sherlock Holmes sobe ao palco para anunciar a melhor atriz de filme comédia/musical: Annete Benning por Minhas Mães e Meu Pai.

– “Vocês eram nascidos quando o primeiro Toy Story estreou?”. O produtor brinca com o cantor ao subir no palco.

– Justin Bieber sobe ao palco para apresentaros indicados a melhor animação. Meu Malvado Favorito, Como Treinar seu Dragão?, O Ilusionista, Enrolados e Toy Story 3. Vencedor:  a continuação do sucesso da Pixar – Toy Story 3.

– O Globo de Ouro de melhor trilha sonora agora. Globo de Ouro vai para A Rede Social. Injusto,  já que Hans Zimmer fez um trabalho excepcional em A Origem.

– Próximo anúncio, a de melhor canção original.E a vencedora é You haven’t seen the last of me de Burlesque.

– Rick Gervais diz que esse é o seu filme favorito.

– Andrew Garfield, que concorre por melhor atorcoadjuvante por A Rede Social, sobe ao palco para apresentar a produção da qual faz parte.

– E em seguida temos os indicados a melhor série drmática. Torcendo para The Walking Dead, mas o Globo de Ouro foi memsopara Boardwalk Empire. Mais um prêmio para a HBO.

– E na categoria de melhor ator de série dramática: Boardwalk Empire, Breaking Bad, Dexter, Mad Men e House estão no páreo. E Globo de Ouro foi para a badalada produção da HBO, Boardwalk Empire, para Steve Buscemi.

– A sumida Michele Pfeiffer vai ao palcopara nos apresentar a Alice no Paísdas Maravilhas.

– Melhor ator coadjuvante de série de TV, mini-Série ou filme para TV. E que surpresa: o prêmio vai para Glee, para Chris Colfer.- Bruce Willis no microfone agora e apresentaruma prévia de seu filme Red que concorre em melhorde comédia/musical.

– De volta dos comerciais, mais uma premiação. A de melhor filme para TV ou mini-série. A favorita The Paificé desbancada por Carlos.

– Começou! Com Rick Gervais fazendo referências a The Walking Dead, a última temporada de Lost.

– Scarlett Johansson sobe ao palco. Primeira premiação é de melhor ator coadjuvante. E o Globo de Ouro vai para o cabeludo Christian Bale por The Fighter (ainda não sei a tradução usada aqui no Brasil).

– A melhor atriz de série dramática: Katey Sagal por Sons of Anarchy.

– Os primeiros artistas já começam a desfilar pelo tapete vermelho de mais uma edição do Globo de Ouro.





Conheça a seção ‘Impressão Digital’

27 09 2010

Você ainda não conhece a recém-lançada página do Universo E! ?

A Impressão Digital é a nova área do Universo E! repleta de comentários, reviews de tudo o que a televisão norte-americana produz ou já produziu. É aqui que será feita nosso cobertura sobre o mundo dos seriados.

Por exemplo, lá você encontra os comentários parciais da 1ª temporada de True Blood.

E o comentário fresquinho sobre o episódio piloto de The Event, que estreou semana passada nos EUA.

E comentários específicos e mais detalhistas sobre os seriados você encontrará por lá!

Não perca tempo! Clique, leia e comente! Participe!





Fãs encaram super semana de séries

19 09 2010

Com uma breve observação sobre o calendário dos retornos e das estreias desse fall season – a principal temporada da televisão norte-americana – já desconfiava da importâcia dessa semana, que inicia-se nesse domingo (dia 19), para os maníacos de séries.

A desconfiança virou fato. o jornal Folha de São Paulo informa na edição desse domingo: “Semana tem estreia de 60 séries nos EUA”.

Dentre essas 60 produções listamos a seguir os principais destaques dos dias da semana:

SEGUNDA-FEIRA –  Além da refilmagem do sucesso televiso Hawaií Five-O, temos a estreia mais aguardada da temporada: The Event pelo canal NBC. A série já foi vendida para diversos países, antes mesmo da estreia. No Brasil será exibida pelo Universal Channel a partir de 18/08.

Nesse dia haverá diversos retornos de produções consagradas: How I Met your Mother, Chuck, Two and Half Men e House por exemplo.

 

TERÇA-FEIRA – O dia está reservado para a grande sensação do momento: os losers de Glee voltam para embalar sua 2ª temporada depois de muitos prêmios recebidos pela temporada de estreia. Campeã de audiência nos EUA volta também a série policial NCIS, trazendo contigo a estreia de sua spin-off (série derivada) NCIS: Los Angeles.

 

QUARTA-FEIRA – No meio da semana temos mais uma produção televisiva assianada por J. J. Abrams. Depois das encerradas Felicity e Lost, e da empolgante Fringe, Abrams estreia pela NBC: Undercovers, protagonizada por um casal de ex-agentes da CIA, que são reconvocados pela agência.

 

QUINTA-FEIRA – Quinta-feira! Considero esse o dia D da televisão dos gringos. Esse dia específico da semana será palco de uma verdadeira batalha pela audiência dos seriado-maníacos. Temos a estreia da aguardadíssima 3ª temporada de Fringe, com o duelo entre o mundo real e o universo alternativo e o retorno de Bones, a dobradinha das noites de quinta do canal Fox; com a série médica Grey’s Anatomy e sua legião de fãs pela ABC; as consagradas comédias da NBCThe Office e 30 Rock e a CBS trazendo os campeões de público CSI – Crime Scene Investigation e The Big Bang Theory com a estreia de S#*! My Dad Says, uma produção baseada em um perfil real do Twitter.

SEXTA-FEIRA – Mas não perca o fôlego! A sexta-feira termina a semana com Smallville e sua 10ª e última temporada e Supernatural pelo canal nanico CW.





62º Primetime Emmy Awards

29 08 2010

(AS POSTAGENS MAIS RECENTES SEGUIRÃO A ORDEM DE CIMA PARA BAIXO)

– Está aí, mais uma premiação com cobertua completa do Universo E! . Mais análises das vitórias durante essa semana. Nos vemos no próximo evento e, diariamente, em nossos posts por aqui!

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA30 Rock, Curb your Enthusiasm, Glee, Modern Family, Nursie Jackie e The Office eram os indicados. Modern Family foi a grande vencedora.

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA – Indicados: Breaking Bad, Dexter, The Good Wife, True Blood, Mad Men e Lost. Vencedor:  Mad Men.

– Vamos agora para o que mais importa para nós brasileiros – as melhres séries da temporada (comédia e drama).

MELHOR FILME PARA TVTemple Grandin. Cujo produtores recebem o prêmio muito emocionados.

MELHOR MINISSÉRIEThe Pacific.

IN MEMORIAN: Fess Parker, jimmy Dean, Roy Disney, Jean Simmons, Peter Graves, Patricia Neal, Gary Coleman, Lna Hornes, Dennis Hopper…

– Os dois prêmios de coadjuvantes nessa categoria foram para uma mesma produção: Temple Grandin.

MELHOR ATOR COADJUVANTE PARA MINISSÉRIE OU FILME PARA TV – David Stratharin.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE PARA MINISSÉRIE OU FILME PARA TV – Julie Ormand. Primeira nomeação e primeira vitória!

– A premiação se dirige para os indicados nas categorias de minissérie e filmes para TV.

– O Emmy premia e reconhece George Clooney pelo trabalho humanitário realizado por Bob Hope. Ao ser apresentado, o ator é aplaudido de pé pelo público.

– Em breve o elenco de True Blood estará no palco do 62º Primetime Emmy Awards.

MELHOR SHOW DE VARIEDADES – Vence The Daily Show with Jon Stewart.

MELHOR DIREÇÃO PARA SHOWS DE VARIEDADES – Bucky Gunts vence pelo trabalho realizado na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver.

– Rick Gervais, o arroz de festa, agora no Emmy.

– No próximo bloco, tributo aos profissionais da televisão que nos deixaram como o ator de Arnold.

MELHOR ROTEIRO PARA SHOW DE VARIEDADESAnnual Tony Awards. Concorriam também o Oscar, Bill Maher, The Kennedy Center Honors, Wanda Sykes.

– Shows de variedades. Programas, aberturas de eventos (Jogos Olímpicos e Copa do Mundo) entram nessa categoria.

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA – Kyra Sedgwick ganha o seu primeiro Emmy pelo seu trabalho em The Closer.

– Tina Fey e Matthew Morrison aguardam nos bastidores, enquanto a premiação está no intervalo.

– PARÓDIA: Um tributo musical à séries que nos deixaram: 24 horas, Law & Order, Lost.

MELHOR DIREÇÃO SÉRIE DRAMÁTICADexter

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA – John Lithgow (Dexter)

– No próximo bloco teremos uma apresentação das músicas das séries que deixaram saudades em seus fãs.

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA: Apresentado por Edie Falco, Bryan Cranston de Breaking Bad desbanca Michael C. Hall (Dexter), Matthew Fox (Lost) e Hugh Laurie (House).

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA: The Good Wife consegue o seu primeiro prêmio na noite com Archia Panjabi.

– Trailer de Wall Street – Money Never Sleeps com Michael Douglas e Shia LaBeouf, o carinha de Transformers e Paranoia.

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA – Aaron Paul por Breaking Bad

MELHOR ROTEIRO DE SÉRIE DRAMÁTICAMad Men.

– Chegou a vez das séries dramáticas e o que elas nos apresentaram essa temporada: Grey’s Anatomy, a trilogia de CSI, Dexter, Law & Order e adjacência, Criminal Minds, Mad Men, House, Friday Night Lights, The Good Wife, True Blood, NCIS, 24 Horas, Damages, Breaking Bad. E não podia deixar de se encerrar essa retrospectiva com Lost.

The Event – a grande aposta da NBC para essa aposta também ganha seus trailers.

– Nos intervalos são constantes as propagandas de Amazon Kindle e IPad (sonho de consumo). Aparece bastante também as chamadas para a volta do programa da Oprah Winfrey.

MELHOR REALITY SHOW: a linda (e morena!) Keri Russel, a eterna Felicity, dá a vitória ao programa Top Chef.

– O melhor da temporada em reality shows agora!

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA – Neil Patrick Harris anuncia a vencedora: Edie Falco por Nursie Jackie.

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA – Finalmente o Emmy faz justiça. Jim Parsons abocanha a categoria por Sheldon de The Big Bang Theory.

– Eva Longoria sobe ao palco para apresentar MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA

– Novas tecnologias para TV (como 3d) são apresentadas em esquetes envolvendo várias produções cômicas.

MELHOR DIREÇÃO EM SÉRIE DE COMÉDIA – Ryan Murphy (Glee)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM COMÉDIA – Neil Patrick Harris (Glee)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM COMÉDIA – breve

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM COMÉDIA – Jane Lynch, leva a merecida estatueta. A primeira vitória de Glee essa noite.

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM COMÉDIA: Eric Stonestreet, Modern Family

– Em seguida vemos um resumo da temporada 2009/2010 nas comédias.

– No número inicial particpação do Hurley de Lost e do jurado Randy Jackson do American Idol.

– Emmy embarca no sucesso de Glee: a abertura começa com um estilo musical característico da série.

– Casal de True Blood (na ficção e na vida real) também passam pelo tapete vermelho: os recém-casados Stephen Moyer e Anna Paquinn.

– No tapete vermelho de tem Lea Michele de Glee. Mas muitos outros artistas vão passar por ali! A propósito, a estrela da série musical está fazendo hoje, no dia da premiação (29/08) 24 aninhos de vida!

– Ajustando a casa, pois já já começa nossa cobertura da maior pemiação da TV norte-americana! Aproveite e junte-se a nós para torcer pela sua série favorita!








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: