Saul Bass homenageado pelo Google

8 05 2013

O americano Saul Bass pode ser, facilmente, considerado uma das mentes mais criativas da humanidade. Sua imaginação está presente nos logotipos de empresas como a United Airlines, AT&T ou Warner Communications

Mas foi através de suas ilustres aberturas de filmes que seu nome ficou conhecido realizando parcerias com renomados mestres da 7ª Arte: Alfred Hitchcock, Martin Scorsese, Stanley Kubrick, só para citarmos alguns… No ano de 1968 ganhou o Oscar de melhor curta-documentário pela produção Why Man Creates (Por Que o Homem Cria, em tradução literal).

Logos criados por Saul Bass e reconhecidos mundialmente!

Logos criados por Saul Bass e reconhecidos mundialmente!

E nesse dia 08 de maio, quando completaria 93 anos de vida, Saul Bass ganha uma homenagem a sua altura com um doodle (logo comemorativo) do Google. Essa homenagem só podia ser deles mesmo. Confira!

Anúncios




RETROSPECTIVA 2010 – parte 2

6 01 2011

O Universo E! traz agora a segunda e última parte de sua RETROSPECTIVA 2010, relembrando os momentos mais marcantes do ano que passou para a indústria do entretenimento em suas várias formas: música, filmes, artes, animação…

JULHO

Julho, mês de férias. O mês onde os 31 dias podem ser traduzidos em uma única palavra: diversão. Mas as distribuidoras brasileiras conseguem provocar ainda mais risos nos fãs que adquirem os boxes de suas séries favoritas. Como no caso retratado pelo post de 02 de julho: a série Fringe, de J. J. Abrams, com o único título em inglês. Óbvio. Mas essa certeza não se aplica na versão brasileira do seriado. Fringe recebe, na arte de capa da embalagem o subtítulo A Grande Conspiração. Já na abertura dos episódios em versão legendada, o título e subtítulo desaparecem para serem substituídos por, simplesmente, Fronteiras. Agora não sei mais de qual série sou fã: Fringe? Fringe – A Grande Conspiração? Fronteiras?!!!

Em julho chegou ao fim mais uma edição da Copa do Mundo onde a Espanha sagrou-se campeã. Além do fracasso da seleção brasileira (que pegou carona no voo de volta com a Argentina), a Copa de 2010 ficou marcada pelo som. E não apenas o das vuvuzelas. Teve K’naan cantando ‘The Waving Flag’; Skank cantando a versão brasileira utilizada na propaganda da Coca-Cola e Shakira cantarolando ‘Waka Waka’.

Taí. A grande responsável pela falta de atualizações do blog durante os meses de junho e julho foi o Mundial da África do Sul, emendando com o início de merecidas férias.

AGOSTO

Este mês começou com um resumo superficial de minhas férias: leituras, revendo séries e muito descanso. Agosto também marca a época em que o friozinho na barriga começa nos fanáticos por séries porque o mês seguinte traz grandes retornos e estréias no fall season da televisão americana.

Na primeira sexta-feira desse mês estreou nos cinemas o longa A Origem. Uma estréia que quebrou uma tradição da Sétima Arte: de reservar sempre os seus melhores filmes para época de final de ano, onde uma produção está mais visível para a corrida do Oscar. E não há mais o que falar, A Origem é, continua sendo e provavelmente será o melhor filme apresentado em 2010, como disse antes: “Agora dificilmente algum filme poderá retirar o título de melhor filme de 2010 de A Origem e das mãos de Christopher Nolan”. Espere e veremos!

Uma pausa para reflexão? Também tivemos nesse post!

Os brasileiros especialistas em séries deram seus palpites sobre as melhores séries em exibição, em um aquecimento para o Emmy 2010. Especialista ou não, se você assiste à muitas séries, demos uma dica de como se organizar utilizando o site o Orangotag. As exibições em 3D novamente dando o que falar: dessa vez ocorreu com as cópias de O Último Mestre do Ar, que fez muita gente economizar uma graninha e desistir de conferi-lo nos cinemas.

E informamos também no finalzinho do mês, um vídeo com a prévia do ainda não-fenômeno The Walking Dead.

SETEMBRO

No mês em que o Universo E! mudou para o visual atual, também foi reservado por grandes informações que você viu primeiro aqui. Fomos conferir a refilmagem do Karate Kid (e não é que gostei?). Revelamos o fim de ano azul que Avatar (e Fox, e James Cameron) teria em 2010… começaram, com um mês de antecedência, as vendas para a estréia de Tropa de Elite 2… o Ministério da Cultura inicou uma votação em seu site sobre a escolha do representante brasileiro na categoria de filme estrangeiro do Oscar 2011… Jim Parsons, Sheldon de The Big Bang Theory revelou a sua homossexualidade… Justin Bieber invadindo telonas e telinhas: trilha de Karate Kid, participação na temporada atual de CSI, e mais cinebiografia…

Ufa! Muita coisa aconteceu em setembro. Mas não acabou por aqui: finalmente comentamos sobre Antes que o Mundo Acabe. Sessenta (!) séries (re)estrearam em uma única semana de setembro! E o Google Street View chegou ás ruas das principais cidades brasileiras.

OUTUBRO

Consolidou o cinema brasileiro pra o ano de 2010 com a chegada triunfal de Tropa de Elite 2 aos cinemas. Com a ajuda do Capitão Nascimento, o Brasil ocupou mais da metade das salas de cinema com suas produções

Mas em meio á uma onda verde e amarela, conseguimos ver Resident Evil 4: Recomeço e noticiar o lançamento da segunda temporada de Fringe.

Para os fãs da saga do Um Anel pela Terra-Média, outubro foi um mês especial: primeiro a eliminação das pendências envolvendo MGM e Warner Bros que impediam o início das filmagens de O Hobbit. E segundo, a chegada ao mercado brasileiro da edição de luxo da trilogia O Senhor dos Anéis em suas versões estendidas.

Enquanto informações eram liberadas para o lançamento da edição de colecionador de Avatar, o CQC chegava na era 3.0, com o programa ganhando mais meia hora em sua duração com transmissão ao vivo pela internet.

Mas de especial nesse mês mesmo teve a estréia, no dia 31, da série The Walking Dead!!!

NOVEMBRO

Chegando ao fim o ano de 2010. E novembro traz consigo notícias e nem tão boas assim…

Era levantada a hipótese real (e até a publicação desse post, essa informação não está descartada) do cancelamento do seriado Fringe após o seu terceiro ano. E logo seguida, a Fox americana informava a mudança de horário da produção das quintas para as temidas sextas-feiras. E mais, se o fenômeno de The Walking Dead ganhava fãs ao redor do mundo com tão pouco tempo de vida, o canal Fox brasileiro tratava de afasta-los com a exibição de episódios dublados e retalhados por aqui.

A rede Cinemark realizava a 11ª edição do seu projeto Projeta Brasil Cinemark. O YouTube também programava uma edição do YouTube Live no Brasil, reunindo os grandes nomes da música sertaneja.

Também em novembro revivemos (ou para alguns, conferiram pela primeira vez) as habilidades fantásticas do piloto Ayrton nas corridas de Fórmula 1 no documentário Senna. E no despedimos de uma das mais importantes figuras do humor em Hollywood: Leslie Nielsen.

DEZEMBRO

No último mês do ano as novidades voltaram a ficar escassas por aqui. Teve o trailer do quarto Piratas do Caribe.

E enquanto essa RETROSPECTIVA estava constrangedoramente atrasada, publicamos uma produzida pelo Google, para 2010 não passar em branco por aqui.

– * – * – * –

Agora sim! Missão dada é missão cumprida! Realizamos aqui a primeira retrospectiva do Universo E! Podemos agora, finalmente, fincar os pés no ano de 2011 e que ele venha repleto de atrações especiais por aqui. Até lá!





Jerry 2010 – a opinião dos brasileiros

13 08 2010

Hoje, sem dúvida nenhuma, os maiores especialistas brasileiros em séries e reality shows americanos são encontrados na internet. É nela que encontramos as legendas de episódios que acabaram de ir ao ar em solo americano; nela encontramos review’s, críticas das séries em exibição; nela ficamos informados pelas novas atrações da próxima temporada; é nela que aprendemos termos como mid season, fall season, season finale, series finale

Tudo isso não é construído pelos tradicionais veículos de comunicação como jornais ou televisão não. E sim em blog’s que vamos ter todas essas e muitas outras notícias a respeito da TV norte-americana. (O qual o Universo E! tem uma tímida contribuição)

Mas, o que será que eles pensam das atuais atrações? Quem se destaca nas produções? E a atuação?

Bem, todas essas respostas serão resumidas no Jerry 2010, premiação organizada pela Sociedade dos Blogs de Séries, que reúne atualmente 24 membros ativos, que discutem e se dedicam principal ou exclusivamente ao mundo das séries e formam a nata da crítica especializada na internet brasileira.

O Universo E! traz agora as 28 categorias da premiação, cujos vencedores serão eleitos a partir dos votos dos membros da sociedade e formará um panorama do que há de melhor em exibição atualmente. Os indicados são esses:

SÉRIE DRAMÁTICA

  • Breaking Bad
  • Dexter
  • Fringe
  • Lost
  • Mad Men
  • True Blood

SÉRIE DE COMÉDIA

  • Community
  • Chuck
  • Glee
  • Modern Family
  • Parks e Recreation
  • The Big Bang Theory

ELENCO EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Breaking Bad
  • Damages
  • Lost
  • Mad Men
  • The Good Wife

ELENCO EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Community
  • Glee
  • Modern Family
  • Parks and Recreation
  • 30 Rock

SÉRIE REVELAÇÃO

  • Community
  • Glee
  • Modern Family
  • The Good Wife
  • Treme

INTÉRPRETE REVELAÇÃO

  • Danny Pudi, por Community
  • Eric Stonestreet, por Modern Family
  • Joel McHale, por Community
  • Lea Michele, por Glee
  • Rico Rodriguez, por Modern Family
  • Sofia Vergara, por Modern Family

ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Bryan Cranston, por Breaking Bad
  • Hugh Laurie, por House
  • Matthew Fox, por Lost
  • Michael C. Hall, por Dexter
  • Jon Hamm, por Mad Men
  • Kyle Chandler, por Friday Light Nights

ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Anna Gunn, por Breaking Bad
  • Connie Britton, por Friday Night Lights
  • Glenn Close, por Damages
  • Julianna Marguiles, por The Good Wife
  • Kyra Sedgwick, por The Closer

ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Alec Baldwin, por 30 Rock
  • Jim Parsons, por The Big Bang Theory
  • Joel McHale, por Community
  • Steve Carell, por The Office
  • Ty Burrell, por Modern Family
  • Zachary Levi, por Chuck

ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Amy Poehler, por Parks and Recreation
  • Edie Falco, por Nursie Jackie
  • Julie Bowen, por Modern Family
  • Lea Michelle, por Glee
  • Tina fey, por 30 Rock
  • Toni Collete, por United States of Tara

ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Aaron Paul, por Breaking Bad
  • John Noble, por Fringe
  • Martin Short, por Damages
  • Michael Emerson, por Lost
  • Terry O’Quinn, por Lost

ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Cherry Jones, por 24 Horas
  • Christina Hendricks, por Mad Men
  • Christine Baranski, por The Good Wife
  • Elisabeth Moss, por Mad Men
  • Olivia Willians, por Dollhouse
  • Sandrah Oh, por Grey’s Anatomy

ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Chevy Chase, por Community
  • Danny Pudi, por Community
  • Ed O’Neil, por Modern Family
  • Eric Stonestreet, por Modern Family
  • Neil Patrick Harris, por How I Met your Mother
  • Nick Offerman, por Parks and Recreation

ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Allison Brie, por Community
  • Jane Krakowski, por 30 Rock
  • Jane Lynch, por Glee
  • Sofia Vergara, por Modern Family
  • Yvonne Strahovski, por Chuck

PATICIPAÇÃO ESPECIAL EM SÉRIE DRAMÁTICA

  • Gregory Itzin, em 24 Horas
  • John Lithgow, por Dexter
  • Mary McDonnell, por The Closer
  • Ted Danson, por Damages
  • Zach Gliford, por Friday Night Lights

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Christine Baranski, por The Big Bang Theory
  • Jon Hamm, por 30 Rock
  • Julianne Moore, por 30 Rock
  • Kristin Chenoweth, por Glee
  • Michael Sheen, por 30 Rock
  • Neil Patrick Harris, por Glee

ROTEIRO

  • Carlton Cuse e Damon Lindelof, por Lost
  • Emily Cutler, por Community
  • Matthew Weiner, por Mad Men
  • Shonda Rhimes, por Grey’s Anatomy
  • Vince Gilligan, por Breaking Bad

DIREÇÃO

  • Jack Bender, por Lost
  • Justin Lin, por Community
  • Lesli Linka Glatter, por Mad Men
  • Michelle MacLaren, por Breaking Bad
  • Vince Gilligan, por Breaking Bad

EDIÇÃO

  • Breaking Bad
  • Dollhouse
  • Community
  • Friday Night Lights
  • Lost
  • 24 Horas

TRILHA SONORA

  • Glee
  • Grey’s Anatomy
  • Lost
  • Treme
  • True Blood

FOTOGRAFIA

  • Breaking Bad
  • Lost
  • Friday Night Lights
  • Mad Men
  • Fringe

DESENHO DE PRODUÇÃO

  • Dollhouse
  • Glee
  • Lost
  • Mad Men
  • True Blood

PROGRAMA DE VAIEDADES

  • Jimmy Kimmel Live
  • Late Show with David Letterman
  • Saturday Night Live
  • The Daily Show with Jon Stewart
  • The Tonight Show with Conan O’Brien

REALITY/GAME SHOW

  • American Idol
  • So You Think You Can Dance
  • Survivor
  • The Amazing Race
  • Top Chef

PROGRAMA BRASILEIRO

  • A Grande Família
  • Central da Copa
  • CQC – Custe o que Custar
  • Furo MTV
  • Som e Fúria

APRESENTADOR DE PROGRAMA DE VARIEDADES

  • Bill Maher, por Real Time with Bill Maher
  • Conan O’Brien, por The Tonight Show with Conan O’Brien
  • David Letterman, por Late Show with David Letterman
  • Jimmy Kemmel, por Jimmy Kemmel Live
  • Jon Stewart, por The Daily Show with Jon Stewart

APRESENTADOR DE REALITY/GAME SHOW

  • Cat Deeley, por So You Think You Can Dance
  • Jeff Probst, por Survivor
  • Padma Lakshmi, por Top Chef
  • Phil Keoghan, por the Amazing Race
  • Ryan Seacrest, por American Idol

MICO DO ANO

  • FlashForward
  • Legendários
  • NBC e Tonight Show
  • Spoilers de Lost na Globo
  • Warner cancela Gossip Girl




Tiros para todos os lados

2 07 2010

A frase-título desse post refere-se a minha síntese do que pude conferir da versão brasileira do box da 1ª temporada de Fringe, que chegou há poucos dias para mim (yeah!). E se você já acompanha o Universo E! com certa frequência sabe a minha admiração por essa fantástica produção de J. J. Abrams.

Pois bem. Em uma tradução literal, fringe pode ser traduzido como ciência de borda, ciência marginal, já que os casos retratados pela série trazem justamente a tona experiências de uma ciência não-convencional e perigosa se for manuseada por mãos erradas.

Admito a dificuldade de traduzir todas essas infinitas possibilidades em único título. E também admito a chatice que os fãs ‘puritanos’ (eu!) tem com traduções e dublagens de nosso objeto de desejo.

image No caso de Fringe, a distribuidora brasileira Warner também não soube definir muito bem um título para o público brasileiro. Você recebe o box da série e na capa tem “FRINGE – A GRANDE CONSPIRAÇÃO”. O que segue basicamente a regra universal das traduções para o português de séries americanas: um subtítulo logo após o nome original (vide ‘As Aventuras do Superboy’, ‘A Garota do Blog’, ‘Investigação Criminal’, ‘Um Estranho no Paraíso’…). Até aí, aparentemente nada de mais.

Mas quando você vai conferir os episódios, tanto em versão dublada ou legendada, lá vem a voz ou as letrinhas: FRONTEIRAS. Só que não há nenhuma ‘fronteira’ na capa do box e nem nos dvd’s internos.

Uma série com múltiplos títulos ao gosto do consumidor. Basta escolher o seu! O meu é o bom e velho Fringe!








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2019

Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atual Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. É o Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: