ANÁLISE: O Lobo Atrás da Porta

4 10 2014

FILME VISTO DURANTE A 1ª SEMANA TUPINIQUIM CINEFLIX

Uma investigação sobre o rapto de uma garotinha na creche aponta que há motivações bem mais graves por trás do sequestro. As revelações ocorrem a partir de depoimentos dos envolvidos frente ao delegado vivido por Juliano Cazarré (dos filmes Serra Pelada e A Febre do Rato). De forma incisiva e até bruta, ele consegue maiores detalhes dos depoentes. A sua experiência no cargo lhe ensinou a não ignorar nenhuma vertente de possibilidades, por mais que aqueles sentados a sua frente possam estranhar os seus questionamentos.

Sylvia (Fabíula Nascimento, Não Pare na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho e Estação Liberdade) aparece com uma queixa na delegacia contra a responsável pela creche de sua filha, já que a criança foi entregue a uma desconhecida após uma falsa ligação em nome dela alegando mal-estar e, portanto, não poderia buscar a criança na escola. Com a chegada do pai, Bernardo (Milhem Cortaz, dos dois Tropa de Elite e Amanhã Nunca Mais), e a perspicácia do delegado, logo se sabe a existência de uma amante. Assim, todas as suspeitas recaem sobre Maria Rosa (a atriz Leandra Leal, de Cazuza: O Tempo não Pára e Zuzu Angel), mulher que mantem um relacionamento extraconjugal de mais de um ano com o pai da criança desaparecida.

Flashblacks complementam os testemunhos, momentos em que o roteiro de Fernando Coimbra (e que também dirige o seu primeiro longa-metragem), usa para mostrar o ponto de vista de cada personagem e, dessa forma, consegue mesclar sequências de intensa carga emocional com outras cenas mais tranquilas, mais íntimas. Para um thriller policial, o filme conta com algumas passagens com ritmo que destoa do restante da narrativa, sem afetar dessa forma o nosso interesse pela trama. Observe uma das inúmeras interações entre Bernardo e Rosa, onde em certo momento os dois conversam lenta e pausadamente com uma grade de janela separando eles da câmera. Poucos filmes do mesmo gênero apostariam em uma cena tão extensa como essa.

Sem dúvida isso é fruto do talento de seus atores. Com um dos melhores atores do cinema brasileiro em atividade, Milhem Cortaz, que demonstra perfeitamente todo o cinismo e cafajestismo de Bernardo – preocupado apenas em satisfazer seu desejo sexual – e mais Leandra Leal, que juntos em cena, transbordam uma sensualidade intensa. A atriz, por sua vez, transita muito bem pelos três perfis que compõe a sua personagem: além do de amante, ainda se faz de dissimulada para a esposa de Bernardo, frequentando sua casa como se fosse uma distante conhecida de muito tempo do casal e o de vilã, escondida atrás de suas expressões dóceis.

As ações dos dois que levam às drásticas ocorrências que O Lobo Atrás da Porta reserva em seu desfecho: Bernardo, tentando esconder a todo custo o seu relacionamento extraconjugal, opta por artifícios bárbaros ao forçar um aborto em Rosa e por um fim na relação, o que a leva ir até as últimas consequências. O problema é que ele nunca desconfiou (ou nunca acreditou) das tendências psicopatas dela. Psicopatia que não estabelece limites para o quê pode ou não ser feito para se vingar do término do caso amoroso e da crueldade a que ela foi submetida. Ao não querer falar mais do assunto, nem se arrepender do que fez e muito menos exigir o perdão de quem quer seja, define muito bem o lado vingativo, frio e calculista de Rosa.

O Lobo Atrás da Porta é um eficiente quebra-cabeças que vai sendo montado aos poucos e consegue camuflar os seus mistérios e apontar, propositadamente, para a direção errada (e nesse caminho conta com a participação especial da surpreendente e explosiva Thalita Carauta) sem se perder do fio condutor principal do drama. Uma experiência gratificante acompanhar o seu desenrolar e ver uma bem-sucedida diversificação (de gênero, temática e montagem) do cinema nacional que consegue extrair uma ótima história de um triângulo amoroso e de todas as suas mentiras e dissimulações. Uma promissora entrada de Fernando Coimbra no cenário de longas metragens brasileiros.

NOTA: 5/5





ANÁLISE: De Menor

28 09 2014

FILME VISTO DURANTE A 1ª SEMANA TUPINIQUIM CINEFLIX 

Helena retorna para casa após mais um momento de curtição na praia. Na residência à venda está Caio (Giovanni Gallo, mais conhecido por ser um dos protagonistas da série Pedro e Bianca da TV Cultura), seu irmão mais novo de 16 anos, pelo qual ela ficou responsável devido à perda de seus pais. Num primeiro momento, De Menor foca na relação extremamente carinhosa entre os irmãos com direito a brincadeiras inocentes na praia, a cafunés na cozinha e no sofá e abraços afetuosos.

Helena (Rita Batata, Não por Acaso e O Magnata) é uma defensora pública que lida diariamente com menores infratores na cidade de Santos om perfis extremamente opostos ao de seu irmão. Há aquele que não tem a presença de nenhum dos pais por perto e não possui vida escolar, mas faz luzes no cabelo e tem um braço todo coberto por tatuagens; há aquela menina grávida que pretende ter o filho na rua por não aceitar ficar em abrigos e nem retornar para a casa da mãe e há outros que cometem infrações de menor potencial ofensivo.

Ter um adolescente sob sua responsabilidade faz com que Helena tenha muito mais proximidade e compaixão com aqueles que sentam no banco de réus da Vara da Infância e Juventude. Natural também que sua atuação nessas audiências seja sempre mais branda do que a de seus nobres colegas julgadores. O seu comprometimento com trabalho a leva, inclusive, a procurar a mãe de um deles em São Paulo (e ajuda-la financeiramente) para que ela compareça na audiência na cidade litorânea.

O que Helena jamais esperava é que uma das audiências que já está tão acostumada a presenciar seria com o seu irmão. Caio enganou muito bem, tanto a irmã quanto o público. Jamais esperávamos que o mesmo garoto de danças psicodélicas debaixo do chuveiro, consumidor de bolachas recheadas e autor de beijos carinhosos em sua irmã advogada fosse se enveredar pelas trilhas do crime. Se a primeira vez em que é visto algemado na delegacia surpreende, a segunda vez em que é preso já não causa tanta surpresa. Nem mesmo a gravidade do crime dessa vez: assalto a mão armada.

Com uma dupla de protagonistas que constroem personagens e situações verossímeis com atuações tão evidentes por closes frequentes, De Menor apresenta também um competente Caco Ciocler (do divertidíssimo 2 Coelhos e Meu Pé de Laranja Lima) no papel de juiz. O ator veterano consegue se destacar não só pela compreensão ao conduzir suas audiências, mas também por demonstrar sua autoridade em momentos em que não surge em tela, trazendo a firmeza de seu personagem apenas com a voz.

Dolorido presenciar o processo de desconstrução que Helena faz da imagem de seu irmão conforme vai descobrindo fatos que ele ocultava em sua própria investigação. Dói vê-la vasculhar o quarto dele em busca de algo que tivesse passado despercebido, fazendo com que não tomasse providências anteriormente. Uma ferida interna crescente após a tamanha responsabilidade que passou a ter em mãos de repente, ao ter um adolescente para educar e criar, sem a maturidade suficiente para tanto.

De Menor é um desses filmes que não precisam de muito para ser mostrar a que veio. A simplicidade de seu roteiro e de sua montagem não deixa a desejar, mas sim só a valorizar, por convencer com muito pouco. A defensora pública agora com o próprio irmão recolhido em uma Fundação Casa agora terá que reencontrar forças para continuar a vida, que dia após dia, não vem se revelando fácil para ela. E por mais que Helena pareça não sucumbir a essa pressão, a cena que encerra o longa, com ela encolhida numa banheira mostra o quanto ela já está sofrendo com tudo isso.

NOTA: 5/5





1ª Semana Tupiniquim Cineflix | programação

24 09 2014

Começa nessa quinta (25/09) e vai até a próxima quarta-feira (01/10) a 1ª Semana Tupiniquim do Cineflix. Uma programação especial composta por 8 filmes nacionais que representam a excelente safra da produção cinematográfica brasileira em 2014, sendo destaque no mundo todo.

semanatupininquim

Serão de 4 a 5 sessões diárias com o preço único a R$ 7,00 e uma ótima oportunidade de ver aquele filme você deixou sair de cartaz sem assistir ou ter uma nova oportunidade de revê-lo na tela grande. Também está incluído na programação o nosso indicado a concorrer a uma das vagas de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2015, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.

A rede Cineflix tem atualmente 10 complexos em operação em 4 estados: Distrito Federal, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

1017627_594234360616164_1362370307_n

Para facilitar ainda mais a sua vida, disponibilizamos abaixo a programação completa dessa semana festiva para a região metropolitana de Campinas: nas cidades de Campinas e Valinhos.

Aproveite e prestigie o que o Cinema do Brasil tem de melhor:

CAMPINAS – CINEFLIX (SHOPPING GALLERIA)

QUINTA 25/09

  • 14h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 14h10 Praia do Futuro
  • 16h30 A Oeste do Fim do Mundo
  • 19h00 O Homem das Multidões
  • 21h30 De Menor

SEXTA 26/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Praia do Futuro
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Riocorrente

SÁBADO 27/09

  • 14h00 O Homem das Multidões
  • 16h30 De Menor
  • 19h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 19h10 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 21h30 A Oeste do Fim do Mundo

DOMINGO 28/09

  • 14h00 Riocorrente
  • 16h30 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 19h00 Praia do Futuro
  • 21h30 Dominguinhos

SEGUNDA 29/09

  • 14h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 16h30 O Homem das Multidões
  • 19h00 De Menor
  • 21h30 O Lobo Atrás da Porta
  • 21h40 Riocorrente

TERÇA 30/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Riocorrente
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Praia do Futuro

QUARTA 01/10

  • 14h00 De Menor
  • 16h30 Dominguinhos
  • 19h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 21h30 O Homem das Multidões

VALINHOS – CINEFLIX (SHOPPING VALINHOS)

QUINTA 25/09

  • 14h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 14h00 Dominguinhos
  • 16h30 A Oeste do Fim do Mundo
  • 19h00 O Homem das Multidões
  • 21h30 De Menor

SEXTA 26/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Praia do Futuro
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Riocorrente

SÁBADO 27/09

  • 14h00 O Homem das Multidões
  • 16h30 De Menor
  • 19h00 O Lobo Atrás da Porta
  • 19h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 21h30 A Oeste do Fim do Mundo

DOMINGO 28/09

  • 14h00 Riocorrente
  • 16h30 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 19h00 Praia do Futuro
  • 21h30 Dominguinhos

SEGUNDA 29/09

  • 14h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 16h30 O Homem das Multidões
  • 19h00 De Menor
  • 21h30 O Lobo Atrás da Porta
  • 21h30 Dominguinhos

TERÇA 30/09

  • 14h00 Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • 16h30 Riocorrente
  • 19h00 Dominguinhos
  • 21h30 Praia do Futuro

QUARTA 01/10

  • 14h00 De Menor
  • 16h30 Dominguinhos
  • 19h00 A Oeste do Fim do Mundo
  • 21h30 O Homem das Multidões




Festival Varilux de Cinema Francês 2014 – Números finais

4 06 2014

Saiu hoje o balanço geral do Festival Varilux de Cinema Francês 2014.

fvcf2014

O festival que trouxe as produções mais recentes da cinematografia francesa para 70 cinemas distribuídos em 40 cidades por todo o Brasil. A 5ª edição do Festival Varilux contou com a exibição de 16 filmes e chegou á um público recorde de 97 mil espectadores. O Universo E! fez uma intensa cobertura que resultou em 5 posts com rápidas resenhas sobre os filmes vistos, incluindo O Passado, Eu, Mamãe e os Meninos e Antes do Inverno (parte 1, parte 2, parte 3, parte 4 e parte 5).

Extremamente contente pelos números alcançados na edição desse ano, parabenizo também a cidade de Campinas (cidade-sede do Universo E!) por figurar entre as 10 cidades de maiores públicos do Festival Varilux (3.330 espectadores) em nível nacional e a 2ª entre as cidades paulistas, ficando a frente de capitais como Brasília, Porto Alegre, Salvador, Goiânia entre outras cidades. Os dois cinemas que sediaram as exibições por aqui – Topázio Cinemas no Prado Boulevard e Cineflix do Galleria Shopping – perfizeram uma renda total de R$32.563,00. Ambos também figuraram entre os 30 cinemas com maior arrecadação do festival!

Obrigado à todos que nos acompanharam nessa deliciosa jornada e já estamos à espera do próximo!

 

 

 





Festival Varilux de Cinema Francês 2014

30 03 2014

Considerado o berço do cinema, afinal foi na França que os irmãos Auguste e Louis Lumière desenvolveram a câmera e realizaram a primeira projeção pública de um filme, a cinematografia francesa é uma das mais agradáveis e contagiantes de se acompanhar, sempre produzindo bons e inesquecíveis filmes.

fvcf2014

Se tais obras não possuem o apelo comercial necessário para figurar entre as sessões de nossas milhares de salas de cinema, o Festival Varilux de Cinema Francês traz a nata da produção do cinema da França para as terras tupiniquins. Em 2014 o festival ocorrerá em todo o Brasil entre os dias 09 e 16 de abril. Confirmado até agora (porque a programação oficial ainda não saiu) está Campinas, que a exemplo dos anos anteriores, terá dois espaços destinados ao festival: o Topázio Cinemas no Shopping Prado e o Cineflix, no Galleria Shopping.

Ao todo, serão 15 filmes em exibição:

  • Um Amor em Paris
  • O Amor é um Crime Perfeito
  • Antes do Inverno
  • Um Belo Domingo
  • Eu, Mamãe e os Meninos
  • A Grande Volta
  • Grandes Garotos
  • Os Incompreendidos – Homenagem a Truffaut
  • Uma Juíza sem Juízo
  • Lulu, Nua e Crua
  • O Passado
  • Um Plano Perfeito
  • Uma Relação Delicada
  • Suzanne
  • Uma Viagem Extraordinária

 

EDIT 03/04/2014: Para quem nos lê de Campinas, nossa página no Facebook traz a programação completa da cidade nos dois endereços onde o  Festival ocorre! Aproveite e curta-nos por lá!

https://www.facebook.com/pages/Universo-Entretenimento/338265649547996





Festival Varilux de Cinema Francês 2013

1 05 2013

O Festival Varilux de Cinema Francês chega com números bastante expressivos em 2013: o festival chega em 45 cidades este ano, com 15 produções recentes do país europeu sendo exibidas em 80 salas, consolidando esta com uma das maiores mostras internacionais de cinema no Brasil.

Em Campinas, a exemplo do ano passado, a maratona de filmes inicia-se nessa sexta, dia 03, nos complexos do Cineflix no Galleria Shopping e do Topázio Cinemas do Shopping Prado. A programação você confere na divulgação oficial do festival  logo abaixo:

cinefrancamp





Cinema em Campinas: mercado aquecido!

18 02 2013

Campinas vive um bom momento em seu mercado exibidor. A cidade conta atualmente com 54 salas de exibição pertencente a sete redes diferentes: Kinoplex (15 salas), Cinemark (8 salas), Cineflix (05 salas), Topázio Cinemas (4), Cinematográfica Araújo (06), Moviecom Cinemas (06) e Box/Cinépolis Cinemas (10).

E em breve os espectadores campineiros terão uma oitava empresa como opção: a rede Cinesercla Cinemas pretende instalar na cidade o seu 10º complexo.

Cinesercla: a oitava rede diferente de cinemas em Campinas. Cidade chegará a 58 salas de exibição!

Cinesercla: a oitava rede diferente de cinemas em Campinas. Cidade chegará a 58 salas de exibição!

As quatro novas salas (uma com tecnologia em exibição 3D) serão instaladas no Shopping Spazio Ouro Verde com previsão de inauguração entre março/abril desse ano. A rede Cinesercla tem presença em 06 estados brasileiros operando pequenos complexos de 02 a 06 salas e encontra-se atualmente em uma fase de franca expansão com mais quatro empreendimentos a serem construídos, totalizando oito estados. Em São Paulo, além de Campinas, a Cinesercla também está presente na cidade de Osasco.

DE TALHE DO NOVO COMPLEXO EM CAMPINAS:

  • Quantidade de salas: 4 (uma equipada com 3D).
  • Capacidade: 539 lugares ao todo.
  • Investimento: R$ 4 milhões.

LOCALIZAÇÃO:

Shopping Spazio Ouro Verde
Avenida Ruy Rodriguez, 3.900, Pq Universitário
Campinas / SP




Festival Varilux de Cinema Francês 2012

15 08 2012

O que o cinema contemporâneo francês tem de melhor ganha espaço no Festival Varilux de Cinema Francês 2012. O festival nacional ocorrerá simultaneamente em 32 cidades brasileiras de 17 a 23 de agosto, tendo em sua programação 17 produções (várias delas exibidas no Festival de Cannes e inéditas no país).

O Festival Varilux cresceu significativamente aqui na Região Metropolitana de Campinas: além do espaço convencional para filmes europeus na cidade campineira – o Topázio Cinemas no Shopping Prado -, o festival também pode ser conferido em Indaiatuba no multiplex do mesmo grupo instalado no Polo Shopping ou ainda no Cineflix do Galleria Shopping em Campinas.

Auxiliado pela tecnologia digital, o festival abrigará setes dias inteiros dedicados a exibições de produções francesas dos mais diversos gêneros, da comédia ao thriller, incluindo o sucesso Intocáveis que levou mais de 20 milhões de espectadores na França, sendo um dos filmes mais vistos da história do cinema de lá!

A programação completa do Festival Varilux de Cinema Francês 2012 e outras atividades (como oficina de roteiro e encontro com artistas e produtores mais concentradas no Rio de Janeiro ou em São Paulo) podem ser vistas em http://www.variluxcinefrances.com.br .





Um cinema; múltiplas atrações

17 05 2012

Embora não tenha vivido o áureo tempo dos elegantes e suntuosos cinemas de rua, é interessante acompanhar a fase que os cinemas de shopping, os multiplex’s, vem passando.

O Brasil, desde que ganhou o seu primeiro complexo de cinemas em 1997, vem consolidando o seu mercado exibidor. E os brasileiros puderam se acostumar a ir aos shoppings centers e encontrar em um só local, diversos filmes em cartaz.

Hoje os cinemas oferecem várias formas para se conferir uma produção cinematográfica: o bom e velho 2D convencional ou utilizando os óculos para os filmes formatos em três dimensões. Outros cinemas selecionados oferecem ainda a possibilidade de imergir na imensa tela IMax. Isso sem contar as opções de dublado e legendado.

Mas de uns tempos para cá, filmes deixaram de ser a única opção a ser exibida nas telonas graças a tecnologia digital. Empresas, com destaque para a Mobz Live, oferecem em parceria com exibidores pelo país uma gama variada de atrações para todos os gostos.

Vários shows podem ser transmitidos ao vivo do país onde se realizam direto para a sala de cinema e tudo em 3D. Também há a possibilidade de gravação desses espetáculos para exibição posterior. Inclui-se aqui também outros shows como os sofisticados ballets e óperas, que podem ter transmissão simultânea às suas realizações em Nova Iorque ou Moscou.

Mais recentemente foi incluída mais uma opção que pode ser desfrutada no cinema: a exibição de partidas de futebol. Muito disso de
ve-se aos grandes espetáculos que são os jogos promovidos pelos campeonatos europeus, cá entre nós, dignos de uma tela grande.

O que pesa ainda contra essas atrações, por enquanto, é o preço salgado  já que o ingresso pode chegar a custar a bagatela de R$ 60,00. Mas vamos torcer para que, com a popularização e com adesão de mais espectadores a essas atrações, os preços caiam e mais gente ainda possa ter a oportunidade de conferir essas outras opções que o cinema pode oferecer.

Oportunidade inédita que poderei acompanhar nesse sábado com a transmissão ao vivo e em 3D da final da UEFA Champions League 2012 (Bayern de Munique x Chelsea) nesse sábado a partir das 15h30. Se sua cidade possuir uma unidade do Kinoplex ou Cineflix são grandes as chances de você poder conferir esse show de bola também!





Novidades no mercado exibidor de Campinas

13 01 2012

Campinas ganhará em breve o seu sexto complexo de cinemas. Com a inauguração do novo shopping da cidade prevista para o próximo mês de outubro, o shopping Parque das Bandeiras, a cidade receberá pela primeira vez o grupo Cinematográfica Araújo. O multiplex da rede ocupará o terceiro pavimento do empreendimento juntamente com a praça de alimentação.

Com sede em Botucatu, a Araújo administra 97 salas em seus estados (inclusive Rondônia), com forte presença no interior do estado de São Paulo. Entre os diferenciais oferecidos estão as salas VIPs e a tela gigante MAX SCREEN. Ainda não se sabe quais dessas atrações estarão disponíveis para os campineiros.

A instalação desse novo shopping fortalece e estabelece Campinas como um grande mercado consumidor, abrangendo toda a sua região metropolitana além dos outros cinco shoppings já existentes.

Para os cinéfilos uma ótima notícia, pois a chegada desse novo centro comercial amplia o mercado de cinema na cidade trazendo a Cinematográfica Araújo, rede inédita na região. Campinas passa a contar com seis empresas exibidoras: Kinoplex (Parque Dom Pedro Shopping), Box Cinemas (Campinas Shopping), Cineflix, ex-Cinesystem (Galleria Shopping); Moviecom (Shopping Unimart) e Cinemark (Shopping Iguatemi Campinas).

CINEMARK – Falando em Cinemark, a rede inaugurou em janeiro a sua sala XD – Extreme Digital Experience. Segundo descrição da própria empresa: “Um absurdo de tela, um absurdo de som, um absurdo de cinema!”.

A novidade vinha exibindo Missão Impossível 4: Protocolo Fantasma e a partir dessa sexta-feira 13, passou a exibir a estreia de Sherlock Holmes 2: Jogo das Sombras.








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2017

Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: