Superman e Batman juntos, só em 2016!

18 01 2014

A Warner Bros alterou o início da produção do novo filme de Superman (Superman vs Batman) para meados de maio/junho desse ano e o lançamento do blockbuster foi espichado para 06 de maio de 2016. A data de estreia anteriormente prevista para ele (17/07/2015), agora será destinada ao filme Pan, baseado na obra original de Peter Pan, com Joe Wright na direção e, por enquanto, só com Hugh Jackman confirmado no elenco.

superman-batman-logo

Com a decisão, Superman vs Batman esvazia um calendário de 2015 recheado de grandes estreias, entre elas: o reboot de Quarteto Fantástico, Os Vingadores 2: A Era de Ultron, Terminator: Genesis, Independence Day 2, Jogos Vorazes: Esperança – Parte 2 e Star Wars: Episódio VII. De acordo com a Variety, a opção pelo adiamento ocorreu para que os produtores pudessem realizar completamente a visão complexa que possuem para o longa.

Quem está sob pressão após esse reagendamento de datas é o tão criticado Ben Affleck (cujo Argo venceu o Oscar de melhor filme no ano passado). O ator só estará disponível no final deste ano para dirigir Live by Night, que já tem data de estreia marcada para o Natal de 2015.

Superman vs Batman trará novamente o grande elenco que esteve presente em O Homem de Aço: além de Henry Cavill que vive o protagonista, retornam também Laurence Fishburne, Amy Adams e Diane Lane.

EDIT 26/01/2014 – A razão para a mudança da estreia em um ano tem um nome: Ben Affleck. Pois é grande a probabilidade do ator não vestir o uniforme negro do homem-morcego.

Tudo isso em grande parte pela recepção negativa dos fãs com o anúncio de Affleck como Batman. Por isso, além da alteração da data de estreia, possivelmente haverá no futuro um ‘desentendimento criativo’ entre o ator e o diretor Zack Snyder.

Toda uma desculpa para diminuir a importância dos fãs nessas alterações e nem deixar transparecer que um grande estúdio como a Warner Bros deixe-se influenciar tão fácil assim!

Anúncios




O Hobbit e 007 faz MGM renascer

24 03 2013

MGM, o estúdio histórico por trás de grandes produções cinematográficas como O Mágico de Oz, Casablanca ou dona de parte da franquia de James Bond, teve um início de século XXI esquecível: a Metro Goldwyn Mayer teve nos últimos anos a troca de sua gerência após a demissão de vários funcionários e inclusive com sua falência decretada, o que poderia por fim ao tradicional leão que abre os seus filmes.

Mas o ano de 2012 mudou o rumo do futuro do estúdio: em um ano em que a bilheteria mundial dos cinemas cresceu 6%, chegando quase a incríveis US$ 35 bilhões, a MGM abocanhou 2 bilhões desses dólares com os sucessos de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (que ela divide os 50% dos direitos com a Warner Bros) e 007 – Operação Skyfall (detêm 75% dos direitos do famoso agente secreto juntamente com a Sony).

Tais resultados extremamente positivos e um calendário promissor de estreias para os próximos anos (os dois longas restantes de O Hobbit, a continuação da franquia 007 com uma nova produção a cada dois anos e ainda possíveis remakes de Carrie – A Estranha e Hércules) podem possibilitar uma nova abertura de capital da MGM e uma consequente captação de mais recursos no mercado financeiro, operação semelhante a realizada pela Lionsgate, que segundo especialistas, possuía valorização semelhante a da MGM atualmente, cerca de US$ 3 bilhões.

Torcemos para que essa negociação se concretize e o mercado cinematográfico confirme as expectativas e continue aquecido. Melhor para a MGM e melhor para nós, cinéfilos!





Christopher Nolan une dois gigantes do cinema

8 03 2013

Com essa união arrebatadora já temos o filme de ficção científica mais aguardado da temporada com estreia agendada para novembro de 2014 nos cinemas e nas salas IMAX de todo o mundo. A Paramount será responsável pelo seu lançamento no mercado doméstico dos EUA, enquanto a Warner Bros será responsável por essa mesma função no mercado internacional.

Essa raríssima união de dois grandes estúdios de cinema demonstra o tamanho potencial de Interstellar, a nova aventura de Christopher Nolan, aquele responsável por reerguer a franquia do Batman nas telonas. O anúncio da parceira realizado hoje (08/03) foi surpreendente pois tanto Paramount quanto Warner Bros nunca trabalharam conjuntamente, mas ambos estúdios irão co-produzir e distribuir a ficção científica baseada no roteiro de Jonathan Nolan, irmão do aclamado diretor.

Interessante observar também que, ao contrário da trilogia do Batman e/ou de A Origem, a parceira comercial dos irmãos Warner, Legendary Pictures, não está associada ao projeto, que será produzido pela Syncopy Films (do casal Chris Nolan e Emma Thomas) e Lynda Obst Productions. Interstellar (ainda sem tradução para o português) contará a história de uma heroica viagem espacial muito além de nossa compreensão científica.

Se a ciência ainda não compreende tal empreitada, Warner e Paramount apostam e alto no retorno financeiro dessa nova jornada dos Nolan.

The Nolan Brothers: o Jonathan (a esq.) escreve e Christopher (a dir.) dirige. Essa é a fórmula do sucesso!

The Nolan Brothers: o Jonathan (a esq.) escreve e Christopher (a dir.) dirige. Essa é a fórmula do sucesso!





Não é fácil ser fã de Fringe

24 02 2012

Atualmente gostar de Fringe não é apenas ser fã de uma das melhores séries de ficção científica já produzida pela TV americana como também sofrer com as notícias que rondam a série.

Durante sua exibição somos atormentados semanalmente com as informações sobre a baixa audiência registrada nas noites de sextas-feiras, mesmo que o número de telespectadores que gravem a atração para assisti-la posteriormente seja satisfatório. Esse cenário se agrava porque a grade de sexta é reservada a produções de baixo prestígio, fadadas ao cancelamento, ainda mais quando não se consegue um bom número de ibope ao vivo, registro crucial nesse ramo devido a propaganda que pode ser cortada quando se grava o programa.

Por esse cenário, desde a estréia de um novo ano de Fringe em meados de setembro até essa época, no início de cada ano, todo fã que se preza mobiliza-se no movimento #SaveFringe, para que produtores e mandatários da Fox (canal que a exibe) e Warner Bros (estúdio que a produz) pensem positivamente na hora de decidir sobre sua renovação.

E é através da Warner que nós, fringenianos, temos nosso maior apoio. O estúdio em declaração recente de Peter Roth, presidente do braço televisivo do estúdio, disse que o cancelamento precoce da série não está no plano deles. Para tanto, até uma mudança de emissora poderia aliviar essa tensão, uma vez que Kevin Reilly, presidente da Fox, já alertou que sua emissora não está no ramo para perder dinheiro.

Assim, é com muita alegria que posto aqui um rumor que passou a rondar na internet sobre a produção de uma quinta temporada. Segundo Davi Garcia do site Ligado em Série em seu perfil no Twitter @dudenews, Fringe pode ser renovada por mais ano, tendo então apenas 15 episódios para que os roteiristas possam finalizar essa excepcional série.

Não é fácil ser fã de Fringe! Se você também é fanático pela divisão Fringe com Olívia Dunham, Peter e Walter Bishop e o coronel Philip Broyles, espalhe e divulgue as hashtags #SaveFringe, #ObserversAreHere nas redes sociais, principalmente nas sextas-feiras, dia de exibição do seriado. E ajude Fringe a ter uma rápida e merecida renovação.





Um mundo além de Hogwarts

15 11 2011

A s ruas da réplica de Hogsmeade no Universal Studios ficaram um pouco mais autênticas no último fim de semana, com os Weasley e outros bruxos vagueando por lá.

Elenco e equipe de filmagem dos oito filmes da série Harry Potter compareceram ao parque temático do bruxo na Flórida, às vésperas do lançamento em blu-ray e DVD  de Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2, o oitavo filme que encerra a trajetória cinematográfica de 10 anos baseada nos livros de J. K. Rowling.

A atmosfera de uma última despedida ainda não estava muito clara, pois há ainda poucos eventos pottermaníacos marcados no calendário – na Inglaterra no próximo mês de março há a inauguração dos Leavesden Studios que proporcionará aos visitantes uma visita especial a muitos sets de filmagens onde os filmes foram rodados. Há também muita expectativa quanto a um box que reunirá os oito filmes e recheados de material bônus a ser inevitavelmente oferecido aos fãs. Isso, mesmo com a anunciada moratória (quando lojas não podem adquirir determinado filme em DVD/blu-ray de uma distribuidora) da Warner Bros para o ano que vem.

Mas a grande festa realizada em Orlando serviu como uma grande celebração, oferecendo a equipe e atores a possibilidade de refletir o futuro além dos muros de Hogwarts.

Diretor dos 4 últimos filmes de Harry Potter, David Yates

“De certo modo é uma maneira de voltarmos e realizarmos uma última coisa antes da despedida final”, diz David Yates, responsável pela direção dos quatro últimos filmes de Harry Potter. “Você estava completamente imerso, fazendo coisas maravilhosas e outras nem tão maravilhosas assim… Você trabalho nisso com muita intensidade, num ambiente fechado, sem nunca parar. […]Então é um certo alívio chegar ao fim, clarear a mente e de repente perceber que pode fazer outras coisas na vida que não envolvam Hogwarts ou varinhas.”

Então, o que David Yates está procurando fazer em seguida?

“Potter me deu muitas oportunidades, mas nunca me deu a possibilidade de realizar coisas pequenas entre cada filme. E agora quero fazer alguns filmes menores, ao lado de outros de maior visibilidade.”, Yates conclui.

Emma Watson e Rupert Grint em cena de Harry Potter

É esse mesmo caminho que Rupert Grint parece querer seguir daqui para frente. Lançado a fama por interpretar Rony Weasley desde os 11 anos de idade, o ator com agora com 23 anos, quer aproveitar a chance e ramificar os seus trabalhos para um lado mais independente, alternativo, como o realizado em Lições da Vida (em 2006) e Cherry Bomb (2009).

“Foi muito divertido fazer e descobrir como são feitos esses outros tipos de filmes. Quero sair dessa bolha [do Harry Potter] e explorar esse caminho. Estou muito empolgado!”, conta ele.

 

Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2 tem lançamento previsto para o dia 24 de novembro e chegará as lojas e grandes magazines em diversos formatos, listados a seguir:

  • DVD duplo;
  • Blu-ray duplo;
  • Combo blu-ray 3D + cópia digital + DVD de Harry Potter 7.2 (mesmo combo disponível para Ano 7 – parte 1);
  • Blu-ray Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 1 e 2;
  • Box blu-ray Harry Potter Anos 1 ao 7 parte 2 – 9 discos;
  • Box DVD Harry Potter Anos 1 ao 7 parte 2 – 9 DVD’s;

 





Warner tenta emplacar Harry Potter no Oscar

6 11 2011

Com a chegada do fim de ano, os estúdios programam as estreias de suas principais apostas na corrida para as premiações Globo de Ouro e Oscar.

E como já foi apontado pela jornalista Ana Maria Bahiana em seu blog, está escasso os longas franco favoritos nessa disputa. Esse cenário favorece e muito Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2 por um lugar de destaque nas premiações. Percebendo essa possibilidade, o estúdio Warner Bros lançou um vídeo promocional para a última parte da saga de Harry Potter, o famoso ‘para sua consideração’, nos qual as produtoras e estúdios criam peças publicitárias para promover os seus filmes junto a votantes, crítica e público.

Então, vamos ao “para sua consideração” de Harry Potter 7.2:





O Hobbit: títulos e estreias definidas

1 06 2011

A história contada antes dos acontecimentos vistos na trilogia O Senhor dos Anéis e narrada pleo livro O Hobbit e que será filmada em duas partes ganhou os títulos e as datas das estreias definitivas.

Na direção está novamente Peter Jackson responsável pela premiada trilogia baseada na obra de J. R. R. Tolkien. No elenco, Ian McKellen (Gandalf), Orlando Bloom (Legolas), Cate Blanchett (Galadriel), Elijah Wood (Frodo), Hugo Weaving (Elrond) e Andy Serkis (Gollum) repetirão seus papéis. Apenas Bilbo Bolseiro, interpretado por Ian Holm nos três longas anteriores, foi substituído por Martin Freeman.

Um comunicado conjunto dos estúdios responsáveis pelas filmagens – Warner Bros, New Line Cinema e MGM – anunciou as datas de estreia: a primeira parte chega aos cinemas em 14 de dezembro de 2012 sob o título An Unexpected Journey (Uma Jornada Inesperada, em tradução livre). Já a segunda parte, There e Back Again (Lá e de Volta Outra Vez), estreia um ano depois, em 13 de dezembro de 2013.





Charlie Sheen está fora de Two and Half Men

7 03 2011

A Warner Bros tomou sua decisão final. Muito tarde mas tomou.

Segundo informações do Folha.com, o estúdio decidiu demitir o ator Charlie Sheen que veio colecionando várias polêmicas desde que foi internado para tratar da sua dependência química. A vida desloucada do ator – um dos mais bem pagos da televisão americana – acabou prejudicando as gravações da série Two and Half Men (Dois Homens e Meio), que teve sua produção paralisada antes do programado.

O burburinho em cima das atitudes e confusões do ator, dia após dia, ultrapassaram o limite do aceitável, tornando-se uma novela cansativa e patética, com o artista principal, a razão de tudo isso, sendo o mais ridículo possível.

Charlie Sheen achando pouco a desgraça em que se encontrava, decidiu partir para os insultos contra a equipe da produção, o criador da sitcom, Chuck Lorre, para o emissora e o estúdio que o contrataram. Muito estranho para quem desejava, após sair da clínica de recuperação, recomeçar as gravações ou quem participou durante 9 anos seguidos sem reclamar de nada.

Agora ele pode continuar a explorar publicamente suas maluquices – seja no Twitter e em vídeos pela internet –, isto é, enquanto restar da fortuna obtida nesses quase dez anos.

Descanse em paz Charlie Sheen!





RETROSPECTIVA 2010 – parte 2

6 01 2011

O Universo E! traz agora a segunda e última parte de sua RETROSPECTIVA 2010, relembrando os momentos mais marcantes do ano que passou para a indústria do entretenimento em suas várias formas: música, filmes, artes, animação…

JULHO

Julho, mês de férias. O mês onde os 31 dias podem ser traduzidos em uma única palavra: diversão. Mas as distribuidoras brasileiras conseguem provocar ainda mais risos nos fãs que adquirem os boxes de suas séries favoritas. Como no caso retratado pelo post de 02 de julho: a série Fringe, de J. J. Abrams, com o único título em inglês. Óbvio. Mas essa certeza não se aplica na versão brasileira do seriado. Fringe recebe, na arte de capa da embalagem o subtítulo A Grande Conspiração. Já na abertura dos episódios em versão legendada, o título e subtítulo desaparecem para serem substituídos por, simplesmente, Fronteiras. Agora não sei mais de qual série sou fã: Fringe? Fringe – A Grande Conspiração? Fronteiras?!!!

Em julho chegou ao fim mais uma edição da Copa do Mundo onde a Espanha sagrou-se campeã. Além do fracasso da seleção brasileira (que pegou carona no voo de volta com a Argentina), a Copa de 2010 ficou marcada pelo som. E não apenas o das vuvuzelas. Teve K’naan cantando ‘The Waving Flag’; Skank cantando a versão brasileira utilizada na propaganda da Coca-Cola e Shakira cantarolando ‘Waka Waka’.

Taí. A grande responsável pela falta de atualizações do blog durante os meses de junho e julho foi o Mundial da África do Sul, emendando com o início de merecidas férias.

AGOSTO

Este mês começou com um resumo superficial de minhas férias: leituras, revendo séries e muito descanso. Agosto também marca a época em que o friozinho na barriga começa nos fanáticos por séries porque o mês seguinte traz grandes retornos e estréias no fall season da televisão americana.

Na primeira sexta-feira desse mês estreou nos cinemas o longa A Origem. Uma estréia que quebrou uma tradição da Sétima Arte: de reservar sempre os seus melhores filmes para época de final de ano, onde uma produção está mais visível para a corrida do Oscar. E não há mais o que falar, A Origem é, continua sendo e provavelmente será o melhor filme apresentado em 2010, como disse antes: “Agora dificilmente algum filme poderá retirar o título de melhor filme de 2010 de A Origem e das mãos de Christopher Nolan”. Espere e veremos!

Uma pausa para reflexão? Também tivemos nesse post!

Os brasileiros especialistas em séries deram seus palpites sobre as melhores séries em exibição, em um aquecimento para o Emmy 2010. Especialista ou não, se você assiste à muitas séries, demos uma dica de como se organizar utilizando o site o Orangotag. As exibições em 3D novamente dando o que falar: dessa vez ocorreu com as cópias de O Último Mestre do Ar, que fez muita gente economizar uma graninha e desistir de conferi-lo nos cinemas.

E informamos também no finalzinho do mês, um vídeo com a prévia do ainda não-fenômeno The Walking Dead.

SETEMBRO

No mês em que o Universo E! mudou para o visual atual, também foi reservado por grandes informações que você viu primeiro aqui. Fomos conferir a refilmagem do Karate Kid (e não é que gostei?). Revelamos o fim de ano azul que Avatar (e Fox, e James Cameron) teria em 2010… começaram, com um mês de antecedência, as vendas para a estréia de Tropa de Elite 2… o Ministério da Cultura inicou uma votação em seu site sobre a escolha do representante brasileiro na categoria de filme estrangeiro do Oscar 2011… Jim Parsons, Sheldon de The Big Bang Theory revelou a sua homossexualidade… Justin Bieber invadindo telonas e telinhas: trilha de Karate Kid, participação na temporada atual de CSI, e mais cinebiografia…

Ufa! Muita coisa aconteceu em setembro. Mas não acabou por aqui: finalmente comentamos sobre Antes que o Mundo Acabe. Sessenta (!) séries (re)estrearam em uma única semana de setembro! E o Google Street View chegou ás ruas das principais cidades brasileiras.

OUTUBRO

Consolidou o cinema brasileiro pra o ano de 2010 com a chegada triunfal de Tropa de Elite 2 aos cinemas. Com a ajuda do Capitão Nascimento, o Brasil ocupou mais da metade das salas de cinema com suas produções

Mas em meio á uma onda verde e amarela, conseguimos ver Resident Evil 4: Recomeço e noticiar o lançamento da segunda temporada de Fringe.

Para os fãs da saga do Um Anel pela Terra-Média, outubro foi um mês especial: primeiro a eliminação das pendências envolvendo MGM e Warner Bros que impediam o início das filmagens de O Hobbit. E segundo, a chegada ao mercado brasileiro da edição de luxo da trilogia O Senhor dos Anéis em suas versões estendidas.

Enquanto informações eram liberadas para o lançamento da edição de colecionador de Avatar, o CQC chegava na era 3.0, com o programa ganhando mais meia hora em sua duração com transmissão ao vivo pela internet.

Mas de especial nesse mês mesmo teve a estréia, no dia 31, da série The Walking Dead!!!

NOVEMBRO

Chegando ao fim o ano de 2010. E novembro traz consigo notícias e nem tão boas assim…

Era levantada a hipótese real (e até a publicação desse post, essa informação não está descartada) do cancelamento do seriado Fringe após o seu terceiro ano. E logo seguida, a Fox americana informava a mudança de horário da produção das quintas para as temidas sextas-feiras. E mais, se o fenômeno de The Walking Dead ganhava fãs ao redor do mundo com tão pouco tempo de vida, o canal Fox brasileiro tratava de afasta-los com a exibição de episódios dublados e retalhados por aqui.

A rede Cinemark realizava a 11ª edição do seu projeto Projeta Brasil Cinemark. O YouTube também programava uma edição do YouTube Live no Brasil, reunindo os grandes nomes da música sertaneja.

Também em novembro revivemos (ou para alguns, conferiram pela primeira vez) as habilidades fantásticas do piloto Ayrton nas corridas de Fórmula 1 no documentário Senna. E no despedimos de uma das mais importantes figuras do humor em Hollywood: Leslie Nielsen.

DEZEMBRO

No último mês do ano as novidades voltaram a ficar escassas por aqui. Teve o trailer do quarto Piratas do Caribe.

E enquanto essa RETROSPECTIVA estava constrangedoramente atrasada, publicamos uma produzida pelo Google, para 2010 não passar em branco por aqui.

– * – * – * –

Agora sim! Missão dada é missão cumprida! Realizamos aqui a primeira retrospectiva do Universo E! Podemos agora, finalmente, fincar os pés no ano de 2011 e que ele venha repleto de atrações especiais por aqui. Até lá!





Senhor dos Anéis, enfim, em versão estendida

21 10 2010

Milagres acontecem! Quase dez anos depois do lançamento de O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel no cinema, a Warner Bros do Brasil finalmente resolveu lançar o box especial com a versão estendida da trilogia dirigida por Peter Jackson.

O box de luxo, há muito tempo já lançado nos EUA, chega ao Brasil com 12 DVD’s. Além dos filmes completos (mais informações no final do post), o box vem repleto de material bônus como roteiro dos longas e informações sobre os efeitos especiais.

O QUE HÁ DE NOVO?

Para quem não sabe, a trilogia do O Senhor dos Anéis, baseado na epopeia escrita por J. R. R. Tolkien, teve suas três versões lançadas comercialmente nos cinemas em todo mundo. Só as vésperas da estreia do último longa – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, vencedor de 11 Oscars – teve sessões especiais com os dois primeiros filmes A Soceidade do Anel e As Duas Torres em suas versões estendidas, as ditas versões do diretor.

Abaixo, elencamos a duração a versão comercial e a versão estendida de cada filme:

  • O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel: 3h —> 3h20min
  • O Senhor dos Anéis: As Duas Torres: 3h —> 3h40min
  • O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei: 3h20min —> 4h30min

Segundo informações do jornal Metro no Brasil, o box de luxo chega hoje às lojas brasileiras. Apesar de ser uma ótima notícia, recebi-a com grande surpresa pois a desconhecia totalmente. Vamos aguardar e conferir de perto esse super lançamento nas lojas!








PALPITEIRO BRASILEIRO

Campeonato dos Palpiteiros - Temporada 2017

Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema

Site com atividades e informações sobre a associação que reúne profissionais da crítica cinematográfica de todo o Brasil

Sinfonia Paulistana

um novo olhar

%d blogueiros gostam disto: